Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Gestão

Dataprev mantém demissões e gera crise com sindicatos

:: Luiz Queiroz
:: Convergência Digital :: 17/04/2012

O presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção, afirmou na audiência realizada nesta terça-feira,17/4, no Ministério Público do Trabalho (MPT), que não vai suspender os efeitos das 42 demissões imotivadas que pegaram de surpresa os trabalhadores da empresa, em todo o Brasil.

A Fenadados e os sindicalistas presentes decidiram criar uma comissão de trabalhadores da empresa e foram até à Secretaria-Adjunta do Ministério da Previdência, para protocolar um documento no qual fazem críticas ao processo e contra a decisão da direção da Dataprev.

Durante a audiência os sindicalistas manifestaram revolta contra a postura adotada pela diretoria da empresa.  "A forma como a Dataprev vem conduzindo todo esse processo é um total desrespeito ao trabalhador", afirma o diretor de Relações Sindicais do SINDPD-DF, Eudes Rodrigues da Silva, que juntamente com o diretor Paulo Roberto Ramos, acompanhou a audiência.

A Fenadados demonstrou que ao longo dos últimos cinco anos a Dataprev vem promovendo uma série de demissões imotivadas e, que agora, parece que o processo vai se acentuar. A empresa negou que esteja promovendo demissões em massa e ferindo o Acordo Coletivo do Trabalho (ACT).  A Fenadados insiste que as demissões são em massa e, muitas vezes, motivadas por perseguições políticas e pessoais. A empresa afirma que as demissões foram motivadas pela reestruturação e os planos de ação desenvolvidos desde 2009.

A procuradora do Trabalho, Dinamar Cely Hoffmann, solicitou mais documentos à empresa e vai aguardar a manifestação da Fenadados.  Em conversa informal com os sindicalistas, a procuradora afirmou que o caso é muito difícil. Hofmann solicitou que a federação faça sua manifestação com informações que demonstrem o desrespeito da empresa ao Acordo Coletivo de Trabalho. Também orientou aos sindicatos que promovam ações judiciais em defesa dos trabalhadores.  

Segundo o presidente da Fenadados, Carlos Albereto Valadares - Gandola, todos os sindicatos foram orientados a não homologarem novas demissões que estejam ocorrendo na Dataprev, assim como já vinha sendo feito no caso dos 42 que já foram demitidos. "Até que se resolva o impasse a direção da Dataprev terá de homologar qualquer demissão diretamente nas Delegacias Regionais do Trabalho", informou Gandola.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 18/07/2014 13:15
Bancos avançam, enfim, no compartilhamento de ATMs

:: 18/07/2014 11:45
TV Digital: Anatel fará ajustes no conversor para o Bolsa Família

:: 18/07/2014 11:37
Direito do Consumidor impõe um novo modelo aos Provedores Internet

:: 16/07/2014 12:11
Brasil foi país mais atacado pelo trojan bancário Shylock

:: 15/07/2014 18:55
Ao regular ofertas de atacado, Anatel volta à fronteira entre telecom e Internet

:: 15/07/2014 18:05
Novo relator, Walter Pinheiro (PT-BA) quer texto original da Lei das Antenas

:: 15/07/2014 17:42
Na Copa das 'Selfies', O Maracanã vira a estrela maior

:: 15/07/2014 13:33
Escolas adotam o WiFi, mas compartilham velocidade baixa

:: 15/07/2014 12:36
Anatel defende sistema de negociação entre OTTs e teles

:: 14/07/2014 17:31
Final da Copa 2014 gerou 1,448 GB e encostou no tráfego do Super Bowl




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
TIM amplia interatividade no serviço de call center

PRÓXIMA
Governo institui Infraestutura Nacional de Dados Abertos




Soluções de TI Simples
Mídias sociais e cloud: quando o dano se alastra em tempo real

Mensurar o impacto de uma ação equivocada é, hoje, um desafio para as corporações. Mitigar o impacto exige táticas mais eficientes.

» Fui invadido. Minha marca está arranhada. Como reagir?
» Não deixe a TI causar um estrago incalculável
» Seis passos para não deixar seu negócio fracassar



Direito do Consumidor impõe um novo modelo aos Provedores Internet
:: 18/07/2014 :: Gestão

A entrada em vigor do Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC) implicará em mudança de software, reestruturação de processos e treinamento de pessoal.


Governo torna permanente desoneração da folha
:: 10/07/2014 :: Gestão

Benefício é um anunciados após reunião com empresários no Planalto, em junho. Medida Provisória traz este e outros estímulos, como a volta do programa que devolve impostos na exportação de manufaturados.


Justiça publica portaria que institui o Consumidor.gov
:: 02/07/2014 :: Gestão

Site se propõe a funcionar como um ‘Procon virtual’ ao buscar a mediação de conflitos entre consumidores e empresas. Entre as mais reclamadas, as teles - Vivo, TIM, Claro e Oi - aderiram voluntariamente ao portal.


Comércio brasileiro ignora 'morte' e mantém uso do Windows XP
:: 24/06/2014 :: Gestão

Pesquisa constata ainda que 18% das PMEs mantêm o uso do sistema operacional, descontinuado em abril pela Microsoft, apesar dos riscos na área de segurança.



Cobertura em vídeo do Convergência Digital


TST libera teletrabalho para 50% dos servidores

Hoje 30 funcionários atual oficialmente à distância no Tribunal Superior do Trabalho.

» CIOs perderam o controle de 34% do orçamento de TI no Brasil
» Saiba quais são as 10 profissões mais demandadas no mundo


Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!