Home - Convergência Digital

Na era dos aplicativos, começa a guerra pelos domínios móveis

Convergência Digital - Carreira
:: Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 26/03/2012

Proteger a marca no ambiente móvel precisa estar na lista de prioridade dos gestores de uma corporação, mesmo para aquelas que, nesse momento, ainda não vislumbram razão para investir em desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, adverte Francisco Maldonado, diretor da ExpressApps, que participou de um seminário sobre Aplicativos x Privacidade, realizado na Fecomércio, em São Paulo, realizado no último dia 21 de março.

"Rgistrem suas marcas no ambiente móvel porque a corrida pelo domínio já começou", afirmou Maldonado, observando que, por dia, a loja da Apple recebe 2 mil pedidos de aplicativos.

Ele lembra que a Apple é mais criteriosa - analisa os pedidos com mais cuidado e rejeita os aplicativos considerados 'dúbios', mas o Android, é mais flexível. "Isso significa que cuidar da marca é imperativo antes que outro use e no Brasil não há ainda nenhum controle sobre marca móvel", salienta.

Maldonado conta que o problema é maior em países como Estados Unidos, mas já acontece no Brasil e cita um exemplo: Runner Academia, que teve o seu domínio registrado por outra empresa e teve que criar seu aplicativo com outro domínio.

O seminário "Aplicativos x Privacidade', foi realizado pela Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio), na sede da entidade, no último dia 21 de março. Assista o alerta dado por Francisco Maldonado, da ExpressApps sobre proteção de marca no ambiente móvel.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

19/08/2014
Empresa investe R$ 3 milhões em app para entregas

15/08/2014
TIM lança app de música com mais de 20 mil opções

15/08/2014
Manutenção na palma da mão

15/08/2014
Games e apps ganham vez no Salão da Inovação

15/08/2014
App cria cartão de visitas digital

14/08/2014
SUS adota mobilidade para qualificar gestores públicos

13/08/2014
Aplicativo usa nuvem para gestão de histórico médico

13/08/2014
App personaliza conteúdo de redes sociais

12/08/2014
TIM e Vivo usam tablets para aumentar as vendas

12/08/2014
Brasileiros assumem vício no uso dos tablets e smartphones

Destaques
Destaques

Com outorgas e ressarcimento, 700 MHz tem preço mínimo de R$ 11,3 bilhões

Na soma das seis fatias do espectro que serão licitadas em 30/9,  as outorgas custarão 7,7 bilhões. Outros R$ 3,6 bilhões constituirão o orçamento da Entidade Administradora da Digitalização. Uso de qualquer faixa para cumprir metas de cobertura custará outros R$ 560 milhões. O portal Convergência Digital publica a íntegra do edital.

Minicom distribui R$ 4,5 milhões em concurso de apps

INOVApps vai selecionar 50 projetos de aplicativos e jogos de interesse público ("serious games", com conteúdo ligado a educação e saúde, entre outros).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

BLE: Uma alternativa de localização para o mercado corporativo

:: Por Eduardo Prado*


Copyright © 2014 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site