Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Segurança

Olimpíadas 2012: Redes sociais obrigam revisão de plano estratégico

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 16/03/2012

Depois do importante papel que desempenharam em eventos recentes como a chamada Primavera Árabe, o movimento "Ocupe Wall Street" e os distúrbios em Londres em 2011, as redes sociais passaram a ser vistas como uma nova fonte de preocupação para a segurança das Olimpíadas de 2012.

A necessidade de o planejamento do evento levar em conta a velocidade da disseminação e troca de informações na internet foi ressaltada por diversos especialistas na 2ª Conferência Internacional em Segurança no Esporte, encerrada nessa quinta-feira , 15/03, em Doha, no Catar.

Depois das Olimpíadas de Pequim, onde a polêmica foi gerada não pelo excesso, mas sim pela falta de liberdade na internet, os Jogos de Londres são os primeiros a conviver com a nova força das redes sociais e das tecnologias digitais, diz o consultor de segurança do Comitê Olímpico Internacional (COI), Peter Ryan.

"De lá para cá, vimos um desenvolvimento enorme em tecnologias digitais e mídias sociais, e as forças de segurança precisam dominar essas novidades, saber administrá-las, usá-las e monitorá-las", diz Ryan. Brian Burridge, vice-presidente de Marketing Estratégico do grupo Finmeccanica, que desenvolve produtos de defesa e segurança, lembra que a indústria de segurança vem avançando "enormemente" no monitoramento de conteúdo pela internet nos últimos dois anos.

"Hoje, há sistemas que permitem obter uma amostra de tudo, e-mails, Facebook, Twitter, o que seja", acrescentou. "Estar a par ou de preferência à frente do lugar de onde o problema está vindo é um aspecto vital para a segurança". Presidente da Interpol, Khoo Boon Hui aponta as redes sociais como aliadas no combate ao crime. Como exemplo, ele cita o quebra-quebra ocorrido em Vancouver, no Canadá, após a derrota dos Canucks em uma final de hóquei sobre o gelo.

"A polícia estabeleceu um site interativo para identificar as pessoas envolvidas nos motins e recebeu milhares de informações. A colaboração com o público teve papel enorme na investigação. Uma lição que aprendemos recentemente foi o uso das redes sociais."

Fonte: Agência Brasil

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 13/03/2015 15:45
WhatsApp atinge 1 bilhão de downloads em aparelhos Android

:: 12/03/2015 17:45
Facebook, dono do WhatsApp, se reúne com justiça brasileira

:: 11/03/2015 16:10
Compras feitas por crianças rende ação coletiva contra o Facebook nos EUA

:: 26/02/2015 11:39
Facebook cria ferramenta para evitar suicídios

:: 26/02/2015 11:23
Internet não fala a língua de metade do planeta

:: 13/02/2015 11:00
Twitter replica Facebook e mira em uma propaganda a cada 20 mensagens

:: 06/02/2015 12:30
Internautas criticam e Ministério da Justiça tira propaganda do Facebook

:: 04/02/2015 11:35
Justiça do Rio Grande do Sul não condena por crítica feita no Twitter

:: 28/01/2015 13:25
ConsultaBem: a rede profissional de médicos e dentistas

:: 27/01/2015 17:00
Rio Negócios e Facebook selecionam startups cariocas para o FB Start




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Redes sociais: Saiba como evitar o assédio dos cibercriminosos

PRÓXIMA
Crimes na Web: Anonymous virou marca como a Al-Quaeda




Brasileiros reagem à espionagem e rejeitam repasse de dados por empresas de tecnologia

Apenas um em cada quatro brasileiros concorda que o governo deve monitorar e vigiar os dados de Internet e de telefonia da população, revela pesquisa feita pela YouGov, a pedido da Anistia Internacional.


São Paulo concentra maior número de vítimas do golpe dos boletos bancários

Levantamento da Trend Micro mostra que o Brasil é o principal país afetado pelo malware da família BROBAN, com índice de 86,95% dos casos, seguido pelos Estados Unidos, com 2,87%.


No Brasil, empregados dizem que têm dados rastreados pelas empresas

Pesquisa também mostra que a maioria dos profissionais utiliza seus dispositivos pessoais para alguma atividade profissional e, também, que a maioria usa computadores e dispositivos móveis cedidos pela empresa para atividades pessoais. Nos EUA, a ex-secretária de Estado, Hilary Clinton, passa por críticas relevantes por misturar pessoal com o profissional no uso dos smartphones.


Privacidade: falha do Google Apps expõe quase 300 mil domínios

Falha seria no protocolo de segurança no Whois, voltado para consulta de informações de domínios, revelou a Cisco. Google já solicitou correção para a falha, mas a equipe de segurança da Talos alerta que a falha possibilitou extrair informação que podem ser usadas para fins maliciosos, como disparo de spams, phishing e outras formas criminosas de uso de dados.



FBI não gostou do iPhone 6: ele dificulta os serviços de espionagem
:: Por Wilians Geminiano*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital



Veja a segunda edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC . nº 2


Nesta segunda edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade dos gestores de TI: o BIG DATA

A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina.

Clique aqui para ver outras edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!