Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Negócios

Google diz não lembrar de ter que pagar pelo uso da Java

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 24/04/2012

O ex-presidente-executivo do Google, Eric Schmidt, testemunhou em corte nesta terça-feira, 24/04, alegando que não lembra se funcionários de sua empresa haviam informado a ele em 2005 que a companhia teria de pagar por uma permissão da Sun Microsystems para utilizar a linguagem de programação Java.

A Oracle processou o Google em agosto de 2010, dizendo que o sistema operacional Android, do Google, infringia seus direitos autorais e patentes relativos à linguagem de programação Java. O Google respondeu dizendo que não viola as patentes da Oracle e que ela não pode licenciar certas partes do Java, uma linguagem "open source", isto é, de código aberto.

Schmidt, que foi presidente-executivo do Google por dez anos antes de assumir o cargo de presidente do conselho no ano passado, foi a última testemunha da Oracle. O Google convocou-o então novamente como sua primeira testemunha de defesa. Antes de se juntar ao Google, Schmidt foi vice-presidente de tecnologia da Sun Microsystems, que desenvolveu o Java. A Oracle adquiriu a Sun por 7,4 bilhões de dólares em 2010.

Sob questionamentos pelo advogado da Oracle, David Boies, a Schmidt foi mostrada uma apresentação de 2005 aos executivos do alto escalão do Google, em que dizia que o Google "precisa" adquirir a permissão da Sun. Entretanto, Schmidt disse que não se lembrava se o incidente se deu dessa maneira. Schmidt também reconheceu dizer que o Google derivava receita suficiente de anúncios no Android para financiar o sistema operacional e "muito" mais.

"A meta era conseguir o máximo possível de usuários numa nova plataforma que pudesse explorar a internet", disse Schmidt a respeito do Android. O julgamento, que deve durar pelo menos oito semanas, foi dividido em três fases: responsabilidade por copyright, alegações de infração de patentes, e danos.

Em uma etapa anterior do caso, as estimativas de possíveis danos contra o Google foram de até 6,1 bilhões de dólares. Mas o Google conseguiu limitar parte das alegações de infração de patentes da Oracle e reduziu possíveis indenizações. A Oracle busca cerca de 1 bilhão de dólares em danos contra direitos autorais.

O júri tomará sua decisão baseando-se apenas em responsabilidade por copyright antes de ouvir evidências relativas à violação de patentes. O juiz distrital William Alsup pode também decidir sobre algumas das questões sobre direitos autoriais.

Fonte: Agência Reuters

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 25/03/2015 16:33
Desenvolvedores Android podem ser os 'pais' do trojan Podec

:: 17/03/2015 11:25
Trojan SMS é o malware dos pesadelos do Android

:: 09/12/2014 11:12
Positivo usa Android como sistema operacional em notebook

:: 09/10/2014 10:35
Google apela à Suprema Corte contra a Oracle

:: 05/09/2014 09:55
Mais de 15 milhões de smartphones contaminados por malware

:: 02/07/2014 15:20
Apps bancários, no Android, estão sob ataque

:: 09/05/2014 18:52
Guerra do Android: Oracle impõe derrota ao Google

:: 17/01/2014 11:33
Aplicativos de alto risco para Android vão chegar a 3 milhões

:: 14/06/2013 14:15
Android leva Google a enfrentar mais uma investigação na Europa

:: 26/04/2013 13:45
Guerra de patentes: Microsoft vence batalha contra o Google




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Intel contesta multa bilionária imposta pela União Europeia

PRÓXIMA
Classes C,D e E responderam por 56% das compras online no Brasil




Com desoneração em risco, setor de TIC sai em defesa do TI Maior

Trabalhadores e patrões, mesmo sem uma articulação formal, se mobilizam para garantir os direitos conquistados. Reuniões estão sendo realizadas com áreas do Governo para provar que a arrecadação aumentou e houve a geração de empregos legalizados.


Telecom recebeu R$ 5,3 bilhões do BNDES para infraestrutura em 2014

Liberação de verba para infraestrutura no setor registrou um impulso de 97% no ano passado, mas ficou abaixo da concedida a outros setores.


Serviços são a saída para o mercado de impressão no Brasil

A queda na venda de impressoras em 2014 foi de 11,9% em relação a 2013, o que significa que foram comercializadas 3,2 milhões de equipamentos de impressão, revela a IDC Brasil.


Venda de computadores despenca 26% em 2014

Segundo a consultoria IDC Brasil, a Copa do Mundo atrapalhou o mercado de PCs, que deve ver novo recuo em 2015, embora menos intenso. No total, ano fechou com vendas de 10,3 milhões de computadores.


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Quatro motivos para contratar mais mulheres para a sua startup
:: Por Matias Recchia *

RioInfo 2014 - Cobertura especial do Convergência Digital

Mesmo sem política para TICs, Rio de Janeiro soma 75 mil pessoas vinculadas à TI

Pesquisa que está sendo elaborada pelo TIRio, em parceria com a Softex, mostra que o Rio de Janeiro tem 13 mil empresas de TI ativas e cerca de 25% delas são empreendedoras.  O Rio Info 2014 tem como expectativa gerar R$ 15 milhões em negocios nos próximos 12 meses.

» Varejo engatinha na TI e despreza hábitos do consumidor
» Internet das Coisas chega ao mundo dos vinhos
» Big Data vira estratégia de governo na cidade do Rio de Janeiro
» Brasil está andando muito devagar na adoção do big data

Clique aqui e veja a cobertura completa


Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!