Home - Convergência Digital

Banda larga móvel: Consumo no Brasil fica abaixo da média da América Latina

Convergência Digital - Carreira
:: Da redação - 13/04/2012

Apesar do forte impulso no número de assinantes - quase 100% em 2011 - fechando o ano com 41 milhões de usuários, o Brasil ainda tem muito por crescer, principalmente, no uso real de dados, afirma Erasmo Rojas, diretor da 4G Americas para América Latina e Caribe.

Enquanto em países como Argentina os usuários consomem cerca de 48% de seus pacotes (dados + voz) em banda larga móvel, no Brasil o percentual é de apenas 22%, 1 ponto percentual menor que a média da região. Em receita, isso significa 3,08 dólares dos 14 dólares, que é a média mensal da América Latina de gasto com celular.

“A entrada de novos handsets, como tablets e smartphones, pode ajudar nesse crescimento”, destaca Rojas, que aponta a diminuição do uso dos modens externos como indicio desse movimento. Em 2010, o número de acessos à banda larga móvel por modens e celulares era quase a mesma. Hoje, apenas 19% da conexão móvel é feita por modens. A grande maioria, 81%, é realizada por celulares.

Segundo o executivo, o leilão das novas frequências vão impulsionar esse crescimento, uma vez que as operadoras vão passar a oferecer serviços com mais qualidade. A penetração de banda larga móvel na América Latina é de 12%, e a estimativa é de que, em 2015, atinja 57%, ultrapassando a voz, que, hoje, ainda é a principal fonte de receita das operadoras.

Globalmente a demanda de celulares com acesso a banda larga móvel cresce 75% ao ano, porém metade desse recurso é consumido por apenas 1% dos usuários, enquanto 3% dos usuários de peso (heavy users) são responsáveis por 70% do trafego.

“As operadoras têm o desafio de encontrar um caminho para dosar uso e receita, pois as redes não são capazes de suportar hoje uma fatia grande de usuários de peso. Como a nova geração já nasce conectada, esse tipo de usuário deve crescer muito”, completa Rojas.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

28/11/2014
Para a Anatel, corte de serviço ao fim da franquia vai chegar à banda larga fixa

25/11/2014
Teles investirão US$ 193 bi e respondem por 4,5% do PIB na AL

25/11/2014
Redes 2G respondem por 60% das conexões móveis na América Latina

18/11/2014
Consumo de dados crescerá 128% e pulará para 6,1 bilhões em 2020

11/11/2014
Banda Larga: Vivo descarta antipatia do usuário por fim da velocidade reduzida

03/11/2014
Modem 3G: em franca decadência na banda larga

23/10/2014
Justiça do Rio suspende cobrança de taxa por instalação de antena

21/10/2014
Web no celular: Anatel cobra teles, mas diz que nova cobrança não é ilegal

21/10/2014
Internet no celular: PROTESTE cobra posição da Anatel e do Minicom

16/10/2014
4G Americas: falta muito espectro para banda larga móvel

Destaques
Destaques

Redes 2G respondem por 60% das conexões móveis na América Latina

O 4G fica com 1% das conexões de banda larga móvel na região em 2014, revela estudo da GSMA.

Minicom quer ampliar desoneração para as small cells

Secretário Maximiliano Martinhão insiste ainda na redução do ICMS para a banda larga.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Tecnologia "Vestível": A revolução da Internet das coisas na Saúde

:: Por Eduardo Prado


Copyright © 2014 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site