Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Vivo e TIM se distanciam de Claro e Oi no mercado móvel

:: Ana Paula Lobo*
:: Convergência Digital :: 26/03/2012

O mercado móvel brasileiro apresenta uma tendência de alta nos primeiros meses de 2012. Dados da Anatel revelam que o país terminou fevereiro com 247,6 milhões de celulares. As adições líquidas do mês (2,44 milhões) superaram em pouco às de fevereiro do ano passado (2,42 milhões).

No embate pela liderança do market share nacional, os números mostram que Vivo e TIM se distanciam das rivais Claro e Oi. As duas operadoras se alternam na disputa pela liderança das adições líquidas nos últimos trimestres, enquanto a Claro apresenta uma performance baixa e se aproxima da Oi, que está na lanterna.

O mercado pré-pago, grande responsável pela base de celulares ativos das teles, mobiliza essa briga de Vivo e TIM. A Vivo fechou 2011, com 27,38% e, em fevereiro, registrava 28,38%. A TIM, por sua vez, fechou 2011, com 27,64% e, em fevereiro, somou 27,82%.

Já no mercado pós-pago, a performance da Claro, que ocupa a segunda posição - ficando atrás da Vivo, que tem 36,51% - aponta uma tendência de baixa - terminou 2011 com 28,75% e, em fevereiro, registrou 28,52%. Nessa modalidade, a Oi tenta reagir: em 2011, fechou com 12,95% e, em fevereiro, somou 13,17%.

Os dados sobre o mercado de telefonia móvel, publicados pelo portal Teleco, nesta segunda-feira, 26/03, a partir dos números da Anatel, mostram que o mercado pré-pago segue como crucial para a receita financeira das operadoras. A Oi é a empresa que mais depende do mercado pré-pago, com 87,15% e, em fevereiro, viu a adesão ao modelo cair para 19,76%. A TIM fica na segunda posição com 85,58%. Em fevereiro, registrou uma leve alta nas adesões: terminou 2011 com 27,64% e, em fevereiro, chegou a 27,82%.

A Vivo aparece na terceira posição com 77,85% da base no pré-pago. A empresa também ampliou, este ano, as adesões na modalidade - terminou 2011 com 27,38% e, em fevereiro, registrou 28,38%. A Claro registra 79,06% da sua base no pré-pago - é a que tem, dentro dos números, menor dependência, mas os números de fevereiro mostram que as adesões à tele registram tendência de baixa no pós-pago - terminou 2011 com 28,72% e, em fevereiro, tinha 28,52% e no pré-pago, em 2011, registrou 24,08% e, em fevereiro, 23,81%.

A Oi, que tem no pré-pago grande parte da sua base, em fevereiro, registrou queda em relação ao final de 2011, 19,76% contra 20,07%. No pós-pago, no entanto, a tele mostrou uma reação. Tinha 12,95% ao final do ano passado, e, em fevereiro, ficou com 13,17%, margem ainda muito distante da rival TIM, que fechou, em fevereiro, com 21,20% - tinha, 21,12%, em dezembro de 2011.

Nas adições líquidas, o embate entre Vivo e TIM se revela. A Vivo, em fevereiro, contabilizou 1032 milhão de novas adições. A TIM fechou o mês com 791 mil. E a distância delas para as rivais Claro e Oi é grande: A Claro somou 305 mil novas adições e a Oi, 310 mil. De acordo com o Teleco, Vivo e TIM acumularam 7,7 milhões de celulares nos últimos seis meses, enquanto Claro e Oi acumularam 4,3 e 3,9 milhões respectivamente neste período.

*Com dados do portal Teleco (www.teleco.com.br)

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 24/04/2014 09:00
Marco Civil da Internet é publicado, confira a íntegra da nova lei

:: 23/04/2014 14:36
Velocidade média da Internet é de 2,7 Mbps no Brasil, 83ª do mundo

:: 23/04/2014 12:42
Dilma cobra Internet democrática e igualdade entre os países

:: 23/04/2014 12:40
Dilma sanciona Marco Civil, mas mantém polêmica sobre a privacidade

:: 22/04/2014 12:06
Contra “pressão”, Luiz Henrique desiste de relatar o Marco Civil

:: 15/04/2014 13:12
Neutralidade não mobiliza debates no NetMundial

:: 14/04/2014 17:20
Depois de pagar, velocidade de acesso ao Netflix aumenta 65% na Comcast

:: 14/04/2014 14:55
FNDE adota BYOD com capacidade para até 4,5 mil acessos simultâneos

:: 14/04/2014 11:29
Depois de quebra do sigilo da urna, TSE evita novos testes

:: 14/04/2014 11:23
Empresas correm para estancar os prejuízos do Heartbleed




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Citel Group quer embutir aplicativos em tablets no Brasil

PRÓXIMA
Fixo/Móvel: Anatel recorre ao STJ contra decisão favorável à Oi




Operadoras investiram R$ 26,5 bilhões no Brasil
:: 10/04/2014 :: Telecom

Segundo a Telebrasil, as despesas para operar e manter uma rede de telecomunicações consome mais de R$ 120 bilhões.


Agência avalia se ‘adequação’ de 40 mil antenas vale à pena
:: 03/04/2014 :: Telecom

Ao tratar do tema cinco anos depois, Anatel discute se regra vale para o legado existente ou deve prevalecer apenas para as novas infraestruturas.


Mudança na regra do leilão de 700 Mhz inquieta a indústria de Telecom
:: 02/04/2014 :: Telecom

Diretor da Área de Telecomunicações da Abinee, Paulo Castelo Branco, se mostra preocupado com o viés arrecadatório do governo.


Copa 2014: Rio de Janeiro acende o sinal amarelo na gestão da Internet brasileira
:: 01/04/2014 :: Telecom

O gerente do PPT.br, EduardoReis, diz que a infraestrutura disponível, hoje, em especial das redes de fibra óptica, não atende à demanda. A partir do dia 13 de maio, não haverá mais distribuição de portas para a troca de tráfego.




App permite identificar procurados pela Justiça

Consulta poderá ser feita, via celular, a um cadastro com mais de 352 mil mandados de prisão.

» 700 MHz: Para TVs, custo da transição será ‘surpreendente’


"Carro Conectado": Você ainda vai ter o seu!
:: Por Eduardo Prado *

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!