Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Negócios

Por medo de fraudes, 30% dos pedidos de compras online são rejeitados na América Latina

:: Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos
:: Convergência Digital :: 20/03/2012

Um dos maiores entraves para o comércio eletrônico é o medo, por parte dos lojistas, das fraudes nas vendas virtuais. E para evitar prejuízos - e ruídos de comunicação com o consumidor - 30% dos lojistas da América Latina rejeitam pedidos de compras via Internet, percentual 10 vezes maior do que o registrado, por exemplo, nos Estados Unidos, onde esse índice, em 2011, ficou em 2,8%.

Para minimizar o medo das fraudes online, nesta terça-feira, 20/03, a Cielo anunciou uma aliança estratégica com a Cybersource e oferecerá, inclusive para outras bandeiras de meios de pagamentos, uma solução de detecção de fraudes eletrônicas. No Brasil, o índice de fraudes - com perdas efetivas para o lojista, de acordo com a Cielo, está em 0,75% das transações online, revela o vice-presidente executivo de produtos e negócios da Cielo, Eduardo Chedid. Mundialmente a perda do lojista por transação fraudulenta é orçada em US$ 250.

No mundo físico, afirma ainda a Cielo, com a adoção do cartão de crédito com chip pelos bancos brasileiros - uma migração iniciada há 15 anos, o índice de fraudes caiu para 0,04%. "Posso garantir que o Brasil está no estado de arte no mundo dos cartões de crédito", sustenta Eduardo Chedid. O momento, agora, é o de levar essa perfomance para o mundo online e, mais adiante, para o móvel, grande expectativa de mercado para vendas virtuais.

A Cielo, hoje, tem 9 mil clientes ativos/mês para pagamentos online e diz que há muito espaço para crescer no Brasil. No ano passado, a Cielo capturou mais de 80 milhões de transações em lojas virtuais, o que representou cerca de 7% do total de pagamentos intermediados pela empresa, ou o equivalente a 28 bilhões de reais.

No evento realizado na capital paulista, o diretor geral da Cybersource para a América Latina, Guilhermo Rospigliosi, mandou um recado aos interessados em apostar no comércio eletrônico: não há ferramenta capaz de reduzir as fraudes 100%. "As fraudes fazem parte do comércio eletrônico. É do negócio. Mas temos a obrigação de minimiza-las", afirmou.

Segundo ainda o executivo, o comércio eletrônico deverá movimentar US$ 1 trilhão em 2012. Em 2011, a América Latina gerou US$ 35 bilhões, sendo que o Brasil respondeu por 65% - US$ 22,75 milhões. Na parte de fraudes, nos EUA, o prejuízo, no ano passado, foi estimado em US$ 3,4 bilhões, com um tiquete médio de transação fraudulenta em US$ 250.

Em entrevista exclusiva à CDTV, do Convergência Digital, o vice-presidente executivo da Cielo, Eduardo Chedid, fala sobre a evolução do comércio eletrônico no Brasil; da intervenção do governo no pagamento móvel e diz que o país precisa agir para criar leis que punam os cibercriminosos e diz que, em breve, os cartões de débito também farão parte do modelo online de vendas. Assista.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 30/09/2014 13:20
Anatel: Sobras reduzem chance de interferência entre 4G e TV Digital

:: 29/09/2014 16:02
Google indenizará Barrichello em R$ 200 mil por perfis no Orkut

:: 29/09/2014 12:12
OpenStack vai vencer a batalha dos data centers

:: 29/09/2014 10:53
Anatel aprova transferência da Sky para AT&T

:: 25/09/2014 18:30
Ser 100% cloud foi estratégico para o plano global da Easy Taxi

:: 25/09/2014 10:19
Governo altera orientações sobre compra de ‘TI verde’

:: 24/09/2014 17:20
Qualidade em TI é a aposta da Radix para crescer em serviços

:: 24/09/2014 12:51
Ultrabooks ainda estão muito caros no Brasil

:: 23/09/2014 17:30
Fora dos 700 MHz, Oi acentua carência por faixas abaixo de 1 GHz

:: 23/09/2014 13:57
Fraudes não são relevantes para lojas de comércio eletrônico




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Brasileiro amplia migração para cartões de crédito e débito

PRÓXIMA
CNI: Um em cada cinco produtos industriais foi importado no Brasil em 2011



EMC Fórum 2014

TI mostra sua força e impulsiona negócios no Brasil

Integração é a palavra-chave para a EMC fortalecer seus negócios no Brasil, revela o presidente da companhia, Carlos Cunha. Se em termos econômicos, o ano no Brasil é classificado como 'desafiador', a TI recupera seu status e abre novas oportunidades.

» "Segurança da Informação mudou. As empresas ainda não", diz Marcos Nehme, da RSA
» Rio 2016 aprende lições da Copa e 'estressa' infraestrutura de TI
» TI como serviço: ferramentas 'in house' conquistam empresas
Clique aqui para ver a cobertura completa

Soluções de TI Simples
CSOs montam força-tarefa contra 'ataques de um dia'

Desafio é impedir que o roubo de dados aconteça quando as correções estão sendo testadas e implementadas.

» Heartbleed: metade dos servidores está vulnerável à praga
» Heartbleed: 300 mil ataques em um único dia
» Mayen: você sabe o impacto desse malware no seu negócio?

Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições


Ultrabooks ainda estão muito caros no Brasil
:: 24/09/2014 :: Negócios

Levantamento da PROTESTE revela que a diferença de preço entre os modelos pode ficar acima de R$ 2600,00.


Tablets perdem vez para smartphones e TVs no 1º semestre
:: 22/09/2014 :: Negócios

Expectativa, no entanto, é que a queda registrada no segundo trimestre - 12% - seja revertida no 2º semestre e a venda dos tablets atinja a marca de 10 milhões de unidades no Brasil.


Chinês Alibaba bate Amazon e Facebook e vale US$ 230 bilhões
:: 19/09/2014 :: Negócios

O maior grupo de comércio eletrônico da China, o Alibaba, chegou com estrondo ao mercado financeiro, ao debutar na bolsa de Nova York nesta sexta-feira, 19/9. Pela terceira vez na década, uma empresa chinesa bate o recorde anterior de oferta inicial de ações. 


TV paga: 'Gatonet' causou prejuízo de R$ 1,8 bilhão
:: 17/09/2014 :: Negócios

O comércio ilegal movimenta mais de R$ 782 bilhões por ano no Brasil. Esse valor seria suficiente para formar o quarto maior PIB da América Latina, atrás apenas do Brasil, do México e da Argentina.


Cobertura em vídeo do Convergência Digital


Saiba como a Internet das Coisas vai impactar a sua vida
:: Por Eduardo Prado *





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!