INCLUSÃO DIGITAL

Diretor de Infraestrutura, Heliomar Lima vai deixar o Minicom

Da Redação* ... 02/04/2012 ... Convergência Digital

O Diretor de Infraestrutura para Inclusão Digital do Ministério das Comunicações, Heliomar Medeiros de Lima, vai desembarcar do governo. Funcionário de carreira do Banco do Brasil, ele se aposenta este mês.

O próprio Lima indicou sua saída, ao comentar, no Facebook, o programa de cidades digitais, lançado pelo Minicom na semana passada. “Umas das minhas participações derradeiras no Ministério das Comunicações”, escreveu.

Hoje diretor de infraestrutura, Lima chegou ao Minicom em 2005, durante a gestão do ministro Hélio Costa. Antes, foi responsável pelas soluções de TICs no Banco do Brasil e diretor de TI da Cobra Tecnologia.

Quando da ida de Lima para o Minicom, a pasta já estudava a implantação de uma Secretaria de Inclusão Digital, o que só veio a acontecer de fato no ano passado, já com Paulo Bernardo como ministro.

Como era então diretor de Serviços de Inclusão Digital, especulou-se que Lima poderia ser indicado para a nova secretaria, mas Bernardo preferiu chamar a companheira de partido no Paraná, Lygia Pupatto, que acabara de perder a eleição para deputada estadual.

Apesar da aposentadoria, Lima deve participar da comissão que vai selecionar os municípios do projeto-piloto de cidades digitais, que começa em 80 cidades de até 50 mil habitantes.


REPNBL: prazo para entrega de propostas termina no dia 30 de junho

Governo não sinaliza a intenção de prorrogar mais uma vez. Minicom já aprovou 1018 projetos, com investimentos de R$ 9,4 bilhões.

No Rio de Janeiro, 50% das escolas não têm 1Mega para acessar à Internet

E menos de 20% têm acesso por fibra óptica, revela o Secretário Estadual de Educação do Rio de Janeiro, Antonio Neto.

TV Digital dos mais pobres não terá acesso à Internet

Anatel celebra escolha de conversor com ‘Ginga C’, mas modelo que será distribuído a 14 milhões de beneficiários do Bolsa Família não virá com canal de retorno incluído. Caixinhas terão entrada USB e Porta Ethernet, mas conectividade dependerá da condição de cada domicílio de contratar ou não o acesso à Internet.

Comercial decepcionou e será ‘turbinado’, promete novo presidente da Telebras

No entanto, ausências notáveis na posse de Jorge Bittar nesta quinta, 14/5, foram justamente representantes de potenciais clientes: os provedores de acesso à Internet. Apenas uma das várias entidades do setor foi convidada.

Qualcomm: Brasil precisa agir para construir cidades conectadas

Diretor da empresa, Francisco Giacomini, diz que é necessário que Governo, setor privado e fabricantes se unam para acelerar a chegada da Internet das coisas.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G