TELECOM

TIM/Intelig aquecem a disputa pelo mercado corporativo

Ana Paula Lobo ... 12/04/2012 ... Convergência Digital

Passado o processo de integração dos negócios e de operações, TIM/Intelig partem para brigar com as rivais - Telefônica/Vivo, Oi e Embratel/Claro/Net - apostando em soluções customizadas. Serviços no modelo de computação na nuvem estão entre as prioridades. Alvo são as médias e grandes empresas.

"Somos entrantes no mercado empresarial e vamos provocar uma mudança no modelo de prestação de serviços", sustenta Rafael Marquez, diretor de Marketing da TIM/Intelig. Em entrevista ao Convergência Digital, o executivo garante que a decisão de manter a marca Intelig - e não incorpora-la ao portfólio da TIM - foi acertada.

"A Intelig tem um nome forte. Tem força no mercado corporativo. A TIM tem a sua força na mobilidade. Integrar TIM/Intelig significa combinar fixo e móvel atendendo a demanda do cliente. Não queremos soluções de prateleira. Ideia é customizar as ofertas e para isso vamos usar a nuvem, redes Wi-Fi e toda a infraestrutura que for necessária", detalha Marquez.

O primeiro produto dessa nova fase foi batizado de "TIM Intelligence". Segundo o diretor de Marketing, a proposta de adotar a marca inteligência está, sim, ligada à oferta customizada nos serviços de dados e telefonia.

O desafio, assume, Marquez, é passar essa integração para o gestor de Tecnologia das corporações. "Estamos mandando um recado para os CIOs. Confiem em nós. Chegamos para ofertar algo diferenciado, customizado e sob demanda", completa o executivo.


Oi expande Projeto Linhão e leva fibra óptica à região Norte

Iniciativa prevê a construção de 2400 kms de fibra em quatro estados. Investimentos, até agora, são de R$ 32 milhões.

TIM fecha PPP com Copel para massificar uso de small cells no Paraná

Tele negocia um megacordo de compra das pequenas antenas com os seus fornecedores -Ericsson, Huawei e Nokia. A transação foi definida, por Marco di Constanzo, diretor da TIM Brasil, como um 'negócio de bilhões de reais'. No Paraná, as primeiras 100 small cells serão instaladas em poucas semanas.

Brasileiro prefere acessar Wi-Fi público sem registro de login e senha

Pesquisa revela que 55% dos 23 mil pesquisados nunca ou só às vezes desligam seus transmissores de Wi-Fi e ainda permitem que se conectem automaticamente nas redes públicas.

Oi dá o último passo para concretizar venda dos ativos da PT à Altice

Acionistas da PT Portugal autorizaram a transferência de uma dívida de 400 milhões de euros para uma subsidiária da operadora brasileira.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G