NEGÓCIOS

Oracle x Google: Justiça define futuro do uso do Java no Android

Da redação ... 16/04/2012 ... Convergência Digital
m dos embates mais esperados do ano começa a acontecer na Justiça dos Estados Unidos. A ação da Oracle contra o Google, impetrada em agosto de 2010, começa a ser julgada num tribunal de são Francisco. No mês passado, houve uma tentativa, frustrada, de se negociar um acordo entre as partes. Em questão o desenvolvimento do Android e o uso da Java.

A Oracle processa o Google por violação de sete patentes envolvendo a linguagem Java, que pertenciam à Sun Microsystems, mas agora pertencem à Oracle. O Google, no entanto, afirma que a Sun era um grande apoiador do Android, e que a linguagem de programação seria livre para ser usada.

No início do processo, as estimativas de prejuízos eram de US$ 6,1 bilhões. Mas o Google limitou as reclamações da Oracle e, agora, permanecem apenas duas patentes, reduzindo os possíveis prejuízos. A Oracle está buscando aproximadamente US$ 1 bilhão em violação de direitos autorais.

Nas duas patentes, a companhia rejeitou uma oferta de acordo do Google de US$ 2,8 milhões, mais 0,5% da receita de uma patente do Android que expira em dezembro e 0,015% de uma segunda patente que expira em abril de 2018. Diante do embate, o juiz William H. Alsup exigiu no começo do mês que cada lado assumisse uma posição sobre se linguagens de programação são ou não protegidas por direitos autorais.

Segundo a Reuters, o caso é o primeiro dos quatro julgamentos que envolvem a Oracle agendado para os próximos meses, todos nos Estados Unidos, sendo três na Califórnia e um em Nevada. Os outros incluem um previsto para o final de maio contra a Hewlett-Packard sobre o microprocessador Itanium, um novo julgamento contra a SAP em junho sobre violação de direitos autorais, e outro de direitos autorais contra a concorrente menor Rimini Street, esperado para o final do ano.

Cloud Computing
Cloud salva vendas de fornecedores de TI no 1º trimestre

Em meio à estagnação da economia global, a venda de infraestrutura para computação em nuvem tem forte impulso e respondeu por 30% do orçamento de TI.

Cobertura Especial CIAB FEBRABAN 2015

Apple Watch é a bola da vez do Bradesco na inovação digital

Instituição financeira quer ampliar o ecossistema de canais adotando o máximo possível de ferramentas demandadas pelo cliente.

Crise não afeta os investimentos da Dell no Brasil

Luis Gonçalves, presidente da fabricante no país, reforça a aposta em software e serviços. E determina: a Internet das Coisas chegou para mudar o DNA do setor.


Veja mais da cobertura especial do CIAB FEBRABAN 2015

Crise não afeta os investimentos da Dell no Brasil

Luis Gonçalves, presidente da fabricante no país, reforça a aposta em software e serviços. E determina: a Internet das Coisas chegou para mudar o DNA do setor.

Software protagoniza a nova era dos data centers

No futuro, os data centers serão totalmente diferentes do que temos hoje, com novos modelos operacionais. “Software está dominando. SDN é o que está mais desenvolvido”, afirmou Henrique Cecci, do Gartner, durante o CIAB.

Governo dos EUA autoriza a venda de dados pessoais de 117 milhões de clientes de empresa falida

Comissão Federal do Comércio sugere alguns condicionantes, mas não impede a comercialização dos dados pela falida Radio Shack.

Prysmian e CPqD investem R$ 3,5 milhões para ter microcabo 100% nacional

Desenvolvimento deverá levar 18 meses, e segundo as empresas, não se trata de uma 'tropicalização ou copy paste' de produto.

ERP Brasil: TOTVs lidera, mas enfrenta disputa dura com SAP e Oracle

Pesquisa da FGV mostra que as empresas de menor porte têm larga preferência por pacotes de gestão empresarial nacionais, com a TOTVs à frente. Mas nas grandes companhias, a TOTVs perde vez para as multinacionais e disputa com a Oracle a segunda posição. Nesse segmento, a SAP lidera com folga.