Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Telecom

Anatel promete mais rigor com bens reversíveis

:: Luís Osvaldo Grossmann
:: Convergência Digital :: 16/03/2012
Ao tratar o caso concreto da tentativa da Telefônica de vender o prédio sede da empresa, a Anatel sinalizou uma postura diferente com relação aos bens reversíveis: a alienação do patrimônio deve comprovar vantagem efetiva à concessão e os ganhos de eficiência a serem revertidos para as tarifas.

O conselheiro Rodrigo Zerbone, que sugeriu as diretrizes, acredita que elas serão mantidas mesmo com a definição de um novo regulamento para os bens reversíveis. “Embora totalmente de acordo com o regulamento atual, as diretrizes foram principalmente baseadas nos contratos de concessão”, explica.

Parecem parâmetros óbvios, mas é a mesma agência que vem discutindo mudanças no regulamento de bens reversíveis com o objetivo de facilitar as operações de venda de patrimônio. Apesar de um relatório de fiscalização ter apontado barbaridades no tratamento desses bens na última década.

Os resultados da fiscalização – que cobre o período de 2001 a 2008 – levaram a abertura de processos contra todas as concessionárias. Mas até então a principal providência adotada pelo órgão regulador foi pedir que as empresas apresentem novos levantamentos dos bens reversíveis.

A agência já sabe, seja pelo relatório ou por declarações públicas de seus representantes, que os levantamentos desses bens – que devem ser declarados anualmente – não são fidedignos. Sabe, também, que ao longo do período milhares deles foram vendidos sem conhecimento da Anatel.

Daí a importância de uma das novas diretrizes para a análise dos pedidos de alienação: os bens reversíveis não se limitam àqueles listados nos levantamentos feitos pelas empresas. Além disso, o colegiado decidiu elaborar um sistema eficiente de análise sobre o grau de amortização dos bens.

Faz sentido, uma vez que mesmo o cálculo conservador elaborado pela fiscalização da Anatel indica que o patrimônio reversível em poder das operadoras supera R$ 20 bilhões. Segundo o relatório, o número seria maior caso adotadas taxas de depreciação corretas.
Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 26/11/2014 15:03
Anatel quer menos orelhões do que antes da privatização do setor

:: 26/11/2014 12:26
Internet deve ser direito humano básico

:: 25/11/2014 15:33
Netflix expande pontos de presença para reduzir latência no Brasil

:: 25/11/2014 13:03
Críticas levam CGI.br a se defender do apoio à NetMundial Initiative

:: 25/11/2014 09:00
Códigos-fonte e Internet das Coisas estão no top 3 dos hackers em 2015

:: 24/11/2014 16:45
Anatel diz que preço médio do minuto de celular é de R$ 0,16

:: 24/11/2014 14:33
Governo da Alemanha alerta contra backdoor no Windows 8

:: 24/11/2014 13:51
Streaming desafia Globo.com para as Olimpíadas 2016

:: 24/11/2014 12:05
Para UIT, Brasil ainda tem tarifa celular mais cara do mundo

:: 21/11/2014 09:51
Crimes virtuais entram na agenda oficial do Governo Dilma




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
TV digital: Argentina 'rouba' mercado brasileiro na AL

PRÓXIMA
Com fim do sigilo automático, aumentam pedidos de confidencialidade à Anatel



Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições

58 Painel Telebrasil 2014
Por um Brasil Digital, teles pedem adoção de medidas urgentes

O Brasil pode chegar em 2018 entre as 30 economias mais competitivas do mundo, mas para isso precisa implantar uma série de ações num curto prazo de tempo, pontua estudo da LCA Consultores.

CDTV Anatel e teles debatem 'mão pesada' na regulação do setor
CDTV "Estamos na idade de pedra no uso de aplicativos", diz o presidente da Vivo
CDTV Indústria de aplicativos vira alvo da política de TICs da Colômbia
Clique aqui e veja a cobertura completa do evento


Anatel quer menos orelhões do que antes da privatização do setor
:: 26/11/2014 :: Telecom

Segundo a Icatel, que chegou a ser a maior empresa mundial de telefones públicos, agência se vale de dados distorcidos para sustentar nova redução na planta. Dentro da própria agência também há dúvidas, uma vez que a quantidade de aparelhos que não funcionam deveria impactar na conclusão sobre a baixa rentabilidade. Corte levará número de aparelhos para 302 mil - menos que os 366 mil existentes em 1995, ainda sob o sistema Telebrás.


Para UIT, Brasil ainda tem tarifa celular mais cara do mundo
:: 24/11/2014 :: Telecom

Nas contas da agência da ONU, o preço cobrado na telefonia móvel no país segue no topo do ranking com 166 países.Em outubro, o SindiTelebrasil, antecipando-se, contestou a metodologia usada pela UIT. para definir esse custo."Eles usam o valor máximo da Anatel", disse o diretor executivo do SindiTelebrasil, Eduardo Levy.

» Anatel diz que preço médio do minuto de celular é de R$ 0,16

Teles prometem que Lei das Antenas vai “melhorar muito a qualidade do celular”
:: 21/11/2014 :: Telecom

Mesmo com mudança no dispositivo que garantia o licenciamento de infraestrutura por decurso de prazo, sindicato nacional das operadoras garante que os ganhos com a redução na burocracia serão sentidos pelos consumidores. “Não é o ideal, mas é um avanço", afirma Eduardo Levy. 


"É hora de repensar o modelo de Telecom", diz Jarbas Valente
:: 17/11/2014 :: Telecom

O ex-conselheiro da Anatel prevê que 2015 será um ano de grandes decisões para o setor. Sobre a consolidação, o executivo diz que o desafio será preservar a competição.




Redes 2G respondem por 60% das conexões móveis na América Latina

O 4G fica com 1% das conexões de banda larga móvel na região em 2014, revela estudo da GSMA.

» Consumo de dados crescerá 128% e pulará para 6,1 bilhões em 2020


A TV está morrendo!
:: Por Eduardo Prado

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital






Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!