Cloud ComputingConvergência Digital
UIT adverte para atraso na padronização de cloud computing

Convergência Digital - Hotsite Cloud Computing
:: Da redação :: 18/03/2012

A UIT (União Internacional de Telecomunicações) produziu uma série de relatórios sobre o atual estado das iniciativas de padronização de cloud computing. A entidade identificou haver ainda uma série de falhas no processo de padronização, e ressaltou que estas precisam ser corrigidas.

Ao todo, o Focus Group em Cloud Computing da entidade produziu sete relatórios, cada um avaliando diferentes aspectos do ecossistema de computação em nuvem. Os estudos estão sendo apresentados em conjunto, sob o título de FG Cloud Report e, de acordo com a UIT, os padrões internacionais serão a chave para a formação de um mercado competitivo em cloud, um mundo onde os desenvolvimentos em nuvem oferecidos por diferentes fornecedores poderão interoperar.

Os relatórios, independentes mas complementares, produzidos pelo Focus Group foram:

1. Introdução ao ecossistema de cloud: definições, taxinomias, casos de uso e requisitos de alto nível.
2. Requisitos funcionais e arquitetura de referência.
3. Requisitos e framework de arquitetura para infraestrutura em nuvem.
4. Análise de falhas em gerenciamento de recursos em nuvem.
5. Segurança na nuvem.
6. Panorama dos SDOs (Service Data Objects) envolvidos em cloud computing.
7. Benefícios da nuvem para as telecomunicações e as perspectivas de TIC.

O quarto relatório - Análise de falhas em gerenciamento de recursos em nuvem – olha especificamente para as falhas no cenário da definição de padrões. O relatório diz que as áreas de TI deveriam estar procurando unir esforços que pudessem “traduzir ideias de serviço em ofertas de mercado, reduzir custos por meio de uma nova proposição de aplicativos e conteúdo existentes e adaptar-se suavemente às mudanças do mercado”.

Além disso, o relatório indica que os esforços deveriam ser concentrados na questão do gerenciamento da entrega de serviços, criando “um modelo de referência e uma arquitetura de referência para a construção dos blocos essenciais necessários para gerenciar a entrega da próxima geração de serviços”.

A UIT também identificou CaaS (Communication-as-a-Service) e NaaS (Network-as-a-Service) como duas novas categorias de serviços no universo cloud, que em breve devem se unir as já conhecidas IaaS, PaaS e SaaS.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 

 Matérias relacionadas com o assunto Cloud Computing  

:: 07/07/2014 13:43
Endereço dos dados será irrelevante

:: 01/07/2014 16:42
Brasil ainda tem muito espaço para novos data centers

:: 01/07/2014 09:35
Guerra de 'titãs' baixa os preços de SaaS. Software brilha em compras de TI

:: 26/06/2014 12:33
Procuram-se arquitetos de dados no Brasil

:: 28/05/2014 10:13
Globalweb investe em centros de treinamento

:: 21/05/2014 10:30
Armazenamento é a aplicação mais procurada na nuvem brasileira

:: 12/05/2014 10:03
Big data dá fôlego ao IaaS

:: 28/04/2014 15:13
Justiça ordena que provedores repassem dados ao governo dos EUA

:: 09/04/2014 16:05
Brasil responderá por 3% do volume de dados mundial em 2014

:: 24/03/2014 12:10
Quando os dados em excesso viram um problema real

Soluções de TI Simples
Mídias sociais e cloud: quando o dano se alastra em tempo real

Mensurar o impacto de uma ação equivocada é, hoje, um desafio para as corporações. Mitigar o impacto exige táticas mais eficientes.

» Fui invadido. Minha marca está arranhada. Como reagir?
» Não deixe a TI causar um estrago incalculável
» Seis passos para não deixar seu negócio fracassar

Opinião
Big Data e indústria: é hora de entender e aprender a usar
:: Por Camilo Rubim*

VídeosMais vídeos



Destaques

Para EMC Brasil, teles e bancos puxam a adoção do big data

O presidente da empresa, Carlos Cunha, diz que o mercado nacional amadureceu para o uso de serviços de computação na nuvem, mas precisa de apoio para implementar essas soluções. O desafio, agora, é formar os cientistas de dados.


Na guerra da nuvem, Microsoft ativa data center brasileiro

Unidade é a primeira da empresa na América Latina e está localizada em São Paulo. O centro de dados servirá para consolidar os negócios de IaaS da empresa no país e servirá ainda para atender clientes dos países da região.


Banco do Brasil admite que big data desafia a área de TI

Vice-presidente de tecnologia do Banco do Brasil, Geraldo Afonso Dezena da Silva, diz que o banco está usando o big data para entender o comportamento do seu correntista. Já sobre computação em nuvem, o banco é conservador: a nuvem privada é a escolha.


Big data: qual é a linha entre ser ou não ser ético?

Como fazer quando as empresas começam a saber mais de nós do que nós mesmos?


Falta conhecimento para extrair valor do big data

Questão é o desafio número 1 para boa parte dos gestores de TI no país.


Copyright © 2014 Convergência Digital            Todos os direitos reservados.            É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.