Cloud ComputingConvergência Digital
Nuvem impulsiona venda de software da HP

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
Fabio Barros 02/05/2012

O mercado corporativo está se cada vez mais próximo da computação em nuvem, o que significa demanda cada vez maior por gestão de TI que, em última instância, tem alavancado as vendas da HP Software no Brasil. Não por acaso, a unidade é a mais lucrativa da companhia, tanto no País quanto globalmente.

Para Silvio Maemura, vice-presidente da HP Software & Solutions no Brasil, a demanda cada vez maior pelos softwares da companhia demonstra a evolução do mercado em relação a adoção da nuvem. “Nosso portfólio hoje é composto por aplicativos para gerenciamento de informação e por aplicativos de gerenciamento de serviços de TI, áreas que crescem de importância com o uso da nuvem”, lembra.

Os primeiros são oriundos da aquisição da Autonomy, e permitem a análise de dados não estruturados. Já a gestão de TI começou com a aquisição da Mercury, e permite desde a identificação de problemas até a identificação do motivo da falha e automação da solução.

Para Maemura, são áreas que, se não forem bem cobertas pelas empresas, podem impedir sua ida para a nuvem. “Uma empresa que esteja planejando usar cloud computing no futuro deve estar pronta para gerenciar a infraestrutura, mesmo que seja de terceiros, e para lidar com um altíssimo volume de dados”, diz.

O executivo lembra que projetos relacionados à nuvem representam hoje cerca de 10% das vendas da área. “Esse percentual deve crescer muito a partir do ano que vem”, diz.

Ao mesmo tempo em que ajuda os clientes a se preparar para gerenciar suas nuvens, a HP Software também vem testando suas próprias ofertas em nuvem. “Temos uma oferta, de teste de aplicativos, que estamos oferecendo no modelo de SaaS: o cliente compra o código, especifica os requisitos e nós realizamos o teste”.

De todo modo, Maemura não acredita que todo o portfólio possa ser oferecido em nuvem. “Nossos aplicativos são muito específicos e ligados a áreas estratégicas das empresas e a nuvem funciona melhor com produtos comoditizados”, diz.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

03/07/2015 às 17:45
Cloud salva vendas de fornecedores de TI no 1º trimestre

18/06/2015 às 19:12
Não caia na conversa do monitoramento de rede em nuvem

03/07/2015 às 11:45
BRQ se une à BMSIX para atuar no mercado de broker

24/06/2015 às 10:11
Apps pressionam e teles avançam para SDNs e Redes como Serviço na AL

23/06/2015 às 12:16
Serpro: custo do terabyte no Brasil inibe iniciativas de Big Data e Nuvem

22/06/2015 às 12:03
Pure Storage aposta na renovação dos data centers no Brasil

15/06/2015 às 14:03
Consumerização do software faz entidade debater SaaS no Brasil

03/06/2015 às 12:05
Com ZeroPaper, Intuit reestrutura atuação no Brasil

17/09/2014 às 17:10
Datacenter: Ato declaratório da Receita é abusivo, diz especialista

28/10/2013 às 11:43
Para EMC, computação em nuvem revigora o papel da TI

Opinião
Não caia na conversa do monitoramento de rede em nuvem
Por Dirk Paessler*


VídeosMais vídeos




Destaques

Big data: Tecnologia sozinha não faz milagre

Sair das perguntas óbvias é a melhor alternativa para usar os dados de forma tática para o sucesso do negócio.


Empresas brasileiras são muito vulneráveis ao roubo de dados

Dados são a nova moeda digital e as corporações sofrem com a violação das suas informações.


Todo cuidado é pouco na hora de contratar IaaS

Estabelecer contratos com cláusulas transparentes é essencial num mercado que está passando por forte reestruturação de fornecedores.


Roubo de dados assusta, mas executivos mudam o 'olhar' para o uso da nuvem

Segurança dos dados segue sendo o grande entrave para a adoção de soluções de cloud.


Wearables: o novo capítulo do BYOD

Gestores de TI projetam o uso dos dispositivos vestíveis no dia a dia de trabalho até 2020.


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.