GOVERNO » Política Industrial

Brasscom: Formalização em TI renderá até R$ 600 milhões ainda em 2012

Ana Paula Lobo ... 03/04/2012 ... Convergência Digital
A área de software e TI foi mais uma vez contemplada nas medidas em prol da indústria nacional, anunciadas pelo governo Dilma, nesta terça-feira, 03/04. Para Edmundo Oliveira, diretor de Relações Institucionais da Brasscom, em entrevista ao Convergência Digital, as empresas brasileiras estão 'contaminadas pelos esqueletos trabalhistas' e a redução da alíquota da desoneração da folha de pagamento - de 2,5% para2%, em troca da contribuição do INSS - permitirá uma formalização ainda mais rápida do setor. Expectativa é que 60% das empresas do setor busquem esse caminho ainda em 2012.

"Hoje é muito complexo saber o valor de uma empresa de TI no Brasil porque há legados trabalhistas. Boa parte das empresas paga 25% na CLT e 75% no modelo flex, segundo se apura no mercado. Agora, com a legalização, todo mundo vai pagar seu imposto. Ganha-se transparência e ética", afirma.

Ainda de acordo com o executivo, os números do ministério da Fazenda e da Brasscom são muito próximos com o custo da desoneração - R$ 1.171 bilhão, mas o retorno, diz Oliveira, deve vir muito mais rápido que o esperado. A conta da formalização é simples. Segundo o diretor da Brasscom, caso 60% das empresas de TI formalizem suas atividades, haverá um acréscimo de arrecadação para os cofres públicos entre R$ 500 milhões e R$ 600 milhões. "Isso é dinheiro que o governo não veria se não fizesse a desoneração", afirma.

Indagado sobre a divisão entre entidades do setor - o Sindicato das empresas de informática de São Paulo - recorreu à justiça contra o pagamento da alíquota sobre o faturamento, em troca da contribuição do INSS, Oliveira diz que a posição da entidade foi isolada e foi derrotada na reunião realizada no Ministério da Fazenda. "A proposta do uso da CPMF, como pretendia o Sindicato de São Paulo, foi derrotada. Não há qualquer contestação. A desoneração é um ganho para o setor de TI como um todo", destaca. A desoneração não atinge três áreas de software: distribuidora, revendedor de sofwtare e licenciador.

Hoje, o setor de TI representa cerca de 4% do Produto Interno Bruto nacional e, apesar de não querer colocar a desoneração da folha de pagamento como única medida para ampliar esse percentual - diz que é preciso levar em conta outras ações como o próprio crescimento da demanda do setor - ainda assim Oliveira diz que a Brasscom trabalha que, em 10 anos, TI poderá chegar a 6% do PIB nacional, alcançando assim a média de países mais desenvolvidos.

ESPECIAL » ESPIONAGEM DIGITAL
Apple, Google e mais 140 pedem que Obama rejeite backdoors em smartphones

Carta subscrita por firmas de tecnologia, especialistas em segurança, entidades civis e ex-assessores do governo dos EUA sustenta ser impossível enfraquecer a criptografia apenas para boas intenções. O portal Convergência Digital disponibiliza  a íntegra do documento.


Clique aqui para ver a cobertura completa

Cai MP que destinava R$ 404 milhões para satélite da Telebras

Estatal confia, no entanto, que os recursos previstos no Orçamento de 2015 vão garantir a continuidade do projeto sem atrasos no cronograma.

Inclusão social ampliou demanda de serviços e papel da TI, diz Mazoni

Em discurso otimista, o presidente reconduzido do Serpro, Marcos Mazoni, tentou evitar menções ao aperto fiscal e listou avanços dos últimos oito anos.

Terceirização: Presidente do TST diz que do jeito que está, juízes terão 'muita dor de cabeça'

Antonio José de Barros Levenhagen deixou claro que o projeto aprovado na Câmara possui lacunas e não 'dará segurança jurídica às empresas'.

Berzoini cobra tratamento diferenciado no ajuste fiscal do governo

Diante dos prováveis cortes no Orçamento, ministro das Comunicações tenta garantir, pelo menos, compromissos com satélite e cabo submarino. 

Aberta consulta pública para definir novo padrão para assinaturas digitais

Contribuições podem ser dadas ao ITI - Instituto Nacional de Tecnologia da Informação -até o dia 07 de junho. O padrão utilizado hoje é o PAdES.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G