NEGÓCIOS

FGV: Investimentos em TI crescem, em média,7% ao ano

Fábio Barros ... 18/04/2012 ... Convergência Digital

Os orçamentos das empresas brasileiras para Tecnologia da Informação seguem crescendo, chegando a uma média de 7% ao ano desde 1991. Em 2011, por exemplo, a média investida no país foi de 7% da receita das companhias, revela a 23ª edição da pesquisa anual "Mercado Brasileiro de TI e Uso nas Empresas", da Fundação Getúlio Vargas, divulgada nesta quarta-feira, 18/04.

O custo por máquina também aumentou, chegando a US$ 11,4 mil por ano, valor que deve continuar crescendo. “Isso porque os investimentos tendem a crescer sobre uma base estável de usuários", afirma Fernando Meirelles, professor da FGV e coordenador da pesquisa.

A pesquisa da FGV apura ainda que na área de aplicativos para escritório, o Office da Microsoft está presente em 92% das empresas. Os sistemas operacionais corporativos têm domínio do Windows (68%), seguido pelo Linux (18%) e pelo Unix (11%).

Aqui um ponto de alerta: o uso do Linux, estável em 20% nos últimos três anos, caiu para 18% este ano. “Como falamos de usuários, e não de aquisições, pode-se dizer que o Linux despencou do ano passado para este. O que se percebe é que, com o tempo, o espólio da Novell está ficando com o Windows”, analisa Meirelles.

A pesquisa da FGV aponta também que o Brasil tem, hoje, 99 milhões de computadores em uso – incluindo tablets – e deve chegar a 2014 com 140 milhões de computadores em uso. “Isso significa que já atingimos a marca de um computador para cada dois habitantes do País e, em 2014, chegaremos a dois computadores para cada três habitantes”, diz Meirelles, lembrando que o Brasil deve chegar à taxa de um por um em 2017. Para a edição deste ano, a FGV ouviu 2.180 empresas brasileiras, entre elas 66% das 500 maiores do País.


Windows 10: Microsoft centra atenção na loja de aplicativos

Para clientes corporativos, o novo sistema operacional só estará disponível no dia 1 de agosto. A atualização é gratuita para quem tem Windows 7 ou Windows 8.1.

NEC vence licitação para Centro Aquático dos Jogos Olímpicos do Rio

Fabricante vai implementar e integrar sistemas de automação às diversas tecnologias utilizadas na unidade, que receberá até 18 mil espectadores.

Acordo na OMC vai zerar tarifas em cerca de 200 produtos de TI. Brasil está fora

Tratativas para ampliar o acordo, originalmente firmado em 1996, envolve 54 países e inclui itens como semicondutores, aparelhos de GPS e videogames. Mesmo de fora, o Brasil poderá ter algum benefício dessa medida.

ITAG garante RFID para microempresas via cartão BNDES

Radiofrequência padrão GS1 pode ser adquirida com o cartão da instituição financeira do governo federal junto a empresa homologada pela Associação Brasileira de Automação.

Crise não afeta os investimentos da Dell no Brasil

Luis Gonçalves, presidente da fabricante no país, reforça a aposta em software e serviços. E determina: a Internet das Coisas chegou para mudar o DNA do setor.