Cloud ComputingConvergência Digital
Armazenamento de dados crescerá 800% em cinco anos

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Ana Paula Lobo :: 03/04/2012

O 'big data', com o consumo cada vez maior de conteúdo, em especial, em função da troca de informações por meio das redes sociais, é um dos pilares do crescimento do armazenamento de dados - que deverá, de acordo com o Gartner, ter um impulso de 800% nos próximos cinco anos.

Um bom exemplo de como as redes sociais impactam a área de dados é o do Facebook. A rede social a cada minuto sobe cerca de 700 mil fotos, revelou, o vice-presidente administrativo do Gartner, Ray Paquet, que nesta terça-feira, 03/04, participou da Conferência Data Center, realizada na capital paulista.

Segundo ele, essa busca cada vez maior de informações provoca mudanças no mercado de data center, em alta crescente no Brasil, mas com problemas a serem superados. Um dos gargalos, apura Henrique Cecci, diretor de pesquisas de data center do Gartner, é a refrigeração dos equipamentos, esponsável por mais de 50% do consumo de energia.

"Os custos desse serviço aqui no Brasil ainda são mais elevados, crescem de 15% a 20% ao ano", diz. E, infelizmente, a eficiência do uso não é das melhores. "Os profissionais de TI não estavam acostumados a lidar com o fornecimento elétrico", acrescenta.

Ainda sobre consumo de dados, os profissionais de TI precisam lidar com a consumerização - uso pessoal dos dispositivos móveis no ambiente de trabalho. Para Paquet, reforçar a segurança é crucial.

"É importante ter segurança, como senhas de proteção e acesso remoto aos dados para bloqueio e eliminação em caso de perdas", mas salienta que o CIO precisa mudar seu ponto de vista e flexibilizar a gestão desses dispositivos. "O mundo mudou, a TI mudou. O gerenciamento é mais complexo, mas não impossível", completa.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 15/04/2014 12:15
Brasil supera a fase do e-mail e leva mais aplicações para a nuvem

:: 14/04/2014 17:40
Na Europa, carros elétricos usam a nuvem

:: 09/04/2014 16:05
Brasil responderá por 3% do volume de dados mundial em 2014

:: 04/04/2014 14:45
EMC reforça aposta em proteção de dados como serviço

:: 01/04/2014 15:36
Telefónica investe em open source na nuvem

:: 24/03/2014 12:10
Quando os dados em excesso viram um problema real

:: 20/03/2014 18:00
Os seus dados estão subaproveitados?

:: 18/03/2014 19:10
Contact centers: em busca de uma estratégia para a nuvem

:: 14/03/2014 17:00
2014: começa a era do compartilhamento das nuvens?

:: 12/03/2014 16:25
Hora de replicar modelo Amazon, Google e Facebook

Opinião
Cloud Computing: desafio das teles está no serviço
:: Por Nelson Campelo*

Oferecer soluções de colaboração, voz e vídeo na nuvem estão muito perto do negocio-fim das operadoras. A dúvida é saber se as teles vão driblar as barreiras naturais para atender, de forma satisfatória, os seus clientes.



VídeosMais vídeos



Destaques

Big data e mobilidade impõem datacenters inteligentes

O datacenter do futuro estará focado não na carga, mas, sim, no fluxo de trabalho. A importância da localização também se reduzirá, dando lugar a o que estará sendo feito.


Energia trava crescimento de datacenters no Brasil

Diretor do Gartner, Henrique Cecci, fala ainda sobre a obrigatoriedade dos dados no Brasil -ponto retirado do Marco Civil. "Isso era uma bobagem que custaria às empresas".


CFOs se rendem à nuvem

Boa parte dos gestores financeiros admite que os serviços de cloud, aliados à mobilidade e às redes sociais, exigem mudanças no ambiente de trabalho.


No Brasil, PMEs são o motor econômico dos serviços na nuvem

Estudo da Frost&Sullivan diz que o mercado de computação em nuvem gerou US$328,3 milhões no ano passado e chegará, em 2017, a R$ 1,1 bilhão.


Internet das Coisas: o desafio da privacidade

Com projeção de receita em US$ 300 bilhões até 2020, o novo negócio implica mudanças nos data centers.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.