Cloud ComputingConvergência Digital
Globalweb e Serena Software se unem por orquestração em TI

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Ana Paula Lobo :: 21/03/2012

Um dos maiores desafios, hoje, dos gestores de Tecnologia é o de integrar suas diferentes soluções como Gestão Empresarial, CRM, Billing, e outras, e organizar uma gestão efetiva de processos. Atenta a essa demanda, a Globalweb, empresa nacional de TI e computação na nuvem, renovou sua parceria com a Serena Software para a oferta dos produtos da desenvolvedora norte-americana, especializada em processos.

De acordo com Jorge Moskovitz, diretor da Serena Software no Brasil, o desenvolvimento de uma aplicação não é mais apenas um interesse da área de TI, mas está integrada ao processo de negócios de uma companhia.

"Mais do que desenvolver é preciso garantir que essa aplicação chegue no mercado no tempo previsto e, hoje, essa integração desenvolvimento e negócios ainda não acontece na maioria das vezes. Nós entramos para reduzir esse gap", explica o executivo.

O produto base para o trabalho no Brasil é o Serena Service Manager, lançado em 2010, e que recém-ganhou o Pink Elephant’s 2011 Innovation of the Year Award, numa premiação voltada para o produto mais inovador na área de software e de processos em ITIL.

"A nossa proposta é facilitar a orquestração em TI, ou seja, unificar e facilitar a gestão dos ciclos de vida das aplicações de forma simples e efetiva, lembrando que os processos ITIL demandam bastante", diz Moskovitz.

Para José Geraldo Coscelli, COO da Globalweb, além de vender o software da Serena, a empresa está especializada na sua implementação e manutenção. "Para outsourcing, esse é um modelo que vem rendendo bons frutos em grandes empresas e na área de governo", diz.

Mas o próximo desafio é o de levar módulos da solução - atenta à gestão de processos para empresas de menor porte - para o modelo de computação na nuvem. "Estamos negociando para sermos os distribuidores exclusivos da Serena Software em computação na nuvem. Gestão de processos é prioridade em qualquer área de TI", destaca o diretor da GlobalWeb.

Em visita ao Brasil, o vice-presidente de Marketing da Serena Software, David Hurwitz, enfatizou que a companhia, que abriu um escritório próprio no país para gerenciar as operações na América Latina e para ficar mais próxima dos seus parceiros, sabe que o Brasil é, hoje, um mercado em forte expansão e um potencial de negócios em TI.

"O momento brasileiro é mágico e impulsiona outros países da região", diz. A Serena tem forte interesse em ampliar sua participação no mercado de varejo - compras online, hoje, geram sistemas de TI, e no Governo, onde há a necessidade de gerir aplicações de forma mais eficiente.

"Nossos produtos são voltados para profissionais de TI. E sabemos quais são as suas demandas no Brasil, na Alemanha, no Japão. Os gestores de TI querem uma ferramenta que integre o desenvolvimento da aplicação ao negócio", completa Hurwitz.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 15/04/2014 12:15
Brasil supera a fase do e-mail e leva mais aplicações para a nuvem

:: 14/04/2014 17:40
Na Europa, carros elétricos usam a nuvem

:: 09/04/2014 16:05
Brasil responderá por 3% do volume de dados mundial em 2014

:: 04/04/2014 14:45
EMC reforça aposta em proteção de dados como serviço

:: 01/04/2014 15:36
Telefónica investe em open source na nuvem

:: 24/03/2014 12:10
Quando os dados em excesso viram um problema real

:: 20/03/2014 18:00
Os seus dados estão subaproveitados?

:: 18/03/2014 19:10
Contact centers: em busca de uma estratégia para a nuvem

:: 14/03/2014 17:00
2014: começa a era do compartilhamento das nuvens?

:: 12/03/2014 16:25
Hora de replicar modelo Amazon, Google e Facebook

Opinião
Cloud Computing: desafio das teles está no serviço
:: Por Nelson Campelo*

Oferecer soluções de colaboração, voz e vídeo na nuvem estão muito perto do negocio-fim das operadoras. A dúvida é saber se as teles vão driblar as barreiras naturais para atender, de forma satisfatória, os seus clientes.



VídeosMais vídeos



Destaques

Big data e mobilidade impõem datacenters inteligentes

O datacenter do futuro estará focado não na carga, mas, sim, no fluxo de trabalho. A importância da localização também se reduzirá, dando lugar a o que estará sendo feito.


Energia trava crescimento de datacenters no Brasil

Diretor do Gartner, Henrique Cecci, fala ainda sobre a obrigatoriedade dos dados no Brasil -ponto retirado do Marco Civil. "Isso era uma bobagem que custaria às empresas".


CFOs se rendem à nuvem

Boa parte dos gestores financeiros admite que os serviços de cloud, aliados à mobilidade e às redes sociais, exigem mudanças no ambiente de trabalho.


No Brasil, PMEs são o motor econômico dos serviços na nuvem

Estudo da Frost&Sullivan diz que o mercado de computação em nuvem gerou US$328,3 milhões no ano passado e chegará, em 2017, a R$ 1,1 bilhão.


Internet das Coisas: o desafio da privacidade

Com projeção de receita em US$ 300 bilhões até 2020, o novo negócio implica mudanças nos data centers.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.