Home - Convergência Digital

Aplicativos: Senha ainda é o melhor meio de prevenção no celular

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 26/03/2012

A massificação de uso de aplicativos requer que o usuário tenha noção que neles estão, sim, dados pessoais. E neste caso, diz Marcio Pissardo, diretor da Livetouch, empresa desenvolvedora de aplicativos, usar senha no smartphone ou no tablet é, sim, uma alternativa concreta de proteção. "Mas infelizmente essa prática não é utilizada em larga escala aqui no Brasil".

Pissardo, que participou no último dia 21/03, do seminário Aplicativos x Privacidade, realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), também falou sobre a questão do termo de uso - única forma de proteção que, hoje, o usuário tem na relação com o desenvolvedor do aplicativo. Ele critica as empresas que insistem nos termos longos e apenas em inglês.

"É um erro das empresas ter termos de uso somente em inglês, porque é possível invalidar o contrato alegando que se desconhece o idioma", diz. Pissardo enfatizou ainda que há uma diferença entre privacidade e Segurança da Informação e, isso, precisa ser esclarecido para usuários e desenvolvedores.

O executivo lembra também que, hoje, a localização é o ponto mais polêmico com relação à privacidade de dados pessoais no celular. Mas lembra: o uso de redes sociais abriu frentes no debate sobre proteção de dados. Assista a participação de Marcio Pissardo, da Livetouch, no seminário Aplicativos x Privacidade, realizado pela Fecomércio/SP.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/07/2015
Facebook e Google travam uma guerra nos apps móveis

01/07/2015
"Proibição do UBER é parar o inevitável, o futuro", diz presidente da camara-e.net

01/07/2015
Uber x táxis: São Paulo e Brasília proíbem uso do aplicativo

26/06/2015
Anatel elege a Internet como principal meio de atendimento ao consumidor

18/06/2015
Taxistas protestam contra Uber em debate na Câmara

18/06/2015
Aplicativos definem quais bancos vão sobreviver na era digital

16/06/2015
Paciência do brasileiro com apps dura até três segundos

09/06/2015
App brasileiro vence Copa do Mundo de Tecnologia

03/06/2015
Ford faz concurso de aplicativos no Brasil

01/06/2015
Destino do Uber no Brasil será definido no Congresso Nacional

Destaques
Destaques

Claro muda de estratégia e fecha acordo 'zero rating' com OTTs

Tele fechou acordo com WhatsApp, Facebook e Twitter para a não cobrança de dados no pacote Internet Turbinada 4G. Mas os serviços de voz desses aplicativos ficaram fora do acerto.

Vídeo é a grande estrela no consumo de serviços móveis na América Latina

Mas é necessário ampliar as redes 4G na região. Perspectiva é que a média do latino-americano passe de 0,8 GB/mês para 3 GB/mês até 2020. Nos EUA, porém, essa média será de 14GB/mês.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

LTE: Mais do que uma tecnologia ultrarrápida

Enrique Carrier *

As evoluções da tecnologia são ainda mais importantes do que a rápida adoção para propagar a banda larga móvel.


Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site