Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Governo

PT reage à consulta do INPI sobre patente de software

:: Luís Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz
:: Convergência Digital :: 27/03/2012

Temeroso sobre o impacto no setor, o Partido dos Trabalhadores quer que o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) suspenda a consulta pública sobre patenteamento de softwares, aberta na semana passada. Primeiro, defende o partido, o país precisa discutir amplamente a conveniência de se adotar esse tipo de regras.

Em nota do Setorial de TI, o PT sustenta que “não se pode discutir as diretrizes de exame de patentes de software, sem que, antes, seja feita uma ampla consulta pública sobre os riscos e oportunidades de tal patenteamento, bem como de estudos independentes sobre os eventuais impactos positivos e negativos que as patentes de invenções implementadas por programa de computador podem ter sobre o Brasil”.

O partido argumenta, que “muitas patentes concedidas pelo INPI o foram com base em pedidos que, de forma a contornar o impedimento legal relativo a programas de computador em si, caracterizaram os programas de computador como processos ou métodos industriais”. “Na prática, patentes de software têm sido concedidas, em clara afronta à legislação e ao interesse nacional.”

Assim, o PT entende que o impacto de patentes de software no Brasil seria extremamente prejudicial para a indústria nacional ainda incipiente. “A permissão da patente de software no Brasil lança as empresas nacionais desenvolvedoras na insegurança jurídica, pois cada linha de código programada no país passa a ficar sujeita a questionamentos sobre sua origem e propriedade.”

“Mais grave é que as patentes de software bloqueiam a competitividade e a inovação no setor de tecnologia da informação, já que para fazer programas concorrentes, empresas diferentes trabalham para resolver os mesmos problemas e, frequentemente, obtêm soluções semelhantes ou iguais.”

A consulta pública do INPI, aberta em 16/3, discute as hipóteses em que um software poderá ser patenteado – levando-se em conta que, como citou o PT, legislação proíbe a concessão de patente ao programa em si. O Instituto receberá contribuições por 60 dias.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 31/03/2015 09:45
Mais da metade das empresas brasileiras não exige troca de senha dos funcionários

:: 30/03/2015 15:45
Ataques DDoS multiplicam e incidentes superam a casa de 1 milhão no Brasil

:: 30/03/2015 11:50
BB Tecnologia vai contratar até 590 terceirizados por cinco anos

:: 30/03/2015 10:40
Empresa nacional busca lugar na prevenção aos ataques cibernéticos

:: 27/03/2015 13:00
Consolidação: "É melhor fazer do que falar", diz presidente da Oi

:: 26/03/2015 18:10
Brasil precisa produzir hardware e software em Telecom

:: 26/03/2015 16:40
Governo quer 100 milhões de novos acessos banda larga até 2018

:: 26/03/2015 14:11
STJ decide que Google só fornece IP se ofendido apresentar URLs

:: 26/03/2015 10:24
Lei das Antenas passa e prevê licenciamento automático após 60 dias

:: 26/03/2015 07:25
TV Digital: Teles e TVs comerciais pressionam por conversor mais barato




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Porto Alegre deflagra grito de alerta contra desindustrialização

PRÓXIMA
e-Gov: Brasil melhora, mas ainda fica atrás dos sul-americanos



 ESPECIAL   ESPIONAGEM DIGITAL
Brasileiros reagem à espionagem e rejeitam repasse de dados por empresas de tecnologia

Apenas um em cada quatro brasileiros concorda que o governo deve monitorar e vigiar os dados de Internet e de telefonia da população, revela pesquisa feita pela YouGov, a pedido da Anistia Internacional.

» Brasil ainda luta para por em prática medidas contra espionagem
» NSA e aliados têm chaves criptográficas para ouvir celulares em todo o mundo
» Espionagem: Comunicações do governo seguem vulneráveis
Clique aqui para ver a cobertura completa


BB Tecnologia vai contratar até 590 terceirizados por cinco anos

Para o Sindpd-RJ, a Cobra Tecnologia, subsidiária do Banco do Brasil que agora se chama BB Tecnologia, está descumprindo termo de compromisso assinado com o MPF, de substituir todos os terceirizados até setembro deste ano.


Governo quer 100 milhões de novos acessos banda larga até 2018

Ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, estabeleceu também como meta para os próximos três anos ampliar a velocidade média atual de conexão na banda larga fixa de - 5Mbps - para 25 Mbps.


TV Digital: Teles e TVs comerciais pressionam por conversor mais barato

Grupo de implementação da digitalização vai pedir cotações de preços de oito modelos de equipamentos que permitem que mesmo televisores analógicos assistam a programação digital. O escolhido será distribuído a 14 milhões de beneficiários do Bolsa Família.


Aldo Rebelo, do MCTI, diz que TI não será excluída do ajuste fiscal

Ministro Aldo Rebelo deixou claro que a medida vai valer para todos e não haverá uma ação defesa do MCTI à manutenção da alíquota de 2% na desoneração da folha de pagamentos.



Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!