Home - Convergência Digital

Serviço 3G segue fora do alcance de 28 milhões de brasileiros

Convergência Digital - Carreira
:: Ana Paula Lobo* - 16/04/2012

O Brasil já pensa no leilão 4G - previsto para junho - mas ainda há muito por fazer na oferta da Terceira Geração. Dados do Teleco comprovam que em apenas 203 dos 5560 municípios do país - não à toa os de maior poder econômico - há a presença das quatro operadoras autorizadas para a oferta 3G. Entre as teles, no 1º trimestre de 2012, a Claro apresentou o maior índice de expansão e cobertura 3G - 32%. A TIM, por sua vez, foi a que menos cresceu - apenas 3%.

Os dados sobre a cobertura 3G foram divulgados nesta segunda-feira, 16/04, pelo portal Teleco. A cobertura 3G está presente em 2883 municípios. Isso significa que 2682 localidades seguem sem o acesso ao serviço. Na prática, cerca de 28 milhões de brasileiros ainda estão sem acesso ao serviço 3G, que oferece Internet com maior velocidade no celular.

Um dado também relevante - num momento que o Brasil começa a pensar de forma mais efetiva na chegada do 4G - é que a competição, com a presença das quatro operadoras móveis - segue acontecendo apenas nos municípios de maior poder econômico - 203 localidades. Em 1973 municípios o serviço é ofertado por apenas uma operadora, que detém o controle do 3G. Em 475 localidades, há a presença de 2 teles, num duopólio de serviços.

Em termos de expansão da cobertura 3G, o primeiro trimestre de 2012 traz dados reveladores. A Claro foi a operadora que mais investiu - cresceu 32%, passando de 650 localidades em dezembro de 2011, para 866 localidades em março deste ano. A Oi também investiu mais em rede e cresceu 23% - passando de 250 para 308 localidades.

A Vivo, dona da maior cobertura, apresentou um crescimento de 8,5% e alcançou, em março, 2727 localidades. Quem não começou 2012 apostando em rede foi a TIM. Se ao longo de 2011, houve um investimento efetivo na rede 3G, nesses três primeiros meses do ano, de acordo com os dados do Teleco, a expansão foi de apenas 3% - 488 municípios em dezembro, 502 localidades, em março.

*Com informações do portal Teleco(www.teleco.com.br)

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

21/10/2014
Recarga de dados é estratégica no plano da Oi

21/10/2014
Qualcomm: equacionar o custo por bit é o desafio da mobilidade

14/10/2014
Big data faz TIM reestruturar infraestrutura de rede

09/10/2014
Compartilhamento: Anatel cobra licenciamento duplo de Oi e Tim

02/10/2014
Anatel não tem pressa para vender fatia que sobrou em 700 MHz

01/10/2014
Minicom aposta que 4G será o serviço predominante até 2018

01/10/2014
Paulo Bernardo: desistência da Oi foi ruim para todo mundo

30/09/2014
Leilão 4G: Sem apetite, teles deixam brecha para a Oi

30/09/2014
Anatel espera que Claro, TIM e Vivo paguem mais R$ 423 milhões

30/09/2014
Anatel: Sobras reduzem chance de interferência entre 4G e TV Digital

Destaques
Destaques

Compartilhamento: Anatel cobra licenciamento duplo de Oi e Tim

Empresas firmaram acerto para compartilhar antenas 4G, mas a agência sustenta que apesar das ERBs representarem um único conjunto de equipamentos a serem licenciados, o uso de radiofrequências distintas implica que o pagamento do Fistel deve ser feito por ambas as operadoras.

» Anatel espera Lei das Antenas para decidir sobre compartilhamento de torres

Anatel não tem pressa para vender fatia que sobrou em 700 MHz

Presidente da agência, João Rezende, descarta a inclusão da faixa no megaleilão de sobras de frequência, programado para 2015. E diz que o preço - R$ 2,7 bilhões- será mantido para o novo comprador.

» Anatel autoriza 70-80 GHz para ‘backhaul sem fio’

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet das Coisas: O charme dos sensores

:: Por Eduardo Prado *


Copyright © 2014 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site