Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital


Home - Gestão

Ponto eletrônico: Empresários contestam, mas regras começam a valer

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 02/04/2012

O Ministério do Trabalho confirmou que o novo sistema de registro de ponto eletrônico entrou em vigor nesta segunda-feira, 02/04, após cinco adiamentos desde que a portaria 1.510 que prevê a obrigatoriedade foi editada em agosto de 2009. Ao menos 400 mil empresas do país de vários setores terão de implementar novos equipamentos que permitem a impressão de comprovantes de entrada, saída e intervalos no trabalho.

São obrigadas a instalar esse novo sistema todas as empresas que já utilizam o ponto eletrônico e tem mais de dez empregados, como prevê a portaria. A fiscalização do Ministério do Trabalho pode autuar a partir de hoje as empresas que não estiverem adequadas ao novo sistema. A medida divide opiniões de empresários, advogados e representantes do governo que, há quase três anos, travam disputa jurídica pela implementação (ou não) do novo registro eletrônico.

A justificativa do governo federal para a adoção do novo sistema é evitar fraudes na marcação da jornada. As empresas reclamam que haverá mais burocracia, mais custos e mais transtornos nas relações trabalhistas.

ETAPAS

A implementação será feita em três etapas. A partir de hoje as empresas do varejo, indústria e setor de serviços (financeiro, de transportes, de construção, de comunicações, de energia, de saúde e de educação) têm de utilizar o novo sistema.

A partir de 1º de junho, as empresas que exploram atividade agroeconômica são obrigadas a ter o novo sistema. E, a partir de 3 de setembro, são as micro e pequenas empresas que devem se adaptar. O Ministério do Trabalho informa que 100 mil empresas já compraram o novo equipamento necessário para mudar o sistema de registro de ponto eletrônico e se cadastraram em seu site.

Com o comprovante impresso, o objetivo é "dar segurança a trabalhadores e empregadores ao implementar meios mais eficazes e confiáveis de controle da jornada". E "inibir a prática de excesso de jornada, que provoca diretamente o acréscimo de acidentes e moléstias do trabalho, pois os horários das marcações ficarão registrados no sistema sem que possam ser excluídos".

No ano passado, 3.045 fiscais aplicaram 17.657 autos de infração em relação ao tema jornada de trabalho --nenhum lavrado por causa de fraudes em relógios de ponto, segundo o ministério.

Fonte: Folha Online e Agência Brasil

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 28/07/2014 10:35
Classes C, D e E abraçam o celular na busca pelo emprego

:: 25/07/2014 15:30
Google atendeu metade dos pedidos de “direito ao esquecimento”

:: 25/07/2014 14:45
Viber negocia entrar no acesso grátis das teles móveis

:: 25/07/2014 13:11
Custo do malware para Android despenca no mercado negro

:: 24/07/2014 19:21
Para Agência, briga das operadoras é pelo mercado corporativo

:: 24/07/2014 16:10
Você é um bom chefe?

:: 24/07/2014 13:06
Direito do Consumidor: Rede social escancara insatisfação do brasileiro

:: 24/07/2014 12:11
Base 3G incorpora 4,47 milhões de celulares em junho

:: 24/07/2014 10:21
Banco de dados têm sido a porta de entrada dos hackers

:: 23/07/2014 16:45
Faltam CIOs nos órgãos federais e estaduais no Brasil




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Rio+20: Sebrae prega participação efetiva das PMEs

PRÓXIMA
Software livre: ITI troca Mandriva por Ubuntu




Soluções de TI Simples
Tentativas de fraudes crescem no varejo

Junho registrou uma tentativa de fraude a cada 17,2 segundos no país. Telefonia, bancos e varejo são o alvo preferido dos criminosos.

» Grupo Martins abre espaço para os tablets
» CSO: pronto para assumir a culpa nas violações da segurança
» Fui invadido. Minha marca está arranhada. Como reagir?



Redes corporativas estão obsoletas e sem suporte
:: 23/07/2014 :: Gestão

Mais de 51% dos dispositivos presentes atualmente em redes corporativas do mundo estão com mais de cinco anos de uso e sem suporte técnico.


Direito do Consumidor impõe um novo modelo aos Provedores Internet
:: 18/07/2014 :: Gestão

A entrada em vigor do Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC) implicará em mudança de software, reestruturação de processos e treinamento de pessoal.


Governo torna permanente desoneração da folha
:: 10/07/2014 :: Gestão

Benefício é um anunciados após reunião com empresários no Planalto, em junho. Medida Provisória traz este e outros estímulos, como a volta do programa que devolve impostos na exportação de manufaturados.


Justiça publica portaria que institui o Consumidor.gov
:: 02/07/2014 :: Gestão

Site se propõe a funcionar como um ‘Procon virtual’ ao buscar a mediação de conflitos entre consumidores e empresas. Entre as mais reclamadas, as teles - Vivo, TIM, Claro e Oi - aderiram voluntariamente ao portal.



Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Classes C, D e E abraçam o celular na busca pelo emprego

Vagas são buscadas especialmente por meio do SMS.

» Algoritmos do big data chegam aos call centers
» Trabalhar em casa: prazer e obrigação


Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!