INTERNET

Mega-Sena soma R$ 10 milhões em vendas pela Web

Da redação ... 29/03/2012 ... Convergência Digital

A arrecadação da Mega-Sena pelo Internet Banking CAIXA (IBC) atingiu em março a marca de R$ 10 milhões em vendas. Disponível desde abril do ano passado, o serviço já obteve cerca de 1,5 milhão de acessos. Os clientes que utilizam a internet para realizar suas apostas são aqueles que querem apostar com mais conveniência e comodidade dentro do ambiente seguro do IBC.

Para o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da CAIXA, Fábio Cleto, essa marca expressiva demonstra que o brasileiro gosta da facilidade da internet e se sente confortável e seguro em apostar na Mega-Sena por esse novo canal.

“A CAIXA tem como objetivo disponibilizar o acesso às apostas pela internet para todos os brasileiros, independente da vinculação a uma instituição financeira, ainda em 2012. Estamos trabalhando fortemente para inovar cada vez mais na operação das loterias federais”, diz Cleto.

Somente no mês de fevereiro deste ano, o montante das apostas pelo IBC foi superior a dos estados de Roraima, Amapá e Acre. O crescimento pode ser medido pela participação na arrecadação total do produto que, em maio de 2011, foi 0,17% e, neste mês, 0,41%, consolidando como uma promissora fonte de arrecadação das loterias.

Como apostar pela internet:

As apostas online são apenas para a Mega-Sena, e podem ser feitas pelos titulares de contas correntes pessoa física na CAIXA, devidamente cadastrados no IBC, com limite de apostas no valor máximo de R$ 100 por dia. O cliente acessa o menu loterias, na sua página e escolhe as dezenas na tela do próprio computador.

Após escolhidos os números, o sistema gera uma aposta que é imediatamente debitada de sua conta corrente. O serviço está disponível das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios (quartas e sábados), quando as apostas encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. Os valores das apostas são os mesmos praticados nas lotéricas.


Matérias relacionadas
Compras governamentais ... 08/12/2014 ... 11:34
CPqD vende serviço de detecção de fraudes em cartões para Caixa
Gestão ... 09/12/2013 ... 17:44
Caixa usa Internet e SMS para informar FGTS
Compras governamentais ... 06/06/2012 ... 13:00
CaixaPar paga R$ 321 milhões por 22% da CPM Braxis Capgemini
Internet ... 29/03/2012 ... 15:20
Mega-Sena soma R$ 10 milhões em vendas pela Web
ESPECIAL » GOVERNANÇA DA INTERNET
EUA e aliados rejeitam proposta brasileira de proteção à privacidade

Em entrevista ao portal da Abranet, que o Convergência Digital republica, Thiago Tavares, um dos conselheiros do CGI e que esteve presente à PP-14 de 29/10 a 7/11, realizada em Busan, na Coréia do Sul, diz que há discussões graves para serem tocadas em 2015. Entre elas, uma proposta- rejeitada - da Índia, mas que pode colocar em risco à Internet.


Clique aqui para ver a cobertura completa

STM exige a quebra de sigilo do WhatsApp para apurar morte no RS

O Plenário do Superior Tribunal Militar, no Rio Grande do Sul, determinou que o Facebook, dono do OTT, forneça o registro de uso de conta vinculada a um soldado. Medida é polêmica e envolve a questão da privacidade de dados.

Indústria de copyright quer bloqueio a sites como exceção à neutralidade de rede

Hollywood e distribuidores de jogos eletrônicos querem impedir acesso a conteúdos de sites que supostamente violam direitos autorais mesmo fora do país.

Para Abranet e Proteste, Anatel tenta misturar telecom com Internet

Entidades sustentam que a agência reguladora promove equivocada ideia de irrelevância do Serviço de Conexão à Internet ou de incorporação deste serviço ao serviço de telecomunicações

Marcas de luxo processam Alibaba por venda de ‘piratas’

Pela segunda vez, dona de grifes como Gucci e Yves Saint Laurent aciona o maior grupo de comércio eletrônico da China sob alegação de facilitação da venda de produtos falsificados.

Direito ao esquecimento: Um ano depois, Google apagou 322 mil resultados de buscas

Maior motor de busca da Internet diz que atendeu a 41% dos pedidos realizados. Decisão foi imposta pela Corte de Justiça da União Europeia.


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G