Convergência Digital - Home
CARREIRA EM FOCO

83% dos profissionais não recebem retorno em processo seletivo

IT Careers - Convergência Digital
:: Da redação - 17/04/2012

Uma pesquisa encomendada pela Curriculum à Gentis Panel avaliou mais de 2.500 profissionais para saber a atitude do departamento de Recursos Humanos em relação à participação deles em processos seletivos e obteve resultados interessantes.

Eles mostram que a grande maioria, 83% dos candidatos, não recebe nenhuma resposta dos selecionadores sobre o término do processo e a participação destes no resultado da seleção. Já dos profissionais que obtiveram uma resposta (17%), a maioria diz que o tempo médio para retorno é em até uma semana. No entanto, mais da metade (51%) disse que nunca recebe nenhuma explicação sobre os motivos da não aprovação.

Em geral, a pesquisa demonstrou a grande insatisfação dos entrevistados em relação a essa atitude recorrente dos profissionais de Recursos Humanos, pois 98% deles afirmam que gostariam do feedback para não persistir no erro nas próximas vezes, além de que compreendem que o gesto demonstraria respeito.

Quando questionados se alguma vez já sofreram atraso em ser atendidos pelo RH na entrevista presencial, 62% afirmaram que sim. A maior parte (41,5%) esperou e compreendeu, mas assume que o ideal teria sido se o responsável pelo processo tivesse avisado com antecedência que iria se atrasar.
 
Em relação ao primeiro contato dos selecionadores com o candidato pelo telefone, o levantamento mostrou que 74% consideram que não obtêm informações satisfatórias e detalhes suficientes sobre as vagas. No entanto, para aqueles que acreditam que os dados sobre a oportunidade de emprego são adequados na primeira ligação (21%) e puderam apurar a veracidade depois, afirmaram que, em geral, as informações estão corretas e alinhadas com a realidade informada no primeiro contato.

Ainda na primeira ligação, os profissionais afirmaram que informações de salário (17%), nome da empresa (16%), local de trabalho (15%), atividades a desenvolver (15%) e horário de trabalho (13%) são mais importantes do que quais benefícios (12%) a companhia oferece.
 
“Percebemos com esta pesquisa que, infelizmente, ainda há muitos profissionais de Recursos Humanos que talvez, pela correria do dia a dia, acabam esquecendo, desconsiderando ou não podendo cumprir uma parte muito importante do processo, que é o feedback, além de oferecer informações relevantes para os candidatos durante essa etapa de contratação. Sabemos que o mercado está árido de talentos e que é normal entrar em contato com muitas pessoas para cada vaga em aberto, mas as ferramentas de recrutamento e a seleção online hoje já facilitam a rotina desses profissionais e a mera utilização de um e-mail de resposta a todos que participaram do processo já seria um grande avanço e melhoraria esta percepção dos candidatos. Sem contar que isso ajudaria na melhoria da imagem da empresa num possível novo contato com os interessados em fazer parte da companhia”, analisa Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum.


Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 
Veja mais vídeos

Flávio Gikovate: 'Necessidade, desejo, hábito e vício: para onde vamos?'

Veja mais artigos

Como aproveitar melhor o período sabático

:: Por Lilian Simões*

Na tradição hebraica, a cada colheita a terra ganhava um “descanso” de algumas semanas para a recomposição dos seus recursos naturais. Esse período...

Oportunidades Robert Half Veja mais oportunidades
Gerente de TI
Copyright © 2013 IT Careers / Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site