Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo - Política Industrial

TI e Telecom à espera das medidas do governo Dilma

:: Ana Paula Lobo*
:: Convergência Digital :: 02/04/2012

O governo Dilma Rousseff anuncia nesta terça-feira, 03/04, uma segunda etapa de medidas em prol da indústria, dentro do Plano Brasil Maior, anunciado no ano passado. E TI e Telecom devem ser contemplados com novas ações governamentais. Para TI, especula-se que poderá haver uma redução na alíquota estabelecida para compensar a desoneração da folha de pagamento - 2,5%, a maior entre os quatro setores contemplados, uma vez que a medida será estendida para outras áreas da economia produtiva.

A presidenta e o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, também instalam os 19 conselhos de competitividade definidos no Plano Brasil Maior.Compostos por aproximadamente 600 representantes do governo, dos empresários e dos trabalhadores, os conselhos serão o espaço para a discussão de temas setoriais e a construção de agendas estratégicas. E um desses conselhos é dedicado para TICs/Complexo Eletroeletrônico.

A iniciativa faz parte de uma das principais vertentes de atuação do governo Dilma Rousseff, que é a adoção de políticas públicas em favor do desenvolvimento industrial, a partir de ações para fortalecer a competitividade, acelerar ganhos de produtividade, promover o adensamento produtivo e tecnológico das cadeias de valor, ampliar mercados, criar empregos de melhor qualidade e garantir um crescimento inclusivo e sustentável da indústria nacional.

As reivindicações e propostas do setor privado, que surgirem nos conselhos, serão analisadas pelas Coordenações Sistêmicas, que têm a finalidade de subsidiar o Grupo Executivo na definição de ações transversais do Brasil Maior. O governo também deverá anunciar o repasse de R$ 25 bilhões a R$ 30 bilhões do Tesouro Nacional ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) amanhã, e também reduzir a taxa de juros do Programa de Sustentação do Investimento (PSI).

E nesta segunda-feira, 02/04, ao participar de evento da Cisco, no Rio de Janeiro, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, garantiu que a desoneração para equipamentos de rede - uma promessa feita na metade do ano passado - estará também entre as medidas a serem anunciadas pela Presidenta Dilma Rousseff. Essa desoneração teria um custo estimado de R$ 6 bilhões em cinco anos.

As medidas serão anunciadas em solenidade prevista para às 10 horas desta terça-feira, 03/04, no Palácio do Planalto. A CDTV, do portal Convergência Digital, se prepara para fazer a transmissão, ao vivo, da cerimônia.

*Com agências de notícias

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 12/02/2015 11:05
Banda larga fixa: 57% das cidades brasileiras têm apenas um único fornecedor

:: 10/02/2015 18:40
Internet.org, do Facebook, não consegue brecha no Brasil

:: 10/02/2015 13:53
Berzoini: “Temos que pensar o acesso à Internet como serviço público”

:: 10/02/2015 11:44
Governo promete novo plano de expansão da banda larga

:: 04/02/2015 15:25
Obama faz mudanças cosméticas na espionagem

:: 03/02/2015 13:31
Telebrasil: Até novembro, 59 milhões de novos acessos ativos na banda larga

:: 03/02/2015 11:50
Sem cumprir meta do PNBL, governo promete universalizar Internet

:: 03/02/2015 10:52
Heckert assume a SLTI e Giliate a direção do Datasus

:: 02/02/2015 17:55
Banda larga fixa: Vivo, com GVT, passa a Oi e acirra briga com a rival Telmex

:: 22/01/2015 09:00
Brasil faz piloto para uso do 'white space' para oferta de banda larga




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Governo corta impostos para infraestrutura do PNBL e mantém UCA e desoneração da folha

PRÓXIMA
Semicondutores: Gaúchos e mineiros disputam pólos de tecnologia



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Pós-Snowden, China corta Cisco, Intel e Apple de compras públicas

Marcas de gigantes da tecnologia estão fora da lista do Centro de Provisionamento do Governo Central, que orienta as aquisições de órgãos federais na China. Um terço das marcas estrangeiras desapareceu da relação nos últimos dois anos – e metade daquelas com produtos relacionados à segurança.

» Brasil ainda luta para por em prática medidas contra espionagem
» NSA e aliados têm chaves criptográficas para ouvir celulares em todo o mundo
» Espionagem: Comunicações do governo seguem vulneráveis
Clique aqui para ver a cobertura completa


Tribunal ainda vê resultados da Lei de Informática como "questionáveis"

Mais uma vez o Tribunal de Contas da União afirma que a política pública ignorou mudanças estruturais no mercado global de componentes e, como resultado, nas empresas incentivadas no Brasil “predominam atividades de baixa complexidade e pequeno valor agregado”. “Os resultados da Lei não são animadores”, conclui.


Berzoini: é hora de exorcizar os fantasmas do debate da regulamentação de mídia

A alegoria lembra a proposta original, como feita em 2010 pelo então ministro Franklin Martins, mas as semelhanças param aí. O novo ministro das Comunicações parece preferir focar a discussão na regulamentação dos artigos 220 e 221 da Constituição, sobre concentração econômica e programação regional.


TV Digital: Emissoras abrem contagem regressiva em 3 de abril

Logotipo vai mostrar aos telespectadores quantos dias faltam para o desligamento dos sinais analógicos. O primeiro switch off será em Rio Verde-GO, em novembro próximo, seguido por Brasília, em abril de 2016. Anatel, teles e tevês correm para escolher o receptor a ser distribuído a 14 milhões de famílias e como medir quantos lares estão prontos para receber apenas os sinais digitais de TV.


Heckert assume a SLTI e Giliate a direção do Datasus

Está de volta à Secretaria de Logística e TI do Ministério do Planejamento Cristiano Heckert (foto), que em sua passagem como diretor de redes, entre 2008 e 2011, fez as primeiras compras coletivas para telefonia.



Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!