Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

TIM reforça capacidade e vai pro leilão 4G

:: Ana Paula Lobo
:: Convergência Digital :: 27/04/2012

Apesar de sustentar a tese que não havia necessidade de fazer o leilão da frequência neste momento, o presidente da TIM, Luca Luciani, deixou claro que a operadora vai participar do processo de licitação. Segundo o executivo, 'a oferta segmentada desenhada pela Anatel não exclui nenhuma operadora'. Empresa também reforça capacidade do backhaul com substituição dos circuitos alugados em cobre por conexões com fibra. "Teremos 1,7 mil antenas conectadas com fibra no Rio e em SP. Até o final do ano, estaremos nas 12 capitais sedes da Copa do Mundo".

Luciani falou sobre o leilão 4G, logo depois do anúncio realizado pela Anatel, durante a teleconferência com a imprensa para a divulgação dos resultados do primeiro trimestre de 2012. O tema, como não poderia deixar de ser, dominou as perguntas de jornalistas e analistas. Mesmo sem detalhar como será a sua participação - expectativa é que a TIM não formule interesse real na compra da faixa de 450 Mhz - o presidente da operadora considerou as regras anunciadas pela Anatel como 'interessantes, uma vez que deixa espaço para investimentos pós-aquisição de licenças'. Reforçou ainda que a competição não será travada no preço da licença, mas, sim, no desenvolvimento da infraestrutura.

Mas o tom crítico à necessidade do leilão 4G este ano foi mantido. "Não vemos razão para fazer o leilão agora porque temos muito a crescer com o 3G e com o HSPA+, que aumenta a velocidade para 42 Mbits, mas trata-se de uma evolução natural do cenário e,claro, vamos acompanha-lo", afirmou Luciani. Um dos pontos altos da apresentação da TIM foi o anúncio que a operadora irá interconectar 1700 antenas com fibra no Rio e em São Paulo, até o final deste ano. Também começará a expandir a rede de fibra para as 12 capitais sede da Copa do Mundo.

"Estamos trocando os circuitos alugados, muitos deles, em cobre com velocidades de 8 Mbits, por uma rede de fibra, que em São Paulo, nos dará conexões de 300 Mbits", afirmou o presidente da TIM. E será nessas antenas que a operadora planeja instalar os sites para a oferta do 4G. "Sem capacidade, não há 4G. O nome do jogo segue sendo a transmissão". TIM também informou que até dezembro, metade das ERBs 3G instaladas em São Paulo serão migradas para o HSPA+, que aumenta a velocidade de download para 42 Mbits. A migração para o HSPA+, diz ainda Luciani, acontecerá em todas as capitais.

Resultados

A TIM registrou no 1º trimestre de 2012, um lucro líquido cresceu 30% (ano a ano) e atingiu R$ 276 milhões no primeiro trimestre, confirmando a consolidação de um modelo de negócios inovador, criado a partir da simplificação das ofertas para os segmentos de voz e dados e capaz de combinar crescimento de base com rentabilidade.

O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 1,2 bilhão no trimestre, alta de 13,2% ano a ano. O EBIT (lucro antes de juros e impostos) alcançou R$ 512 milhões, 46,4% superior ao registrado no mesmo período de 2011.

O crescimento da receita foi alavancado pela internet móvel e pelo aumento da penetração dos smartphones. A receita bruta cresceu 21,5%, totalizando R$ 6,6 bilhões no período (a receita liquida atingiu R$ 4,5 bilhões no período, com crescimento de 19,1%), baseada na aceleração dos dados: aumento de 56% na comparação ano a ano, atingindo um patamar de R$ 1 bilhão. A penetração de smartphones e tablets na base de usuários em um ano passou de 12,6% para 31%.

Os investimentos em infraestrutura nos primeiros três meses do ano totalizaram R$ 543 milhões, valor 83% superior ao aplicado no mesmo período de 2011. A empresa, portanto, continua a crescer a capacidade da rede voz e expandir a rede dados. A cobertura 3G atinge agora 512 cidades em todo o País, avançando no desafio de passar, até o fim de 2013, de 6 mil para 10 mil antenas.

O grande esforço do primeiro semestre, revela a TIM, é a integração da rede móvel da TIM com a rede de fibra da TIM Fiber, adqurida com a compra da AES Atimus, no ano passado, para expandir a capacidade: até hoje 1.030 antenas foram conectadas em São Paulo e Rio para atingir 1.477 até junho. Até o fim do ano serão 1.777 antenas conectadas à fibra.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 23/07/2014 12:55
Telecom Italia vai ao governo desmentir venda da TIM Brasil

:: 22/07/2014 16:15
m-Gov: 66% dos órgãos federais e estaduais não usam o celular para serviços

:: 22/07/2014 15:40
e-Gov: Governo adota a Internet, mas falha na oferta de serviços em tempo real

:: 22/07/2014 13:51
Certificados digitais são usados para legitimar malware

:: 22/07/2014 10:02
M-commerce: Brasil pula para 5ª posição em ranking mundial

:: 21/07/2014 11:12
3G Brasil: cobertura ainda não existe para 1861 municípios

:: 18/07/2014 13:15
Bancos avançam, enfim, no compartilhamento de ATMs

:: 18/07/2014 11:45
TV Digital: Anatel fará ajustes no conversor para o Bolsa Família

:: 18/07/2014 11:37
Direito do Consumidor impõe um novo modelo aos Provedores Internet

:: 17/07/2014 18:24
700 MHz: edital reduz cobertura rural e muda exigência de equipamentos nacionais




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Tráfego de dados móveis chegará a 7,5 mil petabytes/ano

PRÓXIMA
Mercado móvel está longe da saturação na América Latina



Rio Cidade Inteligente + Rio Wireless 2014
Anatel quer ampliar compartilhamento e ‘uso industrial’ de espectro

“Há um grande desafio de expansão das redes e isso exige índice mais alto de eficiência espectral. Queremos abordagens mais simples”, sustenta o conselheiro Rodrigo Zerbone.

» Novo Hamburgo investe R$ 1,4 milhão em TICs para saúde
» Rio de Janeiro atento ao legado olímpico
» 700 MHz: Leilão não obriga ninguém a implantar rede
» Teles projetam quadruplicar número de ERBs para atender novas demandas
Clique aqui para ver a cobertura completa


Telecom Italia vai ao governo desmentir venda da TIM Brasil
:: 23/07/2014 :: Telecom

Presidenta Dilma Rousseff quis saber do principal executivo da empresa italiana, dona da TIM no Brasil, o que existe além das especulações entre a operadora e a espanhola Telefónica. À imprensa, Marco Patuano sustentou “estratégia independente do acionista”. Fugiu ainda das especulações de uma possível fusão da TIM com a GVT.


Sala de Controle da Oi foi o coração da rede de Telecom da Copa 2014
:: 17/07/2014 :: Telecom

Instalada no Centro de Gerência de Redes da tele, no Rio de Janeiro, a Sala, batizada de 'bolha de controle', monitorou, em tempo real, toda a infraestrutura ofertada à FIFA. O 'frio na barriga' aconteceu na abertura da Copa, revela em entrevista à CDTV, o diretor de Operação Centralizada da Oi, José Cláudio Gonçalves.

CDTV Matriz de vídeo e 'bolha de controle' são legados da Oi
» Copa no Brasil triplicou o volume de dados da Copa da África do Sul

Ao regular ofertas de atacado, Anatel volta à fronteira entre telecom e Internet
:: 15/07/2014 :: Telecom

Agência indica que com o SNOA, os preços caíram até 60% em um ano. “Misturar conexão IP nos contratos gera mais distorções”, adverte Eduardo Parajo, da Abranet.


Anatel defende sistema de negociação entre OTTs e teles
:: 15/07/2014 :: Telecom

Ao defender o sistema de negociações de ofertas de atacado, implantado pela Anatel no ano passado, o presidente da agência, João Rezende, sugere que os donos de redes e provedores de conteúdo passem a usar uma mediação semelhante. “Algo como o SNOA poderia ser ampliado para esse debate, onde há um nó muito grande”.




Desoneração de smartphone rende 260 apps nacionais

A partir de dezembro, cada smartphone produzido localmente deverá contar com 50 aplicativos.

» Claro e Vivo acirram disputa pela liderança no 4G


Estádios da copa sem 4G, retrato do improviso nacional
:: Por Vivien Mello Suruagy*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!