Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Negócios

Comércio eletrônico brasileiro é falho e terá problemas em 2014

:: Convergência Digital
:: Convergência Digital :: 29/11/2013

O comércio eletrônico brasileiro - por falta de infraestrutura - não está preparado para enfrentar os megaeventos que estão por vir, entre eles, a Copa do Mundo, sustentou o diretor-geral do 3º Seminário Nacional de Comércio Eletrônico, Meios de Pagamento e Negócios na Web (Ecom 2013), Marcelo Castro. A expectativa, segundo ele, é atingir R$ 30 bilhões até 31 de dezembro, cerca de 28% a mais em relação a dezembro do ano passado.

“O primeiro semestre do ano vai ser muito tumultuado. Acho que a gente vai ter um pico de problemas na cadeia lojista. Não tenho dúvida de que quem estiver comprando no e-commerce [comércio eletrônico] vai sofrer um pouquinho, porque o mercado continua crescendo, mas a estrutura de entrega está limitada”, disse. Além dos problemas de logística, das condições das estradas e da segurança, Marcelo Castro destacou que os comerciantes no Brasil estão enfrentando a concorrência de sites estrangeiros que se instalam no Brasil ou oferecem serviços aos clientes do país.

“Europeus e americanos estão vendo um jeito de fugir da crise lá vendendo no e-commerce deles aqui. A expectativa é os estrangeiros comprarem R$1,5 bilhão aqui no Brasil, mas a previsão é que brasileiros comprem R$ 2,6 bilhões em sites estrangeiros. A gente tem que estar preparado para não deixar este mercado vazar para o mercado internacional”, alertou.

Marcelo Castro participou nesta quinta-feira, 28/11, no Rio de Janeiro, da última etapa do Ecom 2013, seminário de e-commerce com foco na Copa do Mundo de 2014 criado para inclusão digital comercial. Antes do Rio, o evento passou pelas outras 11 cidades-sedes da Copa e ainda por Florianópolis e Belém. “As 14 capitais, que são as doze da Copa mais Florianópolis e Belém, representam 90,2% do PIB (Produto Interno Bruto), então dá uma boa cobertura econômica também”, esclareceu.

Segundo o diretor, as empresas procuram se equipar melhor para atender aos clientes que, cada vez mais preferem fazer compras pela internet. Castro disse que, desde a primeira edição, o Ecom aumentou o número de participantes. Em 2011 foram 6 mil e este ano atingiu 11 mil. Além disso, o público se tornou mais qualificado.
 
Segundo o diretor, pesquisas do Serviço de Proteção ao Crédito Brasil (SPC Brasil) e a Câmara Nacional de Diretores Lojistas (CNDL), apontaram que, em média, 70 % de varejistas, lojistas e comerciantes brasileiros não tinham endereço na web. “Na  nova dinâmica da sociedade que a gente vive, onde o e-commerce cresce numa faixa de 30% ao ano, isso mostra que muitos comerciantes e lojistas estão fora desta onda, desse momento de oportunidade. Foi pensando nisso que o projeto Ecom fez em 2011 a sua primeira road show”, completou.

Numa prova que o brasileiro aderiu à Internet é a projeção da E-bit que as compras eletrônicas relacionadas ao Natal de 2013 devem movimentar R$ 3,85 bilhões. A expectativa representa um crescimento nominal (sem descontar a inflação) de 25%, na comparação com o mesmo período de 2012, quando o faturamento foi de R$ 3,06 bilhões.

De acordo ainda com a E-bit, entre 15 de novembro e 24 de dezembro, 10,3 milhões de compras devem ser feitas via internet. O tíquete médio estimado é de R$ 368. "O Natal é a data sazonal mais importante para o e-commerce e corresponde entre 15% a 20% do total das vendas do ano. Dessa vez, com a Black Friday, prevemos um peso ainda maior", afirmou o diretor-geral da E-bit, Pedro Guasti, em nota, referindo-se à quarta edição da Black Friday Brasil, que começa nesta sexta-feira (29) e vai até domingo (1º) tanto para compras em lojas virtuais como no varejo tradicional.

Fonte: Agência Brasil

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 15/04/2014 13:12
Neutralidade não mobiliza debates no NetMundial

:: 14/04/2014 17:20
Depois de pagar, velocidade de acesso ao Netflix aumenta 65% na Comcast

:: 14/04/2014 14:55
FNDE adota BYOD com capacidade para até 4,5 mil acessos simultâneos

:: 14/04/2014 11:23
Empresas correm para estancar os prejuízos do Heartbleed

:: 11/04/2014 11:05
“Cade” dos EUA autoriza compra, mas alerta Facebook e WhatsApp sobre privacidade

:: 10/04/2014 16:55
Operadoras investiram R$ 26,5 bilhões no Brasil

:: 09/04/2014 15:30
Receita aperta o cerco às compras irregulares via Internet

:: 09/04/2014 14:53
Wikileaks, CPI e promessas: ações contra espionagem caíram no vazio

:: 09/04/2014 11:40
Serpro termina migração de PCs para Ubuntu em abril

:: 07/04/2014 11:11
Brasileiro com bitcoins vai declarar à Receita e pagar imposto de renda




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Por nota fiscal eletrônica, NeoGrid compra G2KA Sistemas

PRÓXIMA
Mercado de impressão respira e registra alta de vendas no Brasil





“Cade” dos EUA autoriza compra, mas alerta Facebook e WhatsApp sobre privacidade
:: 11/04/2014 :: Negócios

Anuência da Comissão Federal do Comércio tem a ressalva de que as políticas de privacidade do WhatsApp, que são mais rígidas do que as do Facebook, devem ser mantidas apesar da aquisição. Também alerta que as empresas ficarão ‘sob observação’.


Windows XP: Microsoft admite atrasos no Brasil, mas descarta adiar fim do suporte
:: 28/03/2014 :: Negócios

O gerente de produtos Windows, Fábio Gaspar, garante que o suporte termina no dia 08 de abril. Mas o executivo afirma que está negociando contratos de suporte especiais para empresas que não vão finalizar a migração.


Guerra da privacidade: IBDI vai à justiça e cobra R$ 76 milhões do Facebook
:: 21/03/2014 :: Negócios

Ação coletiva contra a Rede Social foi apresentada pelo Instituto Brasileiro de Direito de Informática (IBDI) na 2ª Vara Cível de Brasília e está ligada ao serviço "Histórias Patrocinadas".


Twitter quer ser a segunda tela do brasileiro
:: 19/03/2014 :: Negócios

"Nós somos abertos, conversamos em tempo real e não temos filtros", afirmou o diretor-geral do Twitter Brasil, Guilherme Ribenboim.


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Xing ling não é coisa só de pobre
:: Por Wilians Geminiano*

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!