Convergência Digital - Home

Banda larga móvel: 124 milhões de acessos em 2014

Convergência Digital - Cobertura Especial BITS 2012
:: Fábio Barros - 20/03/2012

A Huawei e a Teleco divulgaram nesta terça-feira, 20/03, o “Balanço Huawei da Banda Larga 2011”, com dados do Brasil e do mundo. Segundo o estudo, o serviço de banda larga móvel no país praticamente dobrou no último ano, passando de 20,6 milhões de acessos em 2010 para 41,1 milhões no ano passado e chegando a 47,2 milhões em fevereiro deste ano.

Projeções da Teleco estimam que os acessos móveis no País devem se manter em crescimento pelos próximos anos, podendo chegar a 73 milhões este ano, e a 124 milhões em 2014.

Em 2011, o serviço de banda larga móvel já estava disponível para 84% da população brasileira; o que representa um crescimento de 15,7% em relação ao ano anterior, além de já superar as metas estabelecidas pela Anatel para 2016. No quesito cobertura, o estudo mostra que, em 2011, 48,6% dos municípios brasileiros eram atendidos pelo serviço, em comparação com 23,4% do ano anterior.

A receita das empresas com uso de dados também continua crescendo no mundo inteiro. No Japão, por exemplo, mais de 50% da receita líquida das operadoras é representada por uso de dados; nos Estados Unidos, 40%; na Europa esse número já supera os 30%. No Brasil, a receita bruta de dados representou 20,9% da receita de serviços das operadoras em 2011, sendo que essa tendência de crescimento é estimulada pela crescente venda de smartphones, mesmo com o aumento de 27,4% nos preços desses aparelhos no último trimestre do ano passado.

Outros dados interessantes são a continuidade do crescimento das receitas provenientes do serviço de voz, de 9,4% no quarto trimestre de 2011 com relação ao mesmo período do ano anterior e, pela primeira vez, o decréscimo da quantidade de acessos GSM, de 199,5 milhões em dezembro de 2011 para 199 milhões em fevereiro deste ano.

De acordo com estimativas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), a banda larga móvel no mundo cresceu 26,2% em 2011, enquanto que a banda fixa apresentou um aumento de 12,1%. No Brasil e no mundo, o WCDMA/HSPA continua sendo a principal tecnologia para o fornecimento de banda larga móvel.

Os dados levantados sobre o serviço de banda larga fixa apresentaram um crescimento de 19,6% em 2011, com 16,5 milhões de acessos, contra 13,8 milhões registrados no ano anterior. As projeções da Teleco mostram que o Brasil deve atingir a marca de 20 milhões de acessos em 2012, chegando a 30 milhões até o ano da Copa do Mundo. Esses números levariam a penetração do serviço a 15 acessos/100 habitantes em 2014, comparado a uma média de 25,7 acessos/100 habitantes que os países da OCDE tem hoje. O estudo também mostra um avanço na cobertura do serviço. Em 2010, por exemplo, 81,1% dos municípios brasileiros eram atendidos por banda larga fixa e em 2011 o porcentual passou a 99,8% dos municípios.

Hoje, segundo a GSA, 41% das redes 3G no mundo já são HSPA+, que suportam velocidades de download de 21/42 Mbps. Em 2010, a população mundial contava com 103 redes HSPA+; hoje o número subiu para 187, um expressivo aumento de 82% que ilustra o potencial de atualização das redes existentes para prover maior capacidade aos usuários. No ritmo atual, estima-se que em menos de três anos mais de 80% das 451 redes 3G no mundo já estariam atualizadas para suportar o HSPA+.

Já as redes LTE, adotadas como a tecnologia seguinte pela maior parte das operadoras de celular e que suportam velocidades médias de 100/50 Mbps por célula, para canais de 20 MHz, aos poucos vêm ganhando projeção mundialmente, com 62 redes em operação comercial em janeiro deste ano.No entanto, a maior disponibilidade de terminais LTE se dá na faixa de 700MHz, com 142 dispositivos em janeiro/2012.

A faixa de 2,5 GHz, objeto da licitação no Brasil, possui 65 dispositivos LTE FDD e 41 LTE TDD, o que pode retardar a adoção da tecnologia no país uma vez que os custos de terminais podem restringir seu mercado potencial.


A edição 2012 da BITS teve o patrocínio do Sebrae, Banrisul e PROCEMPA.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

LEIA TAMBÉM:

28/11/2014
Para a Anatel, corte de serviço ao fim da franquia vai chegar à banda larga fixa

22/09/2014
Banda larga: Na móvel, Brasil cresce. Na fixa, país perde para a Bósnia

26/06/2014
Sem smartphones, somente 11% da classe D e E acessam Internet no celular

23/05/2014
Brasil chega a 150 milhões de acessos banda larga

05/05/2014
Países em desenvolvimento concentram 90% das pessoas sem acesso à Internet

30/04/2014
Brasil chega a 145,6 milhões de acessos banda larga no 1º tri

27/03/2014
Ranking coloca o 4G do Brasil como o terceiro mais rápido do mundo

17/03/2014
Banda larga: Brasil perde para Uruguai, Chile e Argentina

28/10/2013
Banda larga: Acessos ativos chegam a 117,8 milhões em setembro

05/09/2013
Brasil fecha julho com 350 milhões de acessos de telecomunicações

Veja mais vídeos
Copyright © 2012 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site