Home - Convergência Digital

De olho em LTE no 450 MHz, Anatel deve adiar início da cobertura

Convergência Digital - Carreira
:: Luís Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz - 09/04/2012

Na próxima quinta-feira, 12/4, a Anatel pretende aprovar o texto definitivo do edital das faixas de 450 MHz e 25 GHz, a ser realizado antes do fim de maio. E embora a essência da proposta enviada à consulta pública permaneça, alguns prazos para o cumprimento de obrigações serão ampliados, além de da previsão de operações regionais com as frequências.

“As metas com certeza existirão. O que estamos avaliando é algum nível de flexibilização. As Copas, das Confederações e do Mundo, têm data para acontecer, então os prazos das cidades-sedes têm que ser mantidos. Mas cabem ajustes, inclusive nas obrigações das áreas rurais”, explica o relator do edital, Marcelo Bechara.

Uma das possibilidades é a definição de um degrau intermediário nas metas relacionadas à 4G. Por enquanto, até o fim de 2015 as cidades com mais de 100 mil habitantes devem estar cobertas, mas essa etapa deve ser adiada com a inclusão, antes, da cobertura em cidades com mais de 200 mil habitantes.

Esse degrau intermediário já foi objeto de discussões mesmo com outros conselheiros, mas o relator quer modificar, ainda, alguns prazos relativos às obrigações da área rural, atreladas, portanto, à faixa de 450 MHz. “Hoje só temos 450 MHz em CDMA, mas com o desenvolvimento do CPqD, ela vai ser otimizada”, diz o relator.

A ideia, assim, é sinalizar ao mercado um tempo um pouco maior para o início das implantações, de sorte que até lá mature o protótipo que o CPqD desenvolve para o uso de equipamentos de quarta geração – LTE – na faixa de 450 MHz, o que garantiria velocidades muito mais altas das que estão sendo obtidas hoje nos testes na frequência.

Há limites para isso, no entanto. O Decreto presidencial com as metas de universalização (7512/2011), fixa para dezembro de 2015 o prazo para que o acesso individual esteja acessível na área rural a até 30 km das sedes municipais. Ou seja, nessa data todos os clientes da região mencionada deverão ver atendidos seus pedidos de instalação de linhas.

Saiba mais sobre como a Anatel vislumbra o 4G no 450MHz, na entrevista concedida pelo conselheiro Marcelo Bechara à CDTV, do Convergência Digital.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

12/03/2015
Com crescimento acima de dois dígitos, 4G supera o 3G no mundo

11/03/2015
TIM amplia 4G em 1.8GHz

09/03/2015
4G: quase 1 milhão de novas adições em janeiro

03/03/2015
Investimentos em 4G vão superar os US$ 193 bilhões na América Latina

24/02/2015
Brasil somou 6,8 milhões de acessos 4G em 2014, calculam operadoras

13/02/2015
TIM já testa uso da faixa de 1,8 GHz para a oferta 4G

06/02/2015
Compartilhamento: Oi e TIM perdem e Anatel mantém cobrança dupla de tributo

04/02/2015
Dados móveis: 10% dos assinantes consomem 80% do tráfego 3G e 4G

30/01/2015
4G cresceu 416,55% em 2014 e chegou a 6,76 milhões de linhas ativas no Brasil

22/01/2015
Anatel aprova e Claro e Vivo ampliam compartilhamento de rede

Destaques
Destaques

Investimentos em 4G vão superar os US$ 193 bilhões na América Latina

Aportes serão feitos nos próximos cinco anos e as infraestruturas devem cobrir mais de três quartos da população da região em 2020. Mas as operadoras terão de enfrentar um crescimento de receita praticamente estagnado no período. "O crescimento de dois dígitos já passou", sustentou o diretor para a América Latina da GSMA, Sebastian Cabello.

Corte de Internet leva Ministério da Justiça notificar Vivo, Claro, Tim e Oi

Segundo nota, objetivo é “verificar se todos os direitos e garantias dos consumidores afetados estão sendo respeitados”.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet das Coisas, Wearables e Big Data vão revolucionar a Saúde

:: Por Eduardo Prado *


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site