Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo

Dataprev estuda suspensão de 42 demissões

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 16/04/2012

A direção da Dataprev aceitou discutir com a Fenadados - Federação Nacional dos Trabalhadores em Processamento de Dados, Empresas de Informática e similares- os critérios genéricos que levaram à demissão de 42 funcionários da empresa desde 23 de março, mas não concorda em rever a decisão e, ao menos por enquanto, tampouco em suspender os efeitos das dispensas. Uma primeira reunião esta prevista para esta terça-feira, 17/4.

A empresa não aceita, porém, a alegação de que praticou demissão coletiva, nem tampouco discutirá os motivos dos afastamentos caso a caso. “São questões pontuais e, além disso, os cargos estão sendo repostos. É uma questão de gestão”, afirmou o presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção.

Para a Fenadados, no entanto, o número de demissões em um curto período de tempo – e que afetaram especialmente aposentados, 30 das 42 dispensas – bem como a justificativa de que se tratam de decisões organizacionais caracterizam a demissão coletiva, que, por acordo coletivo, precisariam ter sido negociadas.

“Estão sendo demitidos funcionários com salários mais altos para que sejam contratados outros com salários mais baixos, precarizando as condições de trabalho”, reclamou o presidente da Fenadados, Carlos Alberto Pereira, mais conhecido como Gandola.

A Dataprev prometeu apresentar documentação sobre o plano de gestão para 2012, bem como algumas das circunstâncias que levaram às demissões, dados sobre programas de requalificação, quantidade de aposentados e o histórico de dispensas desde 2005.

Além da Federação, a Frente Nacional dos Trabalhadores em Informática (FNI) também esteve na audiência desta segunda-feira, 16/4, no Ministério Público do Trabalho. “Por tudo o que ouvi, tendo a acreditar que a Fenadados está com a razão”, disse a procuradora Dinamar Hoffmann.

Ainda assim, não houve sucesso no principal pleito: a suspensão dos efeitos das demissões enquanto o tema for negociado entre a direção da estatal e os representantes dos trabalhadores, mas ainda não houve esse compromisso. Assumpção ficou de responder ao pedido nesta terça, 17.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 02/04/2014 09:00
Dataprev obteve lucro líquido R$ 177,6 milhões em 2013

:: 06/01/2014 11:15
Dataprev abandona mainframe e vai para plataforma aberta

:: 13/12/2013 15:00
Dataprev reestrutura data center em São Paulo

:: 15/04/2013 12:20
Dataprev investe R$ 124,4 milhões em sala-cofre no Rio de Janeiro

:: 29/01/2013 13:52
Dataprev adia decisão do pregão de rede para dia 5 de fevereiro

:: 23/01/2013 16:43
Level 3 e Embratel dão os melhores lances em pregão de rede da Dataprev

:: 21/01/2013 12:29
Dataprev usa a nuvem para criar rede social corporativa

:: 27/09/2012 11:22
Para Dataprev, interesse público perde com ausência do compartilhamento de rede

:: 17/04/2012 16:09
Dataprev mantém demissões e gera crise com sindicatos

:: 16/04/2012 17:35
Dataprev estuda suspensão de 42 demissões




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Governo terá catálogo de dados abertos na Internet

PRÓXIMA
Software público completa 5 anos com licitação nacional e desdém do setor privado



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Wikileaks, CPI e promessas: ações contra espionagem caíram no vazio

O que começou com uma declaração indignada na ONU contra a 'xeretice' indiscriminada dos EUA não tem, dez meses depois, nada de concreto como resposta no Brasil. O relator da CPI da Espionagem no Senado, Ricardo Ferraço (PMDB/PE), admitiu: "não vai dar em nada".

» Além dos equipamentos americanos, NSA tem acesso a backdoors da Huawei
» Atenção espiões: defesa contra espionagem no Brasil, só no ano que vem
» Governo trabalha para fazer do Expresso uma marca internacional
Clique aqui para ver a cobertura completa


Abinee: Renovação da Lei do Bem e da desoneração da folha são prioridades
:: 02/04/2014 :: Política industrial

"É conversa fiada dizer que a indústria eletroeletrônica é favorecida em excesso pelas desonerações do Governo", reagiu o presidente da Abinee, Humberto Barbato,


Anatel e polícia querem lei que autoriza localização de celular sem ordem judicial
:: 01/04/2014 :: Governo

Objetivo é atuar especialmente em crimes como ‘sequestro relâmpago’, como prevê o PL 6726/2010. Pedidos de localização poderiam ser feitos verbalmente por delegado, com respostas em até duas horas. Na Anatel, sistema semelhante já tem resolução e deve ser implantado antes da Copa do Mundo.


Expresso já está sendo usado em 14 órgãos da Presidência da República
:: 31/03/2014 :: Governo

Implantação do correio eletrônico - que substitui a plataforma Microsoft - foi concluída em mais seis órgãos ligados à Presidência da República, entre eles, a vice-presidência.


Brasil já fez mais de 15 mil solicitações de dados ao Google
:: 27/03/2014 :: Governo

Informação é do relatório de transparência da empresa no período de 2009 a 2013. Pedidos de governos, nesses cinco anos, cresceram mais de 120%. Governo dos EUA lidera lista de solicitações.



Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!