Cloud ComputingConvergência Digital
Fundo norte-americano banca novo player de cloud no país

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
Convergência Digital 18/04/2012

Após adquirir, em fevereiro, a empresa paulista Ascenty, especializada em soluções de computação em nuvem, o fundo de private equity norte-americano Great Hill Partners (GHP) fundou o Grupo Ascenty para explorar os mercados de telecom e data center. O novo grupo surge a partir da fusão da adquirida Ascenty com a Metro Fiber Brasil Telecomunicações (MFB) e a Data Centers do Brasil (DCB), e recebe um aporte inicial de R$ 250 milhões do GHP.

Por meio de duas empresas distintas, a Ascenty Telecom e a Ascenty Data Centers, o grupo oferecerá circuitos de alta capacidade com redes de fibras ópticas próprias e soluções de colocation, hosting, computação em nuvem e serviços gerenciados.

Atualmente, a empresa possui cerca de mil quilômetros de fibra ópticas próprias na região do ABC Paulista e Campinas. Além das instalações absorvidas com a compra da Ascenty, o grupo deve inaugurar seu primeiro data center próprio em agosto de 2012, em Campinas, e outro já no primeiro semestre de 2013, em Santo André, no ABC Paulista.

Chris Torto, que foi fundador e principal executivo da TV por assinatura Vivax (vendida à NET em 2007), será o CEO da Ascenty. Segundo o executivo, o grupo tem por objetivo levar seus produtos e serviços a outras regiões, além do eixo Rio-São Paulo. "Nosso objetivo é focar mercados ascendentes, como Campinas, ABC Paulista, São José dos Campos e Santos, entre outros e cidades do Nordeste", revela.

Torto explica que investimento inicial nas companhias está dividido assim: R$ 200 milhões na Ascenty Data Centers, que inclui a compra da Ascenty e a inauguração de dois Data Centers próprios. Os outros R$ 50 milhões serão destinados à Ascenty Telecom para a ampliação das redes de fibras ópticas no ABC Paulista, São Paulo, Campinas, Jundiaí, Barueri e também em diversas cidades no trecho de interligação São Paulo e Campinas.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

30/07/2015 às 15:33
Digitalização aumenta receita, mas ainda há barreiras

22/07/2015 às 14:30
Padronizar aplicações vira 'mantra' na computação em nuvem

21/07/2015 às 15:55
Inovação lidera nova fase na computação em nuvem

13/07/2015 às 10:52
Fabricante de geradores adota storage definido por software

03/07/2015 às 17:45
Cloud salva vendas de fornecedores de TI no 1º trimestre

24/06/2015 às 10:11
Apps pressionam e teles avançam para SDNs e Redes como Serviço na AL

22/06/2015 às 12:03
Pure Storage aposta na renovação dos data centers no Brasil

17/09/2014 às 17:10
Datacenter: Ato declaratório da Receita é abusivo, diz especialista

28/10/2013 às 11:43
Para EMC, computação em nuvem revigora o papel da TI

21/10/2013 às 20:22
Para deter os EUA, Brasil e Europa negociam regras comuns para computação em nuvem

Opinião
Não caia na conversa do monitoramento de rede em nuvem
Por Dirk Paessler*


VídeosMais vídeos




Destaques

Fortaleza se transforma num hub de TI para a América Latina

Cidade será sede de dois projetos relevantes: o SACS, cabo submarino com 6 mil quilômetros e que ligará Luanda, em Angola, a capital cearense e o Monet, que tem Google e Algar Telecom como investidores.


ODF 1.2 é reconhecido pela ISO e vira padrão internacional

Modelo de software livre para aplicações de escritório é usada no governo brasileiro.


Quando a nuvem reprograma o DNA do mercado de TIC

O exército de programadores de baixo custo está perdendo vez. A hora é dos desenvolvedores capazes de atuar com analytics e big data. E aqui no Brasil, esses profissionais seguem escassos.


Chicago cria taxa sobre computação em nuvem e Brasil estuda fazer o mesmo

A terceira maior cidade dos Estados Unidos vai taxar serviços de streaming ou armazenamento de dados a partir de setembro. Por aqui, um projeto de lei tenta incluir a ‘nuvem’ nos serviços sujeitos ao ISS.


Serpro: custo do terabyte no Brasil inibe iniciativas de Big Data e Nuvem

Segundo o Assessor da Presidência da estatal, José Maria Leocádio, mercado está cobrando em torno de R$ 20 mil. "Esse custo tem que cair e bem", advertiu.


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.