INTERNET

B2W diz que decisão do Procon/SP é 'virulenta e infundada'

Da redação ... 14/03/2012 ... Convergência Digital

A B2W, que administra os sites Americanas.com, Submarino e Shoptime, informou nesta quarta-feira, 14/03, em nota à imprensa, que vai recorrer no Judiciário da decisão do Procon, divulgada no Diário Oficial de São Paulo, de suspender as vendas nos três sites, por 72 horas, a partir desta quinta-feira,15, e da multa de R$ 1,7 milhão. O comunicado não informa, porém, se os sites vão estar funcionando ou não no Estado de São Paulo, onde é válida a decisão.

"A empresa vai recorrer da decisão e da multa. Agressão virulenta e infundada, violadora da garantia constitucional do livre comércio pela desproporcionalidade entre a multa, a pena e a alegada falta, correspondente a menos de 1% de todas as entregas, fato que acontece em absolutamente todo o mundo e sempre decorrente de causas distintas. Comprovado o atraso das encomendas neste porcentual, não é razoável a retirada dos sites da B2W do ar, nem a multa de quase 2 milhões de reais", afirmou o advogado da B2W, Sergio Bermudes, na nota.

Segundo o comunicado, as reclamações caíram 27,9% no segundo semestre do ano passado em relação ao mesmo período de 2010. Já no primeiro bimestre deste ano, a queda foi de 71,6% sobre o mesmo período de 2011. A fonte das informações citadas pela empresa é o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

Fonte: Agência Estado


'Tudo sobre todos': bloqueio imposto pela justiça às teles pode virar 'jogo de gato e rato'

O bloqueio do site poderá levar dias para ser aplicado, admitiu o procurador do RN, Kleber Martins. Para o advogado Walter Capanema, a medida é correta técnicamente, mas pode virar um paliativo. Mas para o advogado Paulo Rená, a sentença não reconhece a escala global da Internet.

Google enfrenta Justiça e se recusa a globalizar 'direito de ser esquecido'

Empresa norte-americana adota eliminação seletiva de conteúdo e descumpre, segundo reguladores da França, a setença determinada em setença pelo Tribunal de Justiça Europeu, em maio passado. No Brasil, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/Rio) apresentou um projeto semelhante, mas ele não foi adiante.

Justiça diverge ao tipificar punição ao Facebook por conteúdo indevido

Sentenças no Brasil não têm tido uma mesma diretriz, especialmente, em tipificar possíveis danos morais por parte da rede social.

Governo da Índia indica que vai proibir Internet.org

Relatório ainda parcial do governo diz que “provedores de conteúdo ou aplicações não podem ser autorizados a atuar como ‘porteiros’ mesmo sob ostensivo propósito público”.

Revista Abranet 13 . Junho 2015
Veja edição 13 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet Pesquisa inédita encomendada pela Abranet ao IBPT mostrou a relevância do segmento de Internet, cujas empresas faturaram R$ 144,7 bilhões em 2014. No período de 2012 a 2014, foram gerados 51.180 novos postos de trabalho, um incremento de 17,5%.
Clique aqui para ver outras edições