TELECOM

Zona rural terá acesso à Internet até 2015

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/04/2012 ... Convergência Digital

No início de junho, quando a Anatel realizar o leilão da faixa de 450 MHz, o Brasil terá uma indicação de como vai suprir a dívida com a área rural do país no acesso às telecomunicações – e, especialmente, à Internet. Vale lembrar que por “rural” a agência entende as localidades em raio de até 30 km do distrito sede.

A ideia é usar essa faixa de frequência, que, em tese, permite transmissões com alcance de até 50km, para levar serviços de voz e dados às regiões isoladas do país. As operadoras sustentam que a oferta de serviços nessas áreas escassamente povoadas é deficitária e, até aqui, relutam em adquirir essa frequência.

Daí a estratégia de oferecer a faixa no primeiro lote e, caso não haja vencedor, vendê-la de forma casada com outra faixa, de 2,5 GHz. Esta é muito mais cobiçada por ser a frequência destinada para serviços de quarta geração, 4G, ou LTE, capaz de fornecer efetivamente banda larga em dispositivos móveis.

Portanto, qualquer dos caminhos implicará no cumprimento de obrigações relacionados ao atendimento da área rural – onde a Anatel estima viverem cerca de 30 milhões de brasileiros, a maior parte deles sem acesso sequer ao serviço telefônico.

A cobertura dessas regiões se dará de forma escalonada até dezembro de 2015. Até junho de 2014, 30% dos municípios devem contar com ofertas de acesso à Internet, percentual elevado para 60% até dezembro do mesmo ano e 100% no fim do ano seguinte.

Não será, claramente, nada que possa ser chamado de banda larga. A meta inicial é de velocidades de 256 kbps para download e 128 kbps para upload, em pacotes com franquia de dados de 250 MB. Em 2017, a velocidade deve subir para 1 Mbps (256 kbps de upload) e a franquia para 500 MB.

“Sabemos que 256 kbps é uma velocidade baixa, mas também temos que lembrar que estamos falando de onde hoje não há acesso nenhum”, disse o relator do edital, conselheiro Marcelo Bechara.


Matérias relacionadas
Internet Móvel 3G / 4G ... 24/07/2015 ... 12:46
Operadoras já oferecem 4G em 143 países
Internet Móvel 3G / 4G ... 20/07/2015 ... 15:43
TIM reage aos rivais e lança pacote agressivo de Internet e voz
Internet Móvel 3G / 4G ... 20/07/2015 ... 13:10
4G salva teles e registra 1,359 milhão de novas adições em maio
Internet Móvel 3G / 4G ... 15/07/2015 ... 15:23
Consumo do 4G fica aquém do desejado na América Latina
Internet Móvel 3G / 4G ... 13/07/2015 ... 16:33
REPNBL aprova R$ 526,4 milhões em projetos de 4G em 450 MHz
Cloud Computing ... 02/07/2015 ... 10:30
Banda larga móvel e nuvem: uma parceria em alta
Opinião ... 24/06/2015 ... 13:54
LTE: Mais do que uma tecnologia ultrarrápida

Bens reversíveis: Anatel quer identificar quantos ativos das concessionárias são bens de terceiros

Em processo que trata do pedido da Telefônica para vender a antiga sede na rua Martiniano de Carvalho, em São Paulo, Conselho Diretor decidiu averiguar a proporção de ativos em uso que não são diretamente das concessões.

Anatel aprova redução de capital da Oi

Tele vai incorporar prejuízos de R$ 4,4 bilhões do ano passado. Oi diz que decisão da Agência é ' mais um passo no processo de reorganização societária, uma prioridade estratégia da companhia este ano".

GVT x Oi: CADE convoca operadoras para encerrar litígio anticoncorrencial

Òrgão antitruste deu um prazo de cinco dias para que a Oi apresente a sua defesa final para uma decisão da Superintendência Geral. Embate acontece desde 2008.

AT&T retorna ao mercado brasileiro como dona da Sky/DirectTV

Transação, estimada em US$ 48,5 bilhões, recebeu o aval oficial da FCC, com restrições. Negócio terá impacto no Brasil, onde a Sky é a segunda no ranking de TV por assinatura por satélite e está na briga por uma fatia na banda larga fixa.


Veja edição 13 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 13

Em ritmo acelerado


Pesquisa inédita encomendada pela Abranet ao Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação mostrou a relevância do segmento de Internet, cujas empresas faturaram R$ 144,7 bilhões em 2014. No período de 2012 a 2014, foram gerados 51.180 novos postos de trabalho, um incremento de 17,5%.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G