Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo

Serpro: Expresso será base do e-mail seguro para os brasileiros

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 24/09/2013

O Expresso, desenvolvido pelo Serpro, deve ser a base do e-mail seguro que o Ministério das Comunicações quer ver os Correios oferecerem para todos os brasileiros. Ou pelo menos foi esse o tema da conversa entre Paulo Bernardo e o presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados, Marcos Mazoni, nesta terça-feira, 24/9.

“Continuamos no foco corporativo, mas as equipes de TI do Serpro e dos Correios vão sentar e se acertar. Como o Expresso já funciona e é baseado em módulos, facilita. Seria possível ter isso disponível até o fim do ano”, afirmou Mazoni após o encontro.

Ele enumerou as vantagens de um serviço já em uso por órgãos do governo por ser: 1) um e-mail seguro; 2) que roda dentro da ‘nuvem’ própria do Serpro; 3) no ambiente de segurança da rede administrada pela estatal e; 4) criptografado no padrão ICP-Brasil. 

A vantagem dos Correios, acredita Mazoni, é a grande capilaridade da instituição. Mas não seria a única forma de disseminação do ‘e-mail seguro’. “O próprio programa de Cidades Digitais do Ministério das Comunicações deve ser utilizado para a oferta”, diz ele.

A questão, porém, é de escala. O presidente do Serpro reconhece que a oferta depende dos acertos com outras instituições para uso de infraestrutura de armazenamento. O uso do Expresso, embora inclua outros serviços como conversa instantânea ou videoconferência, cabe na nuvem do próprio Serpro. 

“Depende de armazenamento. Além dos Correios teríamos Banco do Brasil, Caixa, enfim, uma nuvem híbrida, na qual os custos seriam incorporados pelo governo, de forma partilhadas pelas instituições. E não abandonaríamos parcerias externas, desde que atentam os requisitos de segurança do Expresso.”

O Serpro já enxerga aí até mesmo novos aplicativos. “O e-mail pode servir de veículo de comunicação com o Imposto de Renda, por exemplo. Pode ser a forma de comunicação entre servidores públicos. Até por isso investimentos na nossa ‘nuvem’”, diz Marcos Mazoni. 

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 28/07/2014 17:51
Serpro se esquiva sobre edição de Wikipedia

:: 28/07/2014 12:26
Criptografia nacional é segura e não deve nada ao mercado internacional

:: 25/07/2014 15:30
Google atendeu metade dos pedidos de “direito ao esquecimento”

:: 25/07/2014 14:45
Viber negocia entrar no acesso grátis das teles móveis

:: 25/07/2014 13:11
Custo do malware para Android despenca no mercado negro

:: 24/07/2014 19:21
Para Agência, briga das operadoras é pelo mercado corporativo

:: 24/07/2014 13:06
Direito do Consumidor: Rede social escancara insatisfação do brasileiro

:: 24/07/2014 12:11
Base 3G incorpora 4,47 milhões de celulares em junho

:: 24/07/2014 10:21
Banco de dados têm sido a porta de entrada dos hackers

:: 23/07/2014 16:45
Faltam CIOs nos órgãos federais e estaduais no Brasil




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Dilma Rousseff prega nova governança na Internet com neutralidade de rede

PRÓXIMA
Petrobras pode ter ignorado oferta de criptografia nacional



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Criptografia nacional é segura e não deve nada ao mercado internacional

A afirmação é feita pelos executivos da empresa brasileira ZTecnologia, desenvolvedora de uma plataforma 100% nacional para assegurar privacidade nas conversas via telefone celular. Em termos práticos, afirma Raimundo Saraiva, as denúncias de espionagem de Snowden não se traduziram em compras.

» Espionagem: Governo alemão rompe contrato com operadora Verizon
» União Europeia endurece com Google e Facebook
» Justiça alemã vai investigar escutas no celular da chanceler Angela Merckel
Clique aqui para ver a cobertura completa


Faltam CIOs nos órgãos federais e estaduais no Brasil
:: 23/07/2014 :: Governo

Apenas 61% dos órgãos públicos federais e estaduais têm gestores de Tecnologia e planos estratégicos para TI. A terceirização é uma realidade no governo. A área de desenvolvimento de software alcança o percentual de 62%.


m-Gov: 66% dos órgãos federais e estaduais não usam o celular para serviços
:: 22/07/2014 :: Governo

Estudo revela que apenas 32% dos órgãos públicos federais e estaduais têm algum tipo de serviço ofertado por meio de tablets e smartphones ao cidadão. E boa parte não tem plano de aderir à modalidade.


e-Gov: Governo adota a Internet, mas falha na oferta de serviços em tempo real
:: 22/07/2014 :: Governo

Pesquisa TIC Governo Eletrônico 2013, realizada pelo CETIC.br, mostra que a maioria dos órgãos públicos federais e estaduais tem acesso banda larga e possuem websites institucionais. Mas a maior parte - 89% - não possui serviços, além do e-mail tradicional.


Setor elétrico cobra política pública para remuneração no aluguel de postes
:: 16/07/2014 :: Governo

Executiva a AES Eletropaulo, Teresa Vernáglia, fez um alerta: as empresas do setor elétrico, que já não conseguem manter seus custos operacionais com apenas 10% do que arrecadam com aluguel de postes, não gastarão um único centavo a mais para atender os pedidos do setor de Telecom.



Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!