Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Inovação

FINEP lança edital de R$ 640 milhões para Parques Tecnológicos

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 05/07/2013

O ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a FINEP - Agência Brasileira da Inovação lançam, na próxima semana, edital de R$ 640 milhões voltado a parques tecnológicos em operação e em estágio de implantação. A chamada se destina ainda a empresas residentes nos parques ou em incubadoras. O objetivo do edital é atender ao Programa Nacional de Apoio às Incubadoras e Parques Tecnológicos do Governo Federal, que tem como meta elevar a produtividade e a competitividade da economia brasileira, através da ampliação do patamar de investimentos e de maior apoio para projetos de risco tecnológico.

Os recursos serão concedidos por meio de três instrumentos. O primeiro, de R$ 90 milhões em recursos não reembolsáveis, vai apoiar parques tecnológicos em operação e em processo de implantação, de forma a viabilizar a consolidação do projeto do parque.As propostas deverão ser encaminhadas até o dia 17 de agosto via Formulário de Apresentação de Propostas (FAP´s), que estará disponível no site da FINEP a partir de 29 de julho.

É obrigatório o envio de uma cópia impressa da proposta até o dia 18 de agosto. No caso dos parques em operação, serão apoiados projetos de no mínimo R$ 6 milhões até o limite de R$ 14 milhões. Já para propostas de parques em fase de implantação, o valor mínimo é R$ 2 milhões e o máximo R$ 5 milhões. Esse instrumento prevê, ainda, contrapartida financeira de 20% do valor pleiteado à FINEP.

A defesa oral dos projetos classificados na primeira fase ocorrerá a partir do dia 30 de setembro. O resultado final da chamada pública será divulgado a partir do dia 21 de outubro. Também destinado a parques tecnológicos em operação e em implantação, o segundo instrumento oferecerá  R$ 500 milhões em crédito. Neste caso, a solicitação de recursos ocorrerá respeitando o procedimento atual de análise de propostas adotado pelo programa INOVA Brasil.

Já o terceiro instrumento, de R$ 50 milhões, é destinado a empresas apoiadas por Incubadoras e parques tecnológicos, ou ainda graduadas até dois anos, através de participação no capital e apoio gerencial. Para essas empresas, a FINEP oferece ainda possibilidades de captação de recursos reembolsáveis por meio de seus programas INOVA Brasil e INOVACRED.

Fonte: FINEP

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 22/12/2014 12:22
TIM vai ao CADE e consegue ingressar como interessado na compra da GVT pela Vivo/Telefônica

:: 18/12/2014 13:04
Smartphones 'engolem' os PCs e queda nas vendas é de 25%

:: 17/12/2014 18:16
Câmara tira vantagem de produtos com tecnologia nacional em licitações

:: 17/12/2014 11:33
Com 4G à mesa, OMC questiona política industrial do Brasil

:: 17/12/2014 11:00
Com baixa infraestrutura digital, Brasil fica em 34º em ranking global

:: 16/12/2014 10:04
Compras governamentais: parte do Governo briga pela tecnologia nacional

:: 16/12/2014 10:03
2015 será mais um ano difícil para a Segurança da Informação

:: 16/12/2014 10:00
Governo tira estímulo ao software livre de norma sobre Segurança da Informação

:: 15/12/2014 16:20
Maioria dos brasileiros rejeita pagar por aplicativo na Internet

:: 15/12/2014 13:33
eSocial: Governo publica decreto que oficializa novo regime




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Inovação ainda é 'caixa-preta' para maioria das empresas

PRÓXIMA
Compartilhamento de rede entra no debate de conteúdo nacional




Red Hat Forum 2014
OpenStack vai vencer a batalha dos data centers

A afirmação é do presidente da Red Hat Brasil, Gilson Magalhães. "O OpenStack permite uma outra forma de fazer a Tecnologia", diz. No país, 2014 foi classifado com um ano desafiador.

Clique aqui e veja a cobertura completa do evento


Novo ministro do Desenvolvimento quer marco legal para Inovação

Armando Monteiro Neto, confirmado nesta segunda, 1º/12, no MDIC, defendeu o uso de política industrial, modernização do parque fabril e no marco legal pró inovação, bem como avanços em acordos internacionais, especialmente entre Mercosul e União Europeia. 


Startup brasileira cria RFID 100% nacional

Com investimentos de R$ 2 milhões, a Smart Moving Systems(SMS) criou uma tecnologia brasileira para gerenciar soluções em etiquetas de radiofrequência.


Quem vai ganhar dinheiro com a Internet das Coisas?

Pesquisa mostra que as fabricantes de dispositivos e as empresas de big data serão as grandes arrecadadoras de receita, ficando respectivamente com 45% e 43%. Mas as provedores de serviços de TI e operadoras de telecom e de TV a cabo não ficam atrás.





A Internet das Coisas terá um papel fundamental nas Cidades Inteligentes
:: Por Eduardo Prado *

Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!