Cloud ComputingConvergência Digital
HP anuncia estratégia de nuvem convergente

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Da redação :: 10/04/2012

A HP anunciou nesta terça-feira, 10, a solução HP Converged Cloud, primeira estratégia e portfólio da companhia com base em uma arquitetura que permite aos clientes criar, gerenciar e proteger ambientes híbridos. Essas soluções estendem o poder da nuvem para todo o espectro de infraestrutura, aplicativos e informações.

De acordo com a companhia, a HP Converged Cloud difere de outras ofertas do mercado por ser baseada em uma arquitetura comum que abrange nuvens privadas, gerenciadas e públicas, bem como as soluções de TI tradicionais. Tanto a estratégia quanto o portfólio são baseados em um conjunto de princípios centrados no cliente, como, por exemplo:

- Variedade de escolha por meio de uma abordagem aberta e com base em padrões que oferecem suporte para vários hipervisores, sistemas operacionais, ambientes de desenvolvimento, infraestruturas heterogêneas e um ecossistema de parceiros extensível;
- Confiança por meio de uma oferta de gerenciamento e segurança que abrange as informações, os aplicativos e a infraestrutura;
- Consistência por meio de uma arquitetura comum e única.

A HP Converged Cloud tem como base a Infraestrutura Convergente da HP, as soluções de software HP Converged Management and Security, ofertas de inteligência HP Converged Information e tecnologias baseadas em código aberto como OpenStack.

“A convergência da computação em nuvem e da conectividade móvel está mudando a forma como as infraestruturas são construídas, os aplicativos são desenvolvidos e as informações são disponibilizadas”, afirma Bill Veghte, diretor executivo de estratégia e vice-presidente executivo de software da HP. “A HP Converged Cloud permite que as empresas incorporem uma combinação de serviços de nuvem pública, privada e gerenciada aos seus ambientes de TI existentes, de forma a criar um ambiente híbrido fluido que se adapta rapidamente às mudanças em seus requisitos”.

As ofertas anunciadas nesta terça-feira, incluem:

• HP Cloud Services - Com uma versão beta pública disponível a partir de 10 de maio, o HP Cloud Services lançará sua primeira oferta de infraestrutura pública como um serviço (IaaS), fornecendo instâncias de computação ou máquinas virtuais sob demanda, capacidade de armazenamento on-line expansível e um fornecimento acelerado de conteúdo em cache aos usuários finais. A versão beta e privada contará com um serviço de banco de dados para o MySQL e um serviço de armazenamento em blocos que dará suporte à movimentação de dados de uma instância de computação a outra.

• HP VCloud Maps - solução aberta e integrada para criação de nuvens — fornecendo modelos pré-empacotados que criam um catálogo de serviços de aplicativos prontos para uma implementação instantânea. O tempo de criação de novos serviços de nuvem para aplicativos corporativos pode cair de meses para minutos.

• HP Service Virtualization 2.0 - oferta de software que permite aos clientes testar a qualidade e o desempenho de aplicativos móveis ou em nuvem sem interromper os sistemas de produção. Isso é obtido pela disponibilização de acesso a serviços restritos em um ambiente virtualizado de simulação.

• Virtual Application Networks – a solução acelera a implementação de aplicativos, automatiza o gerenciamento e garante os níveis de serviço da rede (SLAs) ao fornecer aplicativos virtualizados e em nuvem por meio da arquitetura FlexNetwork.

• HP Virtual Network Protection / HP Network Cloud Optimization – o primeiro tira proveito de práticas recomendadas para definir a linha de segurança na camada de gerenciamento da virtualização da rede para eliminar ameaças comuns. O segundo ajuda os clientes a melhorar suas redes de forma a aprimorar o fornecimento de serviços baseados em nuvem em até 93%, em comparação com as técnicas tradicionais de download.

• Enterprise Cloud - com ofertas para nuvens privadas, serviços de continuidade e comunicações unificadas.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 07/07/2014 13:43
Endereço dos dados será irrelevante

:: 01/07/2014 16:42
Brasil ainda tem muito espaço para novos data centers

:: 01/07/2014 09:35
Guerra de 'titãs' baixa os preços de SaaS. Software brilha em compras de TI

:: 26/06/2014 12:33
Procuram-se arquitetos de dados no Brasil

:: 28/05/2014 10:13
Globalweb investe em centros de treinamento

:: 21/05/2014 10:30
Armazenamento é a aplicação mais procurada na nuvem brasileira

:: 12/05/2014 10:03
Big data dá fôlego ao IaaS

:: 28/04/2014 15:13
Justiça ordena que provedores repassem dados ao governo dos EUA

:: 09/04/2014 16:05
Brasil responderá por 3% do volume de dados mundial em 2014

:: 24/03/2014 12:10
Quando os dados em excesso viram um problema real

Soluções de TI Simples
CSO: pronto para assumir a culpa nas violações da segurança

Empresas e governos buscam um profissional para assumir a gestão dos sistemas de dados. O cargo não é para fracos. Exige habilidade e 'jogo de cintura' diante da rotina de trabalho.

» Fui invadido. Minha marca está arranhada. Como reagir?
» Não deixe a TI causar um estrago incalculável
» Mídias sociais e cloud: quando o dano se alastra em tempo real

Opinião
Big Data e indústria: é hora de entender e aprender a usar
:: Por Camilo Rubim*

VídeosMais vídeos



Destaques

Para EMC Brasil, teles e bancos puxam a adoção do big data

O presidente da empresa, Carlos Cunha, diz que o mercado nacional amadureceu para o uso de serviços de computação na nuvem, mas precisa de apoio para implementar essas soluções. O desafio, agora, é formar os cientistas de dados.


Na guerra da nuvem, Microsoft ativa data center brasileiro

Unidade é a primeira da empresa na América Latina e está localizada em São Paulo. O centro de dados servirá para consolidar os negócios de IaaS da empresa no país e servirá ainda para atender clientes dos países da região.


Banco do Brasil admite que big data desafia a área de TI

Vice-presidente de tecnologia do Banco do Brasil, Geraldo Afonso Dezena da Silva, diz que o banco está usando o big data para entender o comportamento do seu correntista. Já sobre computação em nuvem, o banco é conservador: a nuvem privada é a escolha.


Big data: qual é a linha entre ser ou não ser ético?

Como fazer quando as empresas começam a saber mais de nós do que nós mesmos?


Falta conhecimento para extrair valor do big data

Questão é o desafio número 1 para boa parte dos gestores de TI no país.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.