Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

TIM/Intelig aquecem a disputa pelo mercado corporativo

:: Ana Paula Lobo
:: Convergência Digital :: 12/04/2012

Passado o processo de integração dos negócios e de operações, TIM/Intelig partem para brigar com as rivais - Telefônica/Vivo, Oi e Embratel/Claro/Net - apostando em soluções customizadas. Serviços no modelo de computação na nuvem estão entre as prioridades. Alvo são as médias e grandes empresas.

"Somos entrantes no mercado empresarial e vamos provocar uma mudança no modelo de prestação de serviços", sustenta Rafael Marquez, diretor de Marketing da TIM/Intelig. Em entrevista ao Convergência Digital, o executivo garante que a decisão de manter a marca Intelig - e não incorpora-la ao portfólio da TIM - foi acertada.

"A Intelig tem um nome forte. Tem força no mercado corporativo. A TIM tem a sua força na mobilidade. Integrar TIM/Intelig significa combinar fixo e móvel atendendo a demanda do cliente. Não queremos soluções de prateleira. Ideia é customizar as ofertas e para isso vamos usar a nuvem, redes Wi-Fi e toda a infraestrutura que for necessária", detalha Marquez.

O primeiro produto dessa nova fase foi batizado de "TIM Intelligence". Segundo o diretor de Marketing, a proposta de adotar a marca inteligência está, sim, ligada à oferta customizada nos serviços de dados e telefonia.

O desafio, assume, Marquez, é passar essa integração para o gestor de Tecnologia das corporações. "Estamos mandando um recado para os CIOs. Confiem em nós. Chegamos para ofertar algo diferenciado, customizado e sob demanda", completa o executivo.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 26/02/2015 16:37
Brecha legal ajuda Anatel manter frequência da Tim e da Oi por 15 anos

:: 24/02/2015 16:42
TIM investe em plano para PMEs

:: 23/02/2015 17:31
Corte de Internet leva Ministério da Justiça notificar Vivo, Claro, Tim e Oi

:: 20/02/2015 18:07
Telecom Italia investirá R$ 14 bi no Brasil até 2017

:: 20/02/2015 11:54
Tim amplia corte de dados ao fim da franquia

:: 13/02/2015 12:11
TIM monta plano para enfrentar crise energética, mas não descarta falhas

:: 13/02/2015 11:31
TIM já testa uso da faixa de 1,8 GHz para a oferta 4G

:: 13/02/2015 10:22
TIM aumenta lucro em 2014, mas sente o impacto da queda da V-UM e do SMS

:: 30/01/2015 10:37
Berzoini mergulha no processo de consolidação do setor de Telecom

:: 21/01/2015 16:45
Blah da TIM chega a 1 milhão de downloads e tele libera chat




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
TV paga: PGR diz que regras do SeAC são constitucionais

PRÓXIMA
Telefônica/Vivo integra operações de TI em data center de R$ 400 milhões



VII Seminário TelComp 2014 - Cobertura especial do Convergência Digital
Banco Mundial: Empresas brasileiras estão atrasadas no uso das TICs

Instituição está fazendo um estudo global para avaliar o impacto da economia digital, que será conhecido no 2º semestre de 2015. Mas já dados coletados. Entre eles, um significativo: As mulheres são as grandes beneficiadas pelo maior uso das TICs
CDTV Banda larga: Teles erram e Anatel fala em controle de danos
CDTV TelComp: Precisamos criar uma nova GVT no Brasil
Clique aqui e veja a cobertura completa do evento


Consumidor paga menos por serviços de comunicação

Os preços dos serviços de comunicação, entre eles telefonia, internet e TV por assinatura, pesaram menos na inflação e apresentaram redução em 2014. A tendência é de queda durante 2015.


Telecom Italia investirá R$ 14 bi no Brasil até 2017

Entre as principais metas estão: elevar para em 370 mil novos clientes até o fim de 2017, alcançando 500 mil usuários; o core da rede atingir 1.137 cidades que concentram mais de 70% do tráfego de dados da operadora e aumentar o número de antenas 4G, de 3,7 mil em 2014 para mais de 15 mil até o fim de 2017, além de os sites 3G ampliarem de 10,4 mil para mais de 14 mil.


TIM monta plano para enfrentar crise energética, mas não descarta falhas

O presidente da operadora, Rodrigo Abreu, disse que nos sites principais já houve um reforço de geradores e há também uma política de aumentar a validade das baterias nos sites remotos. Operadora reforça o uso do big data para expansão dos sites.


Anatel vai mudar regulamento de interconexão

Superintendência de Competição da Anatel tem um grupo debruçado sobre a revisão do regulamento geral de interconexão, tendo como foco o combate a fraudes e a redução de obrigações que prejudicam pequenas operadoras ou negócios de nicho, como as MVNOs.




Preço não é fator decisivo para usuário de smartphone

Análise de site especializado em comparação de preços mostra que a decisão  estará focada nas inovações apresentadas pelos novos modelos, sobretudo entre Apple e Samsung

» Corte de Internet leva Ministério da Justiça notificar Vivo, Claro, Tim e Oi


Automação inteligente - reduzindo a complexidade e os custos da rede
:: Por Nelson Wang*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!