Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Segurança

Olimpíadas 2012: Redes sociais obrigam revisão de plano estratégico

:: Da redação
:: Convergência Digital :: 16/03/2012

Depois do importante papel que desempenharam em eventos recentes como a chamada Primavera Árabe, o movimento "Ocupe Wall Street" e os distúrbios em Londres em 2011, as redes sociais passaram a ser vistas como uma nova fonte de preocupação para a segurança das Olimpíadas de 2012.

A necessidade de o planejamento do evento levar em conta a velocidade da disseminação e troca de informações na internet foi ressaltada por diversos especialistas na 2ª Conferência Internacional em Segurança no Esporte, encerrada nessa quinta-feira , 15/03, em Doha, no Catar.

Depois das Olimpíadas de Pequim, onde a polêmica foi gerada não pelo excesso, mas sim pela falta de liberdade na internet, os Jogos de Londres são os primeiros a conviver com a nova força das redes sociais e das tecnologias digitais, diz o consultor de segurança do Comitê Olímpico Internacional (COI), Peter Ryan.

"De lá para cá, vimos um desenvolvimento enorme em tecnologias digitais e mídias sociais, e as forças de segurança precisam dominar essas novidades, saber administrá-las, usá-las e monitorá-las", diz Ryan. Brian Burridge, vice-presidente de Marketing Estratégico do grupo Finmeccanica, que desenvolve produtos de defesa e segurança, lembra que a indústria de segurança vem avançando "enormemente" no monitoramento de conteúdo pela internet nos últimos dois anos.

"Hoje, há sistemas que permitem obter uma amostra de tudo, e-mails, Facebook, Twitter, o que seja", acrescentou. "Estar a par ou de preferência à frente do lugar de onde o problema está vindo é um aspecto vital para a segurança". Presidente da Interpol, Khoo Boon Hui aponta as redes sociais como aliadas no combate ao crime. Como exemplo, ele cita o quebra-quebra ocorrido em Vancouver, no Canadá, após a derrota dos Canucks em uma final de hóquei sobre o gelo.

"A polícia estabeleceu um site interativo para identificar as pessoas envolvidas nos motins e recebeu milhares de informações. A colaboração com o público teve papel enorme na investigação. Uma lição que aprendemos recentemente foi o uso das redes sociais."

Fonte: Agência Brasil

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 14/04/2014 16:19
Google bate Facebook e fica com fabricante de drones

:: 11/04/2014 17:15
44% dos usuários do Twitter jamais tuitaram

:: 11/04/2014 11:05
“Cade” dos EUA autoriza compra, mas alerta Facebook e WhatsApp sobre privacidade

:: 04/04/2014 15:26
Social Here#BITS: mídia digital em debate

:: 04/04/2014 14:04
TIM permite recarga para terceiros pelo Facebook

:: 26/03/2014 13:44
Brasil é pioneiro em curso online do Facebook

:: 21/03/2014 10:52
Guerra da privacidade: IBDI vai à justiça e cobra R$ 76 milhões do Facebook

:: 21/03/2014 10:45
Google e Facebook concentram 66% da publicidade móvel

:: 19/03/2014 17:21
Twitter quer ser a segunda tela do brasileiro

:: 18/03/2014 17:44
Facebook tem 30 milhões de acessos diários por dispositivos móveis no Brasil




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Redes sociais: Saiba como evitar o assédio dos cibercriminosos

PRÓXIMA
Crimes na Web: Anonymous virou marca como a Al-Quaeda




Depois de quebra do sigilo da urna, TSE evita novos testes
:: 14/04/2014 :: Segurança

No lugar dos testes públicos da urna eletrônica, a Justiça Eleitoral decidiu criar um grupo de trabalho interno para “elaborar um plano nacional de segurança do voto informatizado”. Professor que liderou a bem sucedida equipe da UnB se surpreende: “Isso já não deveria ter sido feito há muito tempo?”


Empresas correm para estancar os prejuízos do Heartbleed
:: 14/04/2014 :: Segurança

Projeções dão conta que mais de 500 mil servidores já foram atingidos pela falha grave de segurança. Os dispositivos móveis não estão imunes.


Wikileaks, CPI e promessas: ações contra espionagem caíram no vazio
:: 09/04/2014 :: Segurança

O que começou com uma declaração indignada na ONU contra a 'xeretice' indiscriminada dos EUA não tem, dez meses depois, nada de concreto como resposta no Brasil. O relator da CPI da Espionagem no Senado, Ricardo Ferraço (PMDB/PE), admitiu: "não vai dar em nada".


Brasil possui 500 mil roteadores com brechas para ataques
:: 03/04/2014 :: Segurança

Globalmente, de acordo com pesquisa ad nominum, há 24 milhões de roteadores domésticos com proxies de DNS abertos.



Espionagem: Será que os EUA estragaram tudo?
:: Por Leonardo Metre*

As tecnologias de monitoramento podem e devem servir a um bom propósito em uma linha tênue entre a aplicação da lei e a violação da mesma, mas o jogo de gato e rato estará sempre presente na adequação dos governos às novas tecnologias.


Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


Veja as edições da revista digital do Convergência Digital
Revista eletrônica do Convergência Digital
Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!