Cloud ComputingConvergência Digital
Siemens Enterprise e Go2neXt se unem por colaboração na nuvem

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Fabio Barros :: 10/04/2012

A Siemens Enterprise Communications e a Go2neXt, anunciaram nesta terça-feira, 10, a conclusão de uma parceria estratégica. A combinação da tecnologia Siemens Enterprise Communications com os serviços de “cloud angel” da Go2neXt levarão para o mercado uma solução de colaboração em nuvem. A parceria conta ainda com os serviços de telecomunicações da TESA para ofertas para condomínios empresariais.

Há pelo menos quatro anos, a Siemens Enterprise Communications, que desenvolveu o sistema OpenScape de comunicações unificadas, trabalha com o modelo CaaS (comunicação como serviço) oferecendo colaboração em nuvem. “Anunciamos recentemente na CeBIT a nova versão do OpenScape UC Server que eleva a escalabilidade a 500 mil usuários em um único sistema, além de oferecer novas facilidades de integração. Nossa arquitetura aberta permite o uso de qualquer dispositivo móvel, além da integração a sistemas ERPs e CRMs e redes sociais” explica José Furst, vice-presidente de marketing e soluções da Siemens Enterprise Communications para a América Latina.

O lançamento de novos modelos de negócios em parceria com integradores de soluções na nuvem marca o início de uma nova fase para a oferta de CaaS da Siemens Enterprise Communications no Brasil. “Com a parceira com a Go2neXt estamos inaugurando uma nova fase em nossa estratégia de cloud. Estamos seguros que a nossa tecnologia OpenScape encaixa-se perfeitamente na solução completa de computação em nuvem oferecida pela Go2neXt. Acreditamos que essa oferta integrada é o modelo que irá prevalecer no futuro pois é assim que os clientes preferem comprar soluções em tecnologia”, completa Furst.

Ainda sobre a nova fase, o executivo lembrou que ela marca o início de parcerias com provedores de produtos e serviços em nuvem. “A Siemens tem parcerias com distribuidores e revendas e agora inauguramos a fase de parcerias em nuvem”, disse. Furst lembrou que não há exclusividade na parceria anunciada, mas que também não há muitos parceiros no mercado com as características da Go2NeXt.

A Go2neXt, por seu lado, será a consultoria responsável por customizar, implementar, desenhar e gerenciar a solução de CaaS, além de disseminar cultura. “Há um alinhamento de visão entre a Go2neXt e a Siemens Enterprise Communications”, diz Paulo Pichini, CEO da Go2neXt. “Os dois times veem a oferta de uma solução completa de computação em nuvem como algo que alavanca os processos e os negócios das empresas usuárias, e não como mera substituição do ambiente de voz tradicional e da infraestrutura de ICT”. 

Segundo Pichini, o objetivo final das ofertas lançadas pela Siemens Enterprise Communications e pela Go2neXt é promover o aumento da eficiência e da produtividade dos usuários. “Trata-se de uma visão totalmente baseada em colaboração, computação em nuvem e consumerização da TI. Vamos criar um ambiente em que o usuário conseguirá, independentemente de sua posição geográfica ou do tipo de dispositivo de acesso que utiliza, ter acesso pleno e seguro às aplicações missão crítica da empresa”, diz Pichini.

Pichini e Furst ressaltam que a parceria chega ao mercado já com um case em andamento, com a TESA Telecom, que oferecerá as soluções de comunicação para condomínios comerciais. “A partir de agora, estamos integrando a tecnologia e os serviços providos pela Siemens Enterprise Communications e pela Go2neXt ao sistema TESA Cloud Building”, afirma Roberto Miranda, presidente da companhia.

O objetivo é agregar produtos e serviços de telecom ainda na fase de construção dos empreendimentos comerciais. Com isso, as construtoras passam a oferecer ao mercado espaços prontos para serem ocupados. Neste quadro, a infraestrutura de telecomunicações é vista como uma ferramenta colaborativa para o desenvolvimento das empresas que ocupam o condomínio. “Implantado em dezenas de prédios de São Paulo, o produto TESA Cloud Building agregava, até agora, todos os serviços relacionados à telefonia fixa, IP, 0800 IP, ramal virtual, softphone, collocation e completo acesso à internet, entre outros”, detalha Miranda.

Isso era feito da forma tradicional, on-premise. “Ao contratar os serviços da parceria Siemens Enterprise Communications/Go2neXt, nosso objetivo é otimizar o data center e a infraestrutura de telecom que já possuímos, ganhando velocidade e escalabilidade na oferta de serviços de comunicação e colaboração para as empresas que ocuparem os edifícios automatizados por nós”, conclui.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 20/09/2014 12:33
Pesquisadores lançam guia para certificação Cloud da CompTIA

:: 17/09/2014 17:10
Datacenter: Ato declaratório da Receita é abusivo, diz especialista

:: 08/09/2014 14:55
PMEs levam segurança para a nuvem

:: 03/09/2014 09:27
Microsoft desacata Justiça e não entrega dados de cliente

:: 27/08/2014 19:00
Dias contados para a nuvem pública no Brasil?

:: 13/08/2014 17:13
Aplicativo usa nuvem para gestão de histórico médico

:: 11/08/2014 10:22
Nuvem substitui tradicionais tokens

:: 21/05/2014 10:30
Armazenamento é a aplicação mais procurada na nuvem brasileira

:: 28/10/2013 11:43
Para EMC, computação em nuvem revigora o papel da TI

:: 21/10/2013 20:22
Para deter os EUA, Brasil e Europa negociam regras comuns para computação em nuvem

Soluções de TI Simples
Aplicações ruins causam prejuízo ao bolso e à imagem

Pesquisa mostra que 63% das corporações já tiveram danos, como perda de clientes e de negócios, por conta da performance abaixo da expectativa da suas aplicações.

» Preparado para morar numa casa inteligente?
» Seu celular foi roubado. Sua empresa já foi comunicada?

Opinião
TI como um centro de lucro
:: Por David Merrill

VídeosMais vídeos



Destaques

Computação em nuvem: Brasil representa apenas 1,4% do tráfego mundial de dados

País também segue como o mais caro para a instalação de data center na América Latina.


Prefeituras começam a usar serviços da nuvem do Serpro

As 80 prefeituras que fazem parte do projeto Cidades Digitais vão ter acesso a apps gratuitos.


Datacenters nacionais comemoram tributação extra de importados

Empresas dizem que medida favorecerá investimentos no país.

» Datacenters: serviços podem subir 50% e cobrança retroativa vira 'pesadelo'
» Cobrança da CIDE dos datacenters abre espaço para disputa judicial

Big Data terá investimento de R$ 853 milhões no Brasil

Os datacenters responderão por 20% das compras de servidores em 2014.


Brasil: só 8% das empresas assumem usar cloud

Pesquisa mostra também que o bom e velho telefone supera as redes sociais no relacionamento cliente/fornecedor.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.