TELECOM

Zona rural terá acesso à Internet até 2015

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/04/2012 ... Convergência Digital

No início de junho, quando a Anatel realizar o leilão da faixa de 450 MHz, o Brasil terá uma indicação de como vai suprir a dívida com a área rural do país no acesso às telecomunicações – e, especialmente, à Internet. Vale lembrar que por “rural” a agência entende as localidades em raio de até 30 km do distrito sede.

A ideia é usar essa faixa de frequência, que, em tese, permite transmissões com alcance de até 50km, para levar serviços de voz e dados às regiões isoladas do país. As operadoras sustentam que a oferta de serviços nessas áreas escassamente povoadas é deficitária e, até aqui, relutam em adquirir essa frequência.

Daí a estratégia de oferecer a faixa no primeiro lote e, caso não haja vencedor, vendê-la de forma casada com outra faixa, de 2,5 GHz. Esta é muito mais cobiçada por ser a frequência destinada para serviços de quarta geração, 4G, ou LTE, capaz de fornecer efetivamente banda larga em dispositivos móveis.

Portanto, qualquer dos caminhos implicará no cumprimento de obrigações relacionados ao atendimento da área rural – onde a Anatel estima viverem cerca de 30 milhões de brasileiros, a maior parte deles sem acesso sequer ao serviço telefônico.

A cobertura dessas regiões se dará de forma escalonada até dezembro de 2015. Até junho de 2014, 30% dos municípios devem contar com ofertas de acesso à Internet, percentual elevado para 60% até dezembro do mesmo ano e 100% no fim do ano seguinte.

Não será, claramente, nada que possa ser chamado de banda larga. A meta inicial é de velocidades de 256 kbps para download e 128 kbps para upload, em pacotes com franquia de dados de 250 MB. Em 2017, a velocidade deve subir para 1 Mbps (256 kbps de upload) e a franquia para 500 MB.

“Sabemos que 256 kbps é uma velocidade baixa, mas também temos que lembrar que estamos falando de onde hoje não há acesso nenhum”, disse o relator do edital, conselheiro Marcelo Bechara.


Matérias relacionadas
Internet Móvel 3G / 4G ... 22/04/2015 ... 16:11
4G: Algar Telecom fecha acordo exclusivo com Nokia Networks
Internet Móvel 3G / 4G ... 12/03/2015 ... 10:40
Com crescimento acima de dois dígitos, 4G supera o 3G no mundo
Internet Móvel 3G / 4G ... 11/03/2015 ... 15:22
TIM amplia 4G em 1.8GHz
Internet Móvel 3G / 4G ... 09/03/2015 ... 12:04
4G: quase 1 milhão de novas adições em janeiro
Internet Móvel 3G / 4G ... 03/03/2015 ... 10:22
Investimentos em 4G vão superar os US$ 193 bilhões na América Latina
Internet Móvel 3G / 4G ... 24/02/2015 ... 10:24
Brasil somou 6,8 milhões de acessos 4G em 2014, calculam operadoras
Internet Móvel 3G / 4G ... 13/02/2015 ... 11:31
TIM já testa uso da faixa de 1,8 GHz para a oferta 4G
Internet Móvel 3G / 4G ... 04/02/2015 ... 11:12
Dados móveis: 10% dos assinantes consomem 80% do tráfego 3G e 4G

Telefonia móvel: Anatel revisa coleta de dados do 3G, 4G e M2M

Em fevereiro foram adicionadas  856 mil novas linhas em relação a janeiro, revela a Anatel.

Lei das Antenas: Relator do projeto dispara contra vetos do governo

"Esse veto mexe num ponto central do projeto. Mas manteve o artigo que diz que Anatel vai acompanhar, mas a Agência vai acompanhar o quê? Terreno na lua ou instalação de antena para banda larga em marte?", disparou o senador Walter Pinheiro, do PT/BA.

Teles x OTTs: Na contramão das rivais, TIM amplia acordo com WhatsApp

Mesmo com o aplicativo de mensagens do Facebook ampliando cada vez mais o número de usuários no Brasil e no mundo, a TIM amplia a parceria com o Facebook e estende o 'zero rating' ou a 'tarifa zero' para os seus principais planos pré-pago e controle para a banda larga móvel.

Para enfrentar os chineses, Nokia compra Alcatel-Lucent por US$ 15,6 bilhões

Aquisição mexe com o mercado latino-americano e brasileiro, onde a Alcatel-Lucent tem presença forte no mundo IP e centrava suas apostas no segmento de small cells. No mundo móvel, há sobreposição entre as companhias e ajustes terão de ser feitos.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G