GOVERNO » Compras Governamentais

Governo descarta litígios por mecanismo de compras governamentais

Luís Osvaldo Grossmann ... 04/04/2012 ... Convergência Digital

Por não ser signatário do acordo da Organização Mundial do Comércio sobre compras públicas, o governo brasileiro não vê dificuldades na aplicação das regras que permitem aquisições nativas por valores até 25% superiores às importadas.

“Esse é um mecanismo adotado por muitos países. Os Estados Unidos fazem isso desde 1933, país que, como nós, não é signatário do acordo na OMC”, afirmou o secretario executivo do Ministério do Desenvolvimento, Alessandro Teixeira.

O mecanismo faz parte da Lei 12.349/2010, que estabelece parâmetros para a preferência a produtos ou serviços nacionais – entre eles, o mecanismo que autoriza o Estado a aceitar valores mais altos em licitações.

Pela Lei, esse valor a maior pode chegar a 25% - ou seja, um fornecedor nacional com preço até 25% acima do concorrente importado pode ser o vencedor de uma licitação. Os percentuais, no entanto, são definidos caso a caso.

Até aqui, o governo tinha regulamentado as compras públicas de calçados, têxteis e confecções, cuja margem de preço quando produzidos no país pode ser até 8% superior ao de concorrentes. A lista, agora, cresceu.

Medicamentos nacionais que utilizem insumos nacionais ou importados, a margem será de 20%. No caso de remédios em desenvolvimento ou que estejam em condição de ser produzidos imediatamente, a margem é de 8%.

Além desses, retroescavadeiras e motoniveladoras também tiveram suas margens de preferência fixadas como novo capítulo do Plano Brasil Maior, em 10% e 8%, respectivamente.

Telecom

O governo tem R$ 3,9 milhões em dotações orçamentárias para a compra desses itens nos próximos dois anos. E as preferencias devem ser ampliadas ainda em 2012. “Outros setores deverão ser incluídos ainda este ano”, disse Teixeira.

No caso específico de telecomunicações, os estudos ainda estão sendo realizados. “Estamos fazendo um estudo com base em um caso concreto, mas ainda falta demonstrar a viabilidade do preço em telecom”, explica o diretor de indústria, ciência e tecnologia do Minicom, José Gontijo.


ESPECIAL » ESPIONAGEM DIGITAL
Espionagem: EUA negam pedido de perdão para Edward Snowden

Documento assinado por mais de 167 mil pessoas foi rejeitado pelo governo Obama. Snowden, que denunciou a espionagem a autoridades, entre elas, a presidente Dilma Rousseff, se voltar ao país poderá ser condenado a 30 anos de prisão.


Clique aqui para ver a cobertura completa

Reoneração da folha: Empresas tentam 3%. Senado adia votação

ATUALIZADO - Representantes de 44 entidades empresariais, entre elas as que representam o setor de TIC, levaram uma proposta final onde aceitam o reajuste de 50% na alíquota paga ao governo. Não houve acordo. Partes ganham mais 24 horas para negociação.

Adesão de órgãos públicos à transição para IPv6 ainda é baixa

Primeiro relatório semestral de implantação do novo protocolo internet na administração federal mostra que apenas um em cada quatro órgãos apresentou progressos – e somente a metade desses cumpriu parte das metas.

Reoneração da folha: Empresas de software tentam alíquota de 3%

Durante a ABES Software Conference 2015, advogado da entidade admitiu que há negociações para tentar alterar a alíquota para o setor de TI. E que há vantagens e desvantagens nessa nova alternativa. Governo quer passar de 2% para 4,5%.

Governo quer compartilhar base da nova identidade com iniciativa privada

Ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Afif Domingos, pediu tramitação rápida ao projeto e disse que o primeiro interessado é o sistema financeiro. Mas emendas ao PL 1775/15 proíbem essa ideia.

Dados Pessoais: O Brasil precisa de uma nova agência reguladora?

Para o professor da  USP, Gustavo Artese, é necessário ter um órgão, sim, que fiscalize a privacidade das informações. O Ministério da Justiça chegou a discutir essa possibilidade, mas a criação desse órgão ficou fora do anteprojeto que foi à consulta pública.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G