NEGÓCIOS

Mercado corporativo responde por 48,4% dos gastos com TI na América Latina

Da redação ... 05/04/2012 ... Convergência Digital

De acordo com dados do Gartner, a América Latina irá gastar US$ 326 bilhões com tecnologia da Informação em 2012, sendo que US$ 157,7 bilhões serão oriundos dos negócios empresariais. Já o mercado de bens de consumo gerará US$ 168 bilhões em receita no ano. Computação na nuvem e mobilidade estão na lista de prioridade dos gastos. Os países emergentes, assegura ainda a consultoria, vão gastar US$ 1,22 trilhão com TI este ano.

Segundo ainda a consultoria, América Latina, Ásia/Pacífico [excluindo Japão, Austrália, Nova Zelândia, Cingapura, Coreia do Sul, Hong Kong e Taiwan], Oriente Médio e África [com exceção de Israel), e Europa Central e Oriental, seguem demonstrando força positiva na adoção de TI, apesar da desaceleração econômica e um elevado grau de incerteza financeira. Essas regiões serão responsáveis por 31% dos gastos mundiais com TI.

"Brasil, Rússia, Índia, México e China continuam a direcionar dinheiro em tecnologia da informação, concentrando mais da metade do investimento dos mercados emergentes neste ano”, afirma Luis Anavitarte, vice-presidente de pesquisa e chefe de pesquisa de mercados emergentes do Gartner. Segundo ele, 17% dos gastos serão gerados por esses países, movimentando US$ 658 milhões.


Cobertura Especial CIAB FEBRABAN 2015

Apple Watch é a bola da vez do Bradesco na inovação digital

Instituição financeira quer ampliar o ecossistema de canais adotando o máximo possível de ferramentas demandadas pelo cliente.

Crise não afeta os investimentos da Dell no Brasil

Luis Gonçalves, presidente da fabricante no país, reforça a aposta em software e serviços. E determina: a Internet das Coisas chegou para mudar o DNA do setor.


Veja mais da cobertura especial do CIAB FEBRABAN 2015

Crise não afeta os investimentos da Dell no Brasil

Luis Gonçalves, presidente da fabricante no país, reforça a aposta em software e serviços. E determina: a Internet das Coisas chegou para mudar o DNA do setor.

Software protagoniza a nova era dos data centers

No futuro, os data centers serão totalmente diferentes do que temos hoje, com novos modelos operacionais. “Software está dominando. SDN é o que está mais desenvolvido”, afirmou Henrique Cecci, do Gartner, durante o CIAB.

Governo dos EUA autoriza a venda de dados pessoais de 117 milhões de clientes de empresa falida

Comissão Federal do Comércio sugere alguns condicionantes, mas não impede a comercialização dos dados pela falida Radio Shack.

Prysmian e CPqD investem R$ 3,5 milhões para ter microcabo 100% nacional

Desenvolvimento deverá levar 18 meses, e segundo as empresas, não se trata de uma 'tropicalização ou copy paste' de produto.

ERP Brasil: TOTVs lidera, mas enfrenta disputa dura com SAP e Oracle

Pesquisa da FGV mostra que as empresas de menor porte têm larga preferência por pacotes de gestão empresarial nacionais, com a TOTVs à frente. Mas nas grandes companhias, a TOTVs perde vez para as multinacionais e disputa com a Oracle a segunda posição. Nesse segmento, a SAP lidera com folga.