SEGURANÇA

Conficker segue sendo o grande vilão para as corporações

Da redação ... 27/04/2012 ... Convergência Digital

O worm Conficker – programa malicioso que se replica e espalha para outros computadores – foi detectado cerca de 220 milhões de vezes em todo o mundo nos últimos dois anos e meio, tornando-se uma das maiores ameaças para as empresas. De acordo com relatório divulgado pela Microsoft, as detecções trimestrais do worm aumentaram em mais de 225% desde o início de 2009. Somente no quarto trimestre do ano passado, ele foi detectado em 1,7 milhão de sistemas em todo o mundo.

A pesquisa mostrou ainda que 92% das infecções resultaram de senhas fracas ou roubadas, e 8% exploravam vulnerabilidades. "O Conficker é um dos maiores problemas de segurança que enfrentamos, mas está ao nosso alcance nos defender dele, basta adotar fundamentos básicos de proteção", disse Tim Rains, diretor de computação confiável da Microsoft.

O Brasil tem registrado por muito tempo um índice de detecções superior ao da média em roubo de senhas e ferramentas de monitoramento por causa da prevalência de malwares (ou códigos maliciosos) como Win32/Bancos e Win32/Banker que têm como alvo clientes de bancos. O estudo analisou dados de mais de 600 milhões de sistemas no mundo.


Sua senha é segura? A da maioria na Internet não é

Pesquisa realizada em 23 países mostra que 18% dos internautas ainda anotam senhas em papel e 17% compartilham com amigos e familiares.

Brasileiro sabe do risco, mas abre e-mail com anexo de fonte desconhecida

Pesquisa mostra que acesso ao conteúdo adulto - pornografia à frente - segue sendo o grande vilão nos e-mails corporativos.

Coleta massiva de dados da NSA está prestes a se tornar ilegal nos EUA

Na próxima segunda, 1º/6, parte da Lei Patriótica que supostamente permite a coleta das comunicações perde validade. Mas essa 'proibição' é válida apenas dentro dos EUA.

Malvertising: o ataque que mais cresce na Internet

Malware para dispositivos móveis chegam a cinco milhões no 1º trimestre e quase alcançam a projeção feita para 2015.

No Brasil, empresas levam 6 dias entre identificar e remediar ataque cibernético

Levantamento alerta para o alto percentual de ataques direcionados – 28% dos casos.


Cobertura especial - Segurança - Biometria - Reconhecimento Facial
Bancos brasileiros testam reconhecimento facial

"A informação em tempo real ficou decisiva no combate ao crime", diz  o diretor de Negócios para a área de Governo da NEC Brasil, Massato Takakuwa.

Veja mais desta cobertura especial de segurança

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G