Home - Convergência Digital

Smartphones: No Brasil, homens dominam busca por aplicativos

Convergência Digital - Carreira
:: Convergência Digital - 02/04/2012

Um novo estudo do ConsumerLab, laboratório de pesquisas de comportamento da Ericsson, identificou que o uso de smartphones é diferente entre mulheres e homens. Enquanto as mulheres utilizam mais os serviços de comunicação, como voz, e-mail e SMS, os homens preferem os serviços de entretenimento e estão mais dispostos a experimentar novos serviços como o VoIP (Voz sobre IP).

O estudo destaca que a utilização de smartphones é alta durante todo o dia, assim como da internet. No Brasil, enquanto 36% dos homens pesquisados utilizam seus smartphones para jogar, entre as mulheres esse número cai para 16%. São os homens também os que assistem mais TV, vídeos e escutam música pelo celular. Além disso, são eles que dominam o download de aplicativos com mais que o dobro da frequência que o público feminino.

O quadro se inverte em relação à atividade de tirar fotos. Enquanto aproximadamente 80% das brasileiras participantes da pesquisa afirmam utilizar o dispositivo para esta função, somente 60% dos homens fazem uso do mecanismo. Porém, são eles os líderes no envio e recebimento de imagens, MMS e fotos.

Julia Casagrande, especialista do Ericsson ConsumerLab e uma das responsáveis pelo estudo no Brasil, diz: “Com a introdução dos smartphones no mercado, a internet passou a ter uma relação natural com os usuários em vários segmentos de consumo, gerando uma relação de codependência. Hoje, mais de 40% dos usuários de smartphones no Brasil já utilizam o dispositivo para navegar na internet e 33% para acessar as mídias sociais diariamente”.

Para o acesso das redes sociais, o aparelho é mais utilizado entre os homens, que preferem realizar o acesso quando em trânsito, no período da tarde e no final do dia. As mulheres lideram os acessos das redes sociais no período da manhã, antes mesmo de sair da cama, durante o almoço e novamente na cama antes de dormir. Dessa maneira, os smartphones têm impactado diretamente na frequência com que os serviços são utilizados, em comparação ao uso de computadores e celulares comuns.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

09/02/2015
Chinesa Alibaba investe US$ 500 milhões e entra no mercado de smarpthones

15/01/2015
Sete em cada 10 gestores de TI priorizam a mobilidade

22/12/2014
Venda de smartphones bate recorde histórico

15/12/2014
Chinesa Xiaomi incomoda e marca território nos smartphones

15/12/2014
Usuários querem o smartphone como carteira móvel

04/12/2014
Telecom: infraestrutura decepciona. Smartphones reinam e salvam o ano

28/11/2014
Brasileiro prefere smartphone ao tablet

13/11/2014
Rio e SP: seis celulares são roubados por hora

12/11/2014
Smartphones já são 82,2% dos celulares vendidos no Brasil

30/10/2014
Venda de smarpthone bate novo recorde mundial

Destaques
Destaques

Dados móveis: 10% dos assinantes consomem 80% do tráfego 3G e 4G

Demanda crescente pode esgotar redes 4G em no máximo três anos, revela estudo da Amdocs.

4G cresceu 416,55% em 2014 e chegou a 6,76 milhões de linhas ativas no Brasil

Brasil fechou 2014 com 280,73 milhões de linhas ativas, um crescimento de 3,55% em relação a 2013. Com o impulso do 3G e do 4G, os terminais pós-pago também aumentaram e respondem, hoje, por 24,15% da base.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet das Coisas, Wearables e Big Data vão revolucionar a Saúde

:: Por Eduardo Prado *


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site