Home - Convergência Digital

Sensedia chega à maioridade

Convergência Digital - Carreira
:: Fabio Barros - 05/04/2012

A Sensedia, empresa especializada em soluções de governança em SOA (arquitetura orientada a serviços), acaba de atingir a maioridade. Fundada em 2006 como uma spin-off da Ci&T, que foi dirigida até aqui por um executivo da empresa mãe, agora terá Kleber Bacili, um de seus criadores, como CEO.

No lugar de Kleber, que até então era o CTO da empresa, assume o cargo Marcílio Oliveira. De acordo com Bacili, a mudança na direção da companhia marca o amadurecimento do time executivo e o início de um novo ciclo de inovação.

“Até aqui vínhamos atuando com duas áreas bem separadas: produtos e consultoria. Estamos alinhando estas duas áreas para criar soluções convergentes”, explica Bacili. E não é só. Junto com o alinhamento, a Sensedia está anunciando também a criação de um escritório de inovação.

“Já tínhamos uma área de inovação, mas ela era interna, como foco muito grande em tecnologia. Agora teremos também agentes de inovação dentro dos times de consultoria, agindo dentro dos clientes”, explica Marcílio Oliveira. A mudança, segundo o executivo, vai permitir a criação de soluções focadas em necessidades específicas dos clientes.

Esta nova estrutura terá nove profissionais e deve gerar, até o final deste ano, o que os executivos chamam de três ciclos de inovação. “Devemos ter ao menos duas novas ofertas de produtos até o final do ano”, diz Oliveira, lembrando que a companhia estabeleceu como meta o investimento de 10% de seu faturamento – não revelado – em inovação.

Essa movimentação tem um objetivo claro: manter as médias de crescimento da companhia. Bacili afirma que a Sensedia cresceu 53% em 2011, e que a meta para 2012 é atingir 70% de crescimento. Boa parte deste crescimento veio da conquista de novos clientes como Telefônica, Amil, Serasa Experian, EBX, banco Itaú BBA e TIM.

Segundo Bacili, a ascensão de Cloud e de software como serviços (SaaS) favoreceram o cenário positivo para a empresa. “O fato de a Sensedia ser especialista em Governança SOA tem sustentado esse crescimento, pois o expertise acumulado é raro de ser encontrado no mercado. Cada vez mais, as empresas estão percebendo que orientar sua arquitetura de TI baseada em serviços não é uma tendência, mas sim uma necessidade”, explica.

Ele lembra que os principais conceitos de Cloud Computing, como SaaS, IaaS e PaaS, demandam de uma estrutura baseada em serviços e, com isso, trazem a tona o assunto de SOA.

Ainda no final de 2011, a empresa anunciou sua nova base operacional na cidade do Rio de Janeiro – que tem como objetivo estratégico se aproximar dos clientes da região. Para 2012, a Sensedia pretende fechar o ano com um crescimento de 29% em sua equipe. Hoje, a empresa, que tem matriz em Campinas/SP, no Polis de Tecnologia, tem bases em São Paulo, Rio de Janeiro e Estados Unidos (Filadélfia).

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

Veja mais artigos
Veja mais artigos

De builder a broker, como será a evolução do papel do CIO nas empresas

:: Por Wagner Tadeu*

Destaques
Destaques

Geração Z exige um novo olhar no trabalho

Com idade entre 16 e 20 anos, esse jovem entra no mercado e impõe novos valores às empresas.

TI puxa alta de salários no Brasil

Os administradores de Banco e Dados (DBA) são os profissionais com melhor remuneração.

Falta treinamento para combater o cibercrime no Brasil

Corporações nacionais não têm política de treinamento e são poucas com planos de criar algo do tipo nos próximos 12 meses.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2014 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site