Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Vivo e TIM se distanciam de Claro e Oi no mercado móvel

:: Ana Paula Lobo*
:: Convergência Digital :: 26/03/2012

O mercado móvel brasileiro apresenta uma tendência de alta nos primeiros meses de 2012. Dados da Anatel revelam que o país terminou fevereiro com 247,6 milhões de celulares. As adições líquidas do mês (2,44 milhões) superaram em pouco às de fevereiro do ano passado (2,42 milhões).

No embate pela liderança do market share nacional, os números mostram que Vivo e TIM se distanciam das rivais Claro e Oi. As duas operadoras se alternam na disputa pela liderança das adições líquidas nos últimos trimestres, enquanto a Claro apresenta uma performance baixa e se aproxima da Oi, que está na lanterna.

O mercado pré-pago, grande responsável pela base de celulares ativos das teles, mobiliza essa briga de Vivo e TIM. A Vivo fechou 2011, com 27,38% e, em fevereiro, registrava 28,38%. A TIM, por sua vez, fechou 2011, com 27,64% e, em fevereiro, somou 27,82%.

Já no mercado pós-pago, a performance da Claro, que ocupa a segunda posição - ficando atrás da Vivo, que tem 36,51% - aponta uma tendência de baixa - terminou 2011 com 28,75% e, em fevereiro, registrou 28,52%. Nessa modalidade, a Oi tenta reagir: em 2011, fechou com 12,95% e, em fevereiro, somou 13,17%.

Os dados sobre o mercado de telefonia móvel, publicados pelo portal Teleco, nesta segunda-feira, 26/03, a partir dos números da Anatel, mostram que o mercado pré-pago segue como crucial para a receita financeira das operadoras. A Oi é a empresa que mais depende do mercado pré-pago, com 87,15% e, em fevereiro, viu a adesão ao modelo cair para 19,76%. A TIM fica na segunda posição com 85,58%. Em fevereiro, registrou uma leve alta nas adesões: terminou 2011 com 27,64% e, em fevereiro, chegou a 27,82%.

A Vivo aparece na terceira posição com 77,85% da base no pré-pago. A empresa também ampliou, este ano, as adesões na modalidade - terminou 2011 com 27,38% e, em fevereiro, registrou 28,38%. A Claro registra 79,06% da sua base no pré-pago - é a que tem, dentro dos números, menor dependência, mas os números de fevereiro mostram que as adesões à tele registram tendência de baixa no pós-pago - terminou 2011 com 28,72% e, em fevereiro, tinha 28,52% e no pré-pago, em 2011, registrou 24,08% e, em fevereiro, 23,81%.

A Oi, que tem no pré-pago grande parte da sua base, em fevereiro, registrou queda em relação ao final de 2011, 19,76% contra 20,07%. No pós-pago, no entanto, a tele mostrou uma reação. Tinha 12,95% ao final do ano passado, e, em fevereiro, ficou com 13,17%, margem ainda muito distante da rival TIM, que fechou, em fevereiro, com 21,20% - tinha, 21,12%, em dezembro de 2011.

Nas adições líquidas, o embate entre Vivo e TIM se revela. A Vivo, em fevereiro, contabilizou 1032 milhão de novas adições. A TIM fechou o mês com 791 mil. E a distância delas para as rivais Claro e Oi é grande: A Claro somou 305 mil novas adições e a Oi, 310 mil. De acordo com o Teleco, Vivo e TIM acumularam 7,7 milhões de celulares nos últimos seis meses, enquanto Claro e Oi acumularam 4,3 e 3,9 milhões respectivamente neste período.

*Com dados do portal Teleco (www.teleco.com.br)

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 21/08/2014 13:00
BNDES investe R$ 41,3 milhões em seis empresas de TI

:: 20/08/2014 12:32
'Machete': A nova arma dos hackers na espionagem cibernética

:: 20/08/2014 10:40
Anatel julga primeiro litígio da plataforma de atacado

:: 19/08/2014 18:23
M2M impulsiona negócios da Celistics com SIMCards no Brasil

:: 18/08/2014 16:51
Cobrança da CIDE dos datacenters abre espaço para disputa judicial

:: 18/08/2014 10:53
Minicom aprova mais R$ 217 milhões em projetos do REPNBL

:: 15/08/2014 16:00
Internet ultrapassa barreira de 500 mil redes e sofre pequenas panes

:: 15/08/2014 15:26
Leucotron mira interior do Brasil e abre frente no México

:: 15/08/2014 10:55
Network1 é comprada pela multinacional ScanSource

:: 14/08/2014 17:55
Anatel nega pedido para adiar vigência de regras pró-consumidor




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Citel Group quer embutir aplicativos em tablets no Brasil

PRÓXIMA
Fixo/Móvel: Anatel recorre ao STJ contra decisão favorável à Oi



Rio Cidade Inteligente + Rio Wireless 2014
Anatel quer ampliar compartilhamento e ‘uso industrial’ de espectro

“Há um grande desafio de expansão das redes e isso exige índice mais alto de eficiência espectral. Queremos abordagens mais simples”, sustenta o conselheiro Rodrigo Zerbone.

» Novo Hamburgo investe R$ 1,4 milhão em TICs para saúde
» Rio de Janeiro atento ao legado olímpico
» 700 MHz: Leilão não obriga ninguém a implantar rede
» Teles projetam quadruplicar número de ERBs para atender novas demandas
Clique aqui para ver a cobertura completa


Anatel julga primeiro litígio da plataforma de atacado
:: 20/08/2014 :: Telecom

A Hoje Telecom entrou com um pedido de replicabilidade para a contratação de links classe 5 - enlaces Internet - da Embratel. "As teles com PMS não atendem as solicitações das operadoras alternativas. E quando atendem colocam um preço exorbitante", reclama seu diretor-geral, Roosevelt Colini.


Anatel nega pedido para adiar vigência de regras pró-consumidor
:: 14/08/2014 :: Telecom

Sinditelebrasil pediu à agência que as novas normas só passassem a valer em setembro. Disputa entre teles, Anatel e TVs por Assinatura continua na Justiça.

» Veja mais matérias sobre o Regulamento Geral dos Direitos do Consumidor


Dois terços dos usuários querem usar celular como carteira
:: 13/08/2014 :: Telecom

Estudo com 7 mil clientes da telefonia móvel sugere que brasileiros confiam um pouco mais nos bancos para o gerenciamento das transações, mas por uma pequena margem, 52,7%.


TV paga: 'gatonet' provê sinal ilegal para 4,2 milhões de lares
:: 07/08/2014 :: Telecom

Levantamento  revela que 58% dos que admitem furtar sinal de TV estão no interior. Também desmistifica a questão das classes sociais: o roubo de sinal acontece em todas as camadas econômicas.




No 2º tri, tráfego móvel global chegou a 2,5 mil petabytes/mês

Levantamento diz que no período o mundo contabilizava 2,4 bilhões de acessos banda larga móvel.

» Minicom distribui R$ 4,5 milhões em concurso de apps


A TV está morrendo!
:: Por Eduardo Prado

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!