Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Política industrial: Desoneração de redes está nas mãos da Fazenda

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 21/03/2012

Virou ato reflexo. Pressionado pelas reclamações contra o abismo digital que separa Sudeste e Sul do resto do país, o Ministério das Comunicações rebate, desde o início do ano passado, com a promessa de que os investimentos em redes terão incentivos fiscais. Em reunião com senadores nesta quarta-feira, 21/3, não foi diferente.

Coube ao secretario executivo do Minicom, Cezar Alvarez, retocar a maquiagem da proposta, “detalhando” que o regime especial de tributação terá uma dezena de parâmetros distintos para medir o tamanho da desoneração fiscal: se são redes novas, reforma de antigas, substituição, etc.

A única mudança sobre essa desoneração é que, depois de vários anúncios da Medida Provisória com os benefícios – basicamente a isenção de PIS e Cofins nos equipamentos e obras civis – nem mesmo essa data está mais sob o controle do Minicom.

O anúncio oficial depende, agora, de quando o Ministério da Fazenda apresentar as novas medidas de política industrial – em complemento às anunciadas em agosto do ano passado – como a ampliação dos setores que poderão trocar a contribuição ao INSS por um percentual sobre o faturamento.

Com tantos adiamentos desde que o ministro Paulo Bernardo anunciou a desoneração de redes, pouco depois de tomar posse nas Comunicações, ainda em janeiro de 2011, aparentemente não houve oportunidade de serem avaliadas as ponderações feitas pelo Ipea de que esse movimento pode ser contraproducente.

“É uma desoneração que pode gerar ineficiências, na medida em que os próprios operadores privados tenderiam, agora, a ampliar a rivalidade e por isso, ampliar os próprios investimentos em infraestrutura”, lembrou, em dezembro, o especialista do Ipea, Rodrigo Abdalla.

Para o Minicom, as desonerações são necessárias diante das obrigações impostas às empresas, cujo exemplo mais citado são as condicionantes de cobertura atreladas à venda de novas faixas de frequência, caso do leilão de 450 MHz e 2,5 GHz, previsto, agora, para junho.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 15/10/2014 14:12
Com GVT, Telefônica quer fazer frente à Net na banda larga fixa

:: 10/10/2014 14:30
Banda larga: a economia digital e a perspectiva da demanda

:: 09/10/2014 11:40
Embate entre governo e oposição adia novamente MP com desonerações

:: 08/10/2014 17:10
Câmara adia votação da MP que prorroga desoneração do REPNBL

:: 08/10/2014 17:00
Banda larga: Na móvel, Brasil cresce. Na fixa, país perde para a Bósnia

:: 08/10/2014 16:55
Banda larga fixa: Com GVT, Telefônica supera Oi e chega no Grupo Telmex

:: 08/10/2014 16:22
Teles rechaçam ideia de implantar fibra óptica no país inteiro

:: 07/10/2014 17:46
Banda larga fixa: Com GVT, Telefônica supera Oi e chega no Grupo Telmex

:: 03/10/2014 10:36
Furukawa amplia nacionalização atenta às linhas do FINAME e do cartão BNDES

:: 30/09/2014 11:30
Banda larga: Brasil perde posições e tem velocidade média de 2,9 Mbps




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
DirectTV escolhe Argentina para produzir conversores DTH

PRÓXIMA
A exemplo do setor elétrico, governo estuda prorrogar concessões de telecom



Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Revista do 58º Painel Telebrasil 2014

Revista do 58º Painel Telebrasil, realizado nos dias 09 e 10 de setembro de 2014 em Brasília, tendo como tema principal Perspectivas e Propostas para o Próximo Governo, Telecomunicações, Competitividade e Inovação no Brasil.

Clique aqui para ver mais revistas

58 Painel Telebrasil 2014
Por um Brasil Digital, teles pedem adoção de medidas urgentes

O Brasil pode chegar em 2018 entre as 30 economias mais competitivas do mundo, mas para isso precisa implantar uma série de ações num curto prazo de tempo, pontua estudo da LCA Consultores.

CDTV Anatel e teles debatem 'mão pesada' na regulação do setor
CDTV "Estamos na idade de pedra no uso de aplicativos", diz o presidente da Vivo
CDTV Indústria de aplicativos vira alvo da política de TICs da Colômbia
Clique aqui e veja a cobertura completa do evento


Teles já investiram R$ 440 milhões com adoção do nono dígito
:: 30/10/2014 :: Telecom

Alteração foi adotada para permitir ampliar a quantidade de combinações disponíveis, uma vez que com apenas oito dígitos já não haveria mais números disponíveis na área do DDD 11, em São Paulo. Por lá, migração custou R$ 300 milhões. Mudança também já chegou ao Rio de Janeiro e Espírito Santo.


Claro prevê investir R$ 6,3 bilhões nos próximos dois anos
:: 28/10/2014 :: Telecom

Presidente da operadora móvel, Carlos Zenteno, diz que reeleição da presidenta Dilma Rousseff não alterou o projeto da América Móvil no Brasil. Sobre a unificação Claro, Embratel e NET, o executivo garantiu: "Não haverá consolidação de CEOs. Todos ficam".


Anatel rejeita TACs sobre vendas de bens reversíveis
:: 23/10/2014 :: Telecom

Pedidos da Oi e da Telefônica, que queriam incluir esse tipo de irregularidade nos termos de ajustamento de conduta, foram negados pelo Conselho Diretor da agência. Para o regulador, esse tema já vem sendo tratado em procedimento específico.


Justiça do Rio suspende cobrança de taxa por instalação de antena
:: 23/10/2014 :: Telecom

O município de Arraial do Cabo cobrava R$ 20 mil no ato da autorização e instalação de antenas, além de uma taxa de R$ 75 mil/ano, por conta do poder de polícia e vigilância do município. 




Vodafone faz acordo para M2M com a BMW no Brasil

O BMW i3 vai usar SimCard da operadora, que atua no Brasil há pouco mais de um ano.

» 4G chega a 4,2 milhões de acessos


A TV está morrendo!
:: Por Eduardo Prado

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital






Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!