Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Internet

Google sofre pressão mundial com relação à politica de privacidade

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 16/03/2012
Autoridades regulatórias dos Estados Unidos e da União Europeia estão investigando o Google sob a suspeita de que a companhia tenha ignorado configurações de privacidade de milhões de usuários do Safari, navegador da Apple. A informação foi publicada pelo jornal "The Wall Street Journal", nesta sexta-feira, 16/03. A empresa suspendeu a prática em fevereiro, depois de ter sido contatada pela publicação.

Com o envolvimento de agências federais americanas e órgãos similares na Europa, liderados pela França, o caso pode levar o Google a enfrentar uma extensa série de batalhas jurídicas, além de impor multas pesadas pela violação de privacidade. No mês passado, o mesmo jornal revelou que o Google estava usando um código especial para instalar arquivos de rastreamento nos dispositivos de alguns usuários de iPhones e iPads.

Nos Estados Unidos, a Comissão de Comércio Federal está analisando se essas ações infringem uma resolução judicial estabelecida em 2011, na qual o Google se comprometeu a não deturpar suas práticas de privacidade para os consumidores, segundo pessoas familiarizadas com as investigações.

A multa pela violação ao acordo é de US$ 16 mil por cada incidente. Em outra frente, um grupo de procuradores gerais também está investigando o caso. Nessa esfera, as multas podem chegar a até US$ 5 mil por infração.

Na Europa, uma comissão francesa incorporou à investigação ao caso em que apura a recente mudança da política de privacidade do Google. O órgão é o mesmo que no ano passado definiu uma sanção de 100 mil euros (US$ 130,5 mil) à companhia por recolher informações pessoais para o serviço de mapas Google Street View. Na época, a empresa se desculpou e disse que iria apagar os dados coletados.

*Fonte: Valor Online
Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 27/11/2014 13:22
Parlamento Europeu aprova pedido para dividir negócios do Google

:: 21/11/2014 08:37
Google sofre ataque na Europa e projeto prevê a divisão da titã da Internet

:: 06/11/2014 11:22
Justiça gaúcha nega pedido de indenização por placa no Google Maps

:: 14/10/2014 16:45
Demanda por dados fez Algar apostar em cabo submarino com o Google

:: 09/10/2014 19:40
Google terá rede de cabos submarinos no Brasil

:: 01/10/2014 16:00
Justiça manda You Tube tirar vídeo eleitoral do ar. Google reage

:: 29/09/2014 16:02
Google indenizará Barrichello em R$ 200 mil por perfis no Orkut

:: 24/09/2014 17:50
Google é multada em R$ 2,6 milhões no Rio Grande do Sul

:: 23/09/2014 16:42
Google investe 600 milhões de euros em data center na Holanda

:: 15/09/2014 16:43
Google: Requisições crescem no mundo, mas caem no Brasil




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Marco Civil: Indicações sugerem nova guerra entre velhos rivais

PRÓXIMA
TSE: Candidato está proibido de usar Twitter antes de julho



Abranet 2014 - Desafios e Oportunidades: Profissionais de Internet

IPv6: Quanto mais demorar, mais cara a migração vai ficar

Essa foi a avaliação feita pelo presidente da Associação Brasileira da Internet - Abranet, Eduardo Nejer, que defende que o assunto seja tratado como prioridade máxima nos próximos meses no Brasil.

CDTV Abranet apela ao associado para responder pesquisa TIC Provedores
CDTV Brasil quer fazer um cadastro nacional de provedores Internet
Clique aqui para ver a cobertura completa


Maioria dos brasileiros rejeita pagar por aplicativo na Internet

Pesquisa do IBOPE Media mostra ainda que quase 40% dos internautas admitem não conseguir ficar mais do que algumas horas sem checar suas redes sociais. O Wi-Fi segue dominando sobre o 3G/4G como meio de conexão.


Marco Civil: Anatel diz que fará consulta pública sobre neutralidade de rede

O conselheiro Marcelo Bechara sustentou que, na sua visão, os acordos firmados pela TIM com o WhatsApp, da Claro com o Facebook e da Oi com o Twitter, Vine, não quebram a neutralidade.


Pressionada por novas rejeições, NetMundial Initiative muda estrutura

ICANN, Fórum Econômico Mundial e Comitê Gestor da Internet do Brasil resolveram eliminar os assentos permanentes no Conselho de Coordenação da NMI, endereçando parte das reclamações da “comunidade” da Internet que ainda desconfia do projeto.

» Críticas levam CGI.br a se defender do apoio à NetMundial Initiative

Veja mais sobre Governança da Internet

Brasileiros propõem criar um 'Comitê Gestor' exclusivo para neutralidade

Pesquisadores da Unicamp e do CPqD defendem a criação de um órgão - que seguiria os moldes do atual Comitê Gestor da Internet, com representantes do governo, iniciativa privada, sociedade e academia - para co-regular as questões envolvendo a neutralidade de rede.



Vivo começa a vender relógios inteligentes

Dispositivos rodam Android e são conectados aos smartphones por bluetooth.

» Governo recebe R$ 5 bi e diz que 700 MHz “saiu barato”
» Governo usa apps para falar com passageiros nos aeroportos
» Chinesa Xiaomi incomoda e marca território nos smartphones


Banda Larga: Maldades e intromissão ilegal
:: Por Flávia Lefèvre *

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital

 ESPECIAL   GOVERNANÇA DA INTERNET
EUA e aliados rejeitam proposta brasileira de proteção à privacidade

Em entrevista ao portal da Abranet, que o Convergência Digital republica, Thiago Tavares, um dos conselheiros do CGI e que esteve presente à PP-14 de 29/10 a 7/11, realizada em Busan, na Coréia do Sul, diz que há discussões graves para serem tocadas em 2015. Entre elas, uma proposta- rejeitada - da Índia, mas que pode colocar em risco à Internet.

» Pressionada por novas rejeições, NetMundial Initiative muda estrutura
» Brasil vira alvo na guerra fria pelo comando da Internet
» Críticas levam CGI.br a se defender do apoio à NetMundial Initiative
Clique aqui para ver o especial completo


TICs em Foco - Internet das coisas
Oportunidades e desafios

Mais popular que nunca, a internet das coisas — ou IoT, na sigla para Internet of Things, ou ainda IoE de Internet of Everything — representa tanto uma janela de oportunidade para as empresas quanto imprime desafios monstruosos devido à imensa quantidade de máquinas conectadas à internet.


Veja edição 11 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 11

Na discussão sobre o que vai prevalecer — fibra óptica ou rádio — na construção das infraestruturas, vence quem souber explorar o que cada tecnologia tem de melhor a oferecer.

Veja também: Cidades Digitais: Governo convoca provedores; A transição da IANA foi destaque no ICANN#51; Billing das coisas: quando cobrar certo será o diferencial; e muito mais.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!