INTERNET

Privacidade: Acta é 'um controle massivo da Internet'

Da redação ... 27/04/2012 ... Convergência Digital

O Acordo Comercial Anticontrafação (Acta), tratado internacional antipirataria negociado pela União Europeia e outros 10 países, poderia violar a lei que se refere às liberdades fundamentais dos internautas, segundo um comunicado do supervisor de Proteção de Dados europeu, Giovanni Buttarelli.

Segundo ele, o texto atual abre uma porta a uma interpretação fragmentada em cada país, o que poderia levar a um "controle massivo dos usuários de internet", incluindo cidadãos inocentes. O escritório de Supervisão de Dados apresentou um estudo à Comissão de Liberdades Civis do Parlamento Europeu sobre o projeto, que deve ser votado em maio.

O estudo afirma que o texto poderia levar à infração de várias leis da União Europeia que regulamentam as liberdades civis, e destaca que o Acta "não inclui garantias suficientes" para assegurar direitos fundamentais, como o da presunção de inocência. O estudo diz que a lei viola a privacidade dos usuários, que poderiam ter seus dados controlados e armazenados.

Desde que as conversas sobre o Acta começaram em Genebra, em junho de 2008, tem havido muita resistência ao projeto em algumas frentes, como dos setores de internet e de saúde, que dizem que seus rígidos controles de direitos autorais excluiriam pessoas da internet e evitariam que os países em desenvolvimento tivessem acesso a remédios. O acordo pede que provedores de internet cooperem com autoridades nacionais no combate à pirataria online, encerrando acesso à web de usuários que fizerem downloads ilegais de músicas ou filmes.

Com informações da EFE.


Cobertura Especial 1ª Conferência Abranet

Provedores Internet: à espera do Marco Civil, guardem seus logs

Advogada Tais Gasparian, sócia na Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo, Gasparian Advogados, cobra a regulamentação do Marco Civil da Internet. "O cenário está muito confuso para os ISPs", disse.


Veja mais da cobertura especial da 1ª Conferência Abranet

Redes brasileiras sofreram o impacto do 'segundo a mais'

O leap second, ou o segundo a mais, aconteceu no dia 30 de junho, às 20H59, horário de Brasília.

Google vai remover das buscas links com ‘vingança pornográfica’

Vice-presidente da empresa comunicou que nas próximas semanas será disponibilizado um formulário na web para pedidos de quem teve imagens de nudez ou sexualmente explícitas divulgadas sem consentimento.

E-commerce Brasil: PMEs têm de ter selo de capacitação para estarem no Black Friday

Programa de capacitação foi lançado pela camara-e.net e tem como objetivo garantir credibilidade às compras virtuais.

Wikipedia quer acordo de 'zero rating' no Brasil

Fundador da empresa, Jimmy Wales, participou do CIAB Febraban e informou que planeja ter uma MVNO no país. No Brasil, plataforma conta com mais de 876 mil artigos.

Revista Abranet 13 . Junho 2015
Veja edição 13 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet Pesquisa inédita encomendada pela Abranet ao IBPT mostrou a relevância do segmento de Internet, cujas empresas faturaram R$ 144,7 bilhões em 2014. No período de 2012 a 2014, foram gerados 51.180 novos postos de trabalho, um incremento de 17,5%.
Clique aqui para ver outras edições