Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Fixo/móvel: Anatel cassa liminar da Oi no STJ

:: Ana Paula Lobo*
:: Convergência Digital :: 13/04/2012

O embate Anatel e Oi pelo reajuste da tarifa fixo/móvel, a agência reguladora alcançou uma vitória. Nesta sexta-feira, 13/04, por meio de recurso interposto pela Advocacia-Geral da União (AGU) perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ), decisão favorável à aplicação dos critérios de reajuste definidos pelo órgão regulador na Resolução nº 576/2011 para tarifas da Telemar Norte Leste S/A aplicáveis às chamadas de telefone fixo para móvel.

A aplicação desses critérios foi suspensa nas tarifas da Telemar Norte Leste S/A, por força de decisão judicial obtida pela referida empresa junto ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região, cumprida pela Anatel com edição do Ato nº 1.874, de 2 de abril de 2012.

Em comunicado ao mercado, a Anatel informa que, com a decisão do STJ, suspenderá os efeitos do Ato nº 1.874/2012, de modo a aplicar à Telemar Norte Leste S/A os critérios definidos na Resolução nº 576/2011 e, consequentemente, promover a redução líquida de 10,78% sobre os valores pagos pelos usuários nas chamadas fixo-móvel da referida empresa, conforme determinado pela Anatel no último dia 25 de janeiro, com a publicação dos Atos nº 486/2012 e nº 487/2012 - o que representa benefício ao consumidor.

Com a decisão, sustenta ainda Anatel, está garantida a redução acumulada de 27% das ligações fixo-móvel no período 2012/2014 para todas as concessionárias.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 10/03/2015 09:55
Oi diz que não há negociação para a entrada de um sócio investidor

:: 26/02/2015 16:37
Brecha legal ajuda Anatel manter frequência da TIM e da Oi por 15 anos

:: 23/02/2015 17:31
Corte de Internet leva Ministério da Justiça notificar Vivo, Claro, Tim e Oi

:: 11/02/2015 15:46
Anatel vai mudar regulamento de interconexão

:: 05/02/2015 16:51
Oi terá que escolher entre multa ou ligações grátis de orelhões até para celulares

:: 19/01/2015 19:00
Oi quer atrair cliente pré-pago com tarifa de R$ 0,50 por dia

:: 19/12/2014 14:12
Banda larga: Oi chega com oferta do PNBL nos 4668 municípios da sua área de atuação

:: 26/11/2014 14:31
Fortaleza quer ser o hub para troca de tráfego Internet na América Latina

:: 11/11/2014 16:56
EILD: apenas 0,5% dos links são acima de 2 Mpbs

:: 31/10/2014 13:00
TIM e Oi brigam por oferta de atacado




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
TV Digital: CPqD amplia leque de aplicativos com Ginga

PRÓXIMA
Ressarcimento ao MMDS será por livre negociação entre empresas



Cobertura Especial Futurecom 2014
5G: tudo é uma questão de dinheiro e poder

Fornecedores venderam durante o Mobile World Congress a chegada do 5G em 2020, mesmo sem uma discussão efetiva de padronização. E a razão é simples: é preciso rever o modelo do ecossistema de infraestrutura de rede. Vender mais e com qualidade para sobreviver à mudança. Para as teles, o momento é de repensar estratégias. As OTTs incomodam e impõem mudanças.

Cobertura Especial World Mobile Congress 2015Veja mais da cobertura do World Mobile Congress 2015


Lei das Antenas passa e prevê licenciamento automático após 60 dias

Aprovado pelo Senado, o projeto também resolve a adequação de milhares de torres e abre espaço para uma regulamentação específica para o que chama de “infraestrutura de telecomunicações de pequeno porte”, que não precisarão de licenças para serem instaladas.


Amos Genish, da GVT, vai assumir o comando da Vivo/Telefônica no Brasil

Antonio Carlos Valente vai para a presidência do Conselhor de Administração. O CEO, Paulo Cesar Teixeira, sai da empresa.

» Com condicionantes, CADE aprova compra da GVT pela Telefônica

CADE diz que acordos entre teles e OTTs podem afetar competição

“Em contratos como o acesso via telefone celular a aplicativos, dependendo do tipo de aprisionamento, das cláusulas de competitividade, se restringir o acesso a uma OTT dominante por outra operadora pode ser problema”, diz o presidente do órgão antitruste, Vinícius de Carvalho.


Para governo, Brasil não precisa de consolidação em telecom

Ao contrário do que prevê o banco de investimentos Merril Lynch – que vê as fusões como inevitáveis – o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, diz que há espaço crescente para mais concorrência, não menos.




Paulistanas são as mais consumistas no mercado móvel

As mulheres estão comprando mais por tablets e smartphones no Brasil.

» Investimentos em 4G vão superar os US$ 193 bilhões na América Latina


Automação inteligente - reduzindo a complexidade e os custos da rede
:: Por Nelson Wang*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições

VII Seminário TelComp 2014 - Cobertura especial do Convergência Digital
Banco Mundial: Empresas brasileiras estão atrasadas no uso das TICs

Instituição está fazendo um estudo global para avaliar o impacto da economia digital, que será conhecido no 2º semestre de 2015. Mas já dados coletados. Entre eles, um significativo: As mulheres são as grandes beneficiadas pelo maior uso das TICs
CDTV Banda larga: Teles erram e Anatel fala em controle de danos
CDTV TelComp: Precisamos criar uma nova GVT no Brasil
Clique aqui e veja a cobertura completa do evento




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!