Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Anatel promete mais rigor com bens reversíveis

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 16/03/2012
Ao tratar o caso concreto da tentativa da Telefônica de vender o prédio sede da empresa, a Anatel sinalizou uma postura diferente com relação aos bens reversíveis: a alienação do patrimônio deve comprovar vantagem efetiva à concessão e os ganhos de eficiência a serem revertidos para as tarifas.

O conselheiro Rodrigo Zerbone, que sugeriu as diretrizes, acredita que elas serão mantidas mesmo com a definição de um novo regulamento para os bens reversíveis. “Embora totalmente de acordo com o regulamento atual, as diretrizes foram principalmente baseadas nos contratos de concessão”, explica.

Parecem parâmetros óbvios, mas é a mesma agência que vem discutindo mudanças no regulamento de bens reversíveis com o objetivo de facilitar as operações de venda de patrimônio. Apesar de um relatório de fiscalização ter apontado barbaridades no tratamento desses bens na última década.

Os resultados da fiscalização – que cobre o período de 2001 a 2008 – levaram a abertura de processos contra todas as concessionárias. Mas até então a principal providência adotada pelo órgão regulador foi pedir que as empresas apresentem novos levantamentos dos bens reversíveis.

A agência já sabe, seja pelo relatório ou por declarações públicas de seus representantes, que os levantamentos desses bens – que devem ser declarados anualmente – não são fidedignos. Sabe, também, que ao longo do período milhares deles foram vendidos sem conhecimento da Anatel.

Daí a importância de uma das novas diretrizes para a análise dos pedidos de alienação: os bens reversíveis não se limitam àqueles listados nos levantamentos feitos pelas empresas. Além disso, o colegiado decidiu elaborar um sistema eficiente de análise sobre o grau de amortização dos bens.

Faz sentido, uma vez que mesmo o cálculo conservador elaborado pela fiscalização da Anatel indica que o patrimônio reversível em poder das operadoras supera R$ 20 bilhões. Segundo o relatório, o número seria maior caso adotadas taxas de depreciação corretas.
Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 31/07/2014 19:15
Telcomp: RGC estipula prazos que não podem ser cumpridos

:: 31/07/2014 17:45
Teles ganham liminar e suspendem direitos dos consumidores

:: 31/07/2014 17:36
Claro vai integrar operações da Net e da Embratel

:: 30/07/2014 13:35
Level 3 reforça estratégia de Comunicação Unificada no Brasil

:: 30/07/2014 12:10
Comércio eletrônico: varejo não está preparado para os smartphones

:: 30/07/2014 11:45
Anatel se impõe metas anuais, com foco em contratos de compartilhamento

:: 30/07/2014 10:05
Para PGR, acesso a registros telefônicos não exige ordem judicial

:: 29/07/2014 16:58
Espionagem faz China apertar o cerco à Microsoft, Google e Apple

:: 29/07/2014 16:14
TV paga:'Gatonet' migra para o serviço DTH de satélite

:: 29/07/2014 11:26
CVM será o fiel da balança na fusão Oi e Portugal Telecom




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
TV digital: Argentina 'rouba' mercado brasileiro na AL

PRÓXIMA
Com fim do sigilo automático, aumentam pedidos de confidencialidade à Anatel



Rio Cidade Inteligente + Rio Wireless 2014
Anatel quer ampliar compartilhamento e ‘uso industrial’ de espectro

“Há um grande desafio de expansão das redes e isso exige índice mais alto de eficiência espectral. Queremos abordagens mais simples”, sustenta o conselheiro Rodrigo Zerbone.

» Novo Hamburgo investe R$ 1,4 milhão em TICs para saúde
» Rio de Janeiro atento ao legado olímpico
» 700 MHz: Leilão não obriga ninguém a implantar rede
» Teles projetam quadruplicar número de ERBs para atender novas demandas
Clique aqui para ver a cobertura completa


Claro vai integrar operações da Net e da Embratel
:: 31/07/2014 :: Telecom

Anatel aprovou o pedido de unificação de CNPJs dos negócios do grupo Telmex no Brasil. Mas exigiu a abertura de capital.


Anatel se impõe metas anuais, com foco em contratos de compartilhamento
:: 30/07/2014 :: Telecom

Ao definir indicadores de produtividade para os próximos 12 meses, prevê avaliar pelo menos 80% dos acordos de infraestrutura.


Para PGR, acesso a registros telefônicos não exige ordem judicial
:: 30/07/2014 :: Telecom

Para o rocurador-geral da República, Rodrigo Janot, “o acesso pelo Ministério Público e por delegados de polícia a dados cadastrais e a registros telefônicos, independentemente de autorização judicial prévia, é medida adequada”.


TV paga:'Gatonet' migra para o serviço DTH de satélite
:: 29/07/2014 :: Telecom

A sofisticação das quadrilhas especializadas assusta, diz o presidente da ABTA, Oscar Vicente Simões de Oliveira. OTTs e TV digital aberta são desafios a serem enfrentados no Brasil.




4G: Verizon corta velocidade dos 'ilimitados'

"É perturbador", reagiu o presidente do FCC, Tom Wheeler.

» 4G cresce 110% em seis meses. Modems 3G não param de cair


A ANATEL e a tunga reiterada há mais de 8 anos no modelo de custos
:: Flávia Lefèvre

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições





Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!