GOVERNO

Softex: Melhoria do software aumenta faturamento, clientes e projetos

Luís Osvaldo Grossmann ... 02/04/2012 ... Convergência Digital

Com a divulgação de um novo balanço sobre o programa de melhoria de processo do software brasileiro – MPS.BR – a Softex sustenta que as empresas que adotaram o modelo demonstraram melhoria nos indicadores de faturamento, número de clientes e de projetos, além do número de funcionários.

O MPS.BR, lançado em 2003, tem seu impacto medido a cada três anos. Na pesquisa sobre o ano passado, 133 empresas responderam os questionários eletrônicos e é com base nesses resultados que a Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro) comemora o desempenho.

“Foi possível observar novamente correlações positivas entre a maturidade das empresas no modelo MPS e o número de projetos (tanto no país quanto no exterior). As empresas de maior maturidade lidam com projetos maiores, apresentam menores erros em suas estimativas de prazo e se mostram mais produtivas”, diz o mais recente relatório.

O MPS é, portanto, uma iniciativa para melhorar a capacidade de desenvolvimento de software nas empresas brasileiras – e funciona no Brasil de forma semelhante ao modelo de referência CMMI (Capability Maurity Model Integration).

Um dos pontos destacados é que os investimentos na melhoria dos processos tem resultado direto no desempenho econômico das empresas. Metade delas aumentou seu faturamento nos últimos 12 meses o suficiente para recuperar completamente o investimento realizado na implementação e avaliação do MPS. Outras 38,46% informaram ter recuperado parcialmente o investimento realizado.

Também foi verificado o avanço das empresas na própria implementação do MPS, ou seja, nos três níveis de maturidade considerados: Pelo menos 29% das empresas pesquisadas melhorou nesse quesito, estando a maioria delas concentrada no nível intermediário.

“Até este momento já foi possível observar que a medida que as empresas adquirem maturidade também aumenta o número de clientes, número de projetos, número de funcionários, tamanho dos projetos e melhora a precisão de estimativa. Em contrapartida, observa-se um ligeiro aumento no tempo médio gasto nos projetos, que pode ser consequência do esforço gerencial adicional para lidar com todas estas variações positivas”, conclui o estudo.


Cai MP que destinava R$ 404 milhões para satélite da Telebras

Estatal confia, no entanto, que os recursos previstos no Orçamento de 2015 vão garantir a continuidade do projeto sem atrasos no cronograma.

Inclusão social ampliou demanda de serviços e papel da TI, diz Mazoni

Em discurso otimista, o presidente reconduzido do Serpro, Marcos Mazoni, tentou evitar menções ao aperto fiscal e listou avanços dos últimos oito anos.

Berzoini insiste na Telebras como parceira do setor privado

Na posse do novo presidente da estatal, Jorge Bittar, o ministro Ricardo Berzoini chegou a comparar a Telebras com a Petrobras das Comunicações, mas sempre “junta" com as empresas de telecomunicações.

Demora do Executivo faz deputado regulamentar guarda de dados na Biometria

Projeto de lei garante privacidade e proteção dos dados biométricos, inclusive os guardados no exterior. Empresa que descumprir pode pagar multa de até R$ 10 milhões.

Dados abertos: reter informação não é mais uma fonte de poder no governo

Mas muitos gestores governamentais ainda têm essa visão arcaica, admite o secretário da SLTI, Cristiano Heckert. “Abrir dados é uma forma de melhorar a prestação de serviços e dar transparência, mas também de estimular a economia”, sustenta.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G