Convergência Digital - Home

Dados pessoais: Quanto vale a sua informação?

Convergência Digital - Cobertura Especial BITS 2012
:: Da redação - 17/04/2012
Especialistas assinalam, em reportagem publicada nesta segunda-feira, 16/04, na BBC, que os dados que circulam na internet com a computação em nuvem, as redes sociais, os correios eletrônicos, uso de smartphones ou de sistemas de geolocalização, formam uma extensão de nosso próprio cérebro, de nossa alma e, em seu conjunto, uma inteligência coletiva digital. Não à toa, revela ainda a matéria, uma frase soa com insistência pelos corredores do Vale do Silício: os dados pessoais são o novo petróleo.

A reportagem cita ainda que, de acordo com a IBM, diariamente são gerados 2,5 quintilhões de bytes de informação no mundo, fluxo que só cresce. Nunca na história da humanidade houve registro de tanta informação. E os governos se movimentam. Tanto que a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos está envolvida na construção de um gigantesco centro de processamento de dados da internet em pleno deserto de Utah.

Ainda na matéria publicada pela BBC, os especialistas destacam que muitos usuários ainda não perceberam a importância dada à informação e não têm consciência do quanto valem seus dados. Por isso, dizem, a internet estaria funcionando com uma estrutura feudal: os usuários geram riqueza em troca do uso da "terra" da internet, enquanto os monarcas (como Facebook, Google ou Microsoft) repartem o butim.

"Não há nada grátis na internet. O que muita gente não sabe é que dar seus dados em páginas web é dar dinheiro", diz Ignacio Suárez, advogado especializado em direito da internet e proteção de dados citado pela BBC. "As pessoas teriam que estar preocupadas, os jovens, por exemplo, não sabem até que ponto estão jogando com seus dados, que é possível que eles sejam manipulados por empresas de outros continentes a quem não importa a proteção desses dados".

Mas, afinal, quanto valem nossos dados? De acordo com emarketer, webpronews e o blog de tecnologia Tech Crunch, o Facebook teria lucrado, apenas com publicidade, mais de US$ 1,8 bi em 2010, liderando uma lista em que vêm a seguir YouTube, MySpace, LinkedIn e Twitter. Entretanto, nesta espécie de "Oeste selvagem", já começam a aparecer iniciativas para restabelecer a ordem e devolver aos usuários uma certa soberania sobre sua vida digital.

No início deste ano, a Comissão Europeia propôs uma reforma legal para proteger com mais eficiência os dados pessoais dos usuários e garantir essa proteção independentemente de onde eles estejam armazenados. Os usuários, amparados pelo "direito ao esquecimento", poderão solicitar seus dados e as companhias terão que informar claramento sobre o que está em jogo em seus termos e condições de uso.

O impacto da Internet na vida pessoal e corporativa do Brasil, a Internet 2.0 e computação na nuvem estão entre os temas-chave para debates durante a BITS 2012, evento que acontece de 15 a 17 de maio, em Porto Alegre. Para maiores informações sobre o programa da BITS 2012, a versão latino-americana da CEBIT, maior feira de TI do mundo, acesse: www.bitsouthamerica.com.br

A edição 2012 da BITS teve o patrocínio do Sebrae, Banrisul e PROCEMPA.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

19/04/2012
Sua empresa sabe como ganhar dinheiro com a Internet?

17/04/2012
Dados pessoais: Quanto vale a sua informação?

Veja mais vídeos
Copyright © 2012 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site