Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Gestão

Software livre gerou economia de R$ 1,2 milhão para Guarulhos

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 03/05/2013

Incluir digitalmente pessoas com deficiência visual, tetraplégicos e crianças com Transtorno de Desenvolvimento Global. Este é o objetivo do Guarux, solução de Tecnologia da informação (TI) disponibilizada no Portal do Software Público Brasileiro (SPB). Criado pela Prefeitura de Guarulhos a partir do Linux Ubuntu, a utilização do sistema operacional gerou uma economia de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos do município.

O Guarux foi criado no fim de 2009 com customizações e ferramentas específicas para a inclusão digital. Voltado para adultos, crianças e pessoas com deficiência, o software pode ser utilizado em escolas, órgãos públicos e pela sociedade em geral. Seu ambiente gráfico foi gerado para facilitar sua utilização e adaptação a outros sistemas operacionais, tanto livres quanto proprietários, como o Windows, por exemplo.

Em Guarulhos, o sistema é utilizado por cerca de 22 mil usuários da prefeitura. Além disso, o Guarux atinge uma grande parcela da população através dos centros de inclusão digital, que na cidade são chamados de Telecidadanias. Estes locais têm mais de seis mil acessos mensais e mais de sete mil usuários cadastrados. Os Telecidadanias fornecem ainda cursos profissionalizantes e cursos básicos de informática.

Com a disponibilização do Guarux no SPB, o diretor do Departamento de Informática e Telecomunicações da administração da cidade paulista, Leandro Gramulha, espera que outros municípios possam se beneficiar das ações que foram desenvolvidas e economia gerada. “Queremos ajudar outras prefeituras e colaborar com outros projetos de inclusão digital. Também queremos receber ajuda e debater a evolução da ferramenta”, disse. As prefeituras de Matão e Osasco, do estado de São Paulo, já utilizam a solução em seus projetos de inclusão digital.

SPB

Criado em abril de 2007, o portal gerenciado pelo Ministério do Planejamento (MP) compartilha programas de computador de interesse público. Os softwares são entendidos como um bem público, sem a necessidade de licenças que restrinjam seu uso ou o conhecimento pleno de seu funcionamento. Hoje, o SPB conta com mais de 170.000 usuários cadastrados, em torno de 500 prestadores de serviços e 68 soluções ofertadas por empresas, órgãos de governo, universidades e pessoas físicas.

Fonte: Assessoria SLTI

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 17/03/2014 16:14
Open source: Brasil fica atrás no ritmo de adoção

:: 05/11/2013 13:00
Serpro define norma para licenciamento do software livre

:: 14/10/2013 14:45
Decreto pode obrigar software proprietário a revisar Termos de Uso

:: 09/10/2013 09:40
SUSE é aposta da Attachamate para compras governamentais

:: 27/09/2013 10:00
Após espionagem, governo revê estratégia na adoção de software livre

:: 16/09/2013 10:40
Computação em nuvem renova espaço para Linux nas empresas

:: 14/08/2013 18:00
Serpro e Dataprev usam open source para Sistema de Gestão do Governo

:: 14/08/2013 09:00
Software livre ajuda na construção do processo democrático brasileiro

:: 25/07/2013 11:20
LibreOffice terá encontro nacional no Brasil

:: 10/06/2013 13:15
Software livre: exames para certificação LPI acontecem no FISL 14




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
"Gestores de TI: se querem sobreviver, saiam da zona de conforto"

PRÓXIMA
Serpro cria força-tarefa para garantir entrega do Imposto de Renda






FNDE adota BYOD com capacidade para até 4,5 mil acessos simultâneos
:: 14/04/2014 :: Gestão

Infraestrutura também está apta para suportar aplicação de VoIP (Voz sobre IP) no ambiente wireless, permitindo ligações sem tarifas entre celulares.


Serpro termina migração de PCs para Ubuntu em abril
:: 09/04/2014 :: Gestão

Hoje, o Serpro possui mais de 7 mil estações de trabalho já com Ubuntu, revela o analista Ney Senna. Migração acontece para a versão 12.4. Sistema operacional, baseado em open source, é usado na estatal desde 2008.


Brasileiro com bitcoins vai declarar à Receita e pagar imposto de renda
:: 07/04/2014 :: Gestão

De acordo com a receita, as bitcoins - ou moedas digitais - devem ser declaradas como "outros bens" por quem possuía o equivalente a R$ 1.000 ou mais em dezembro de 2013.


Softex fará a gestão do plano TI Maior
:: 04/04/2014 :: Gestão

Entidade também fará toda a a execução de operações do Programa Start-up Brasil, incluindo a seleção de projetos, definição de critérios de seleção, entre outras funções.



Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Não feche as portas ao rejeitar propostas

Com a área em alta, um em cada quatro candidatos de TI tem rejeitado ofertas em processos seletivos.

» Ansiedade: combata o 'mal do século'
» Quero trocar de carreira. Posso?

Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!