INOVAÇÃO

USP ativa supercomputador que fará 20 trilhões de cálculos por segundo

Da redação ... 14/03/2012 ... Convergência Digital

Ainda neste mês de março, a Universidade de São Paulo (USP) adquiriu e começa a colocar em funcionamento um supercomputador considerado um dos cinco mais rápidos do país. O equipamento foi comprado com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e tem 2,304 mil processadores.

A máquina, cerca de 100 vezes mais rápida que o computador mais potente da universidade, consegue fazer 20 trilhões de cálculos por segundo e será usada pelos pesquisadores do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP e do Núcleo de Astrofísica Teórica da Universidade Cruzeiro do Sul, entidade parceira do projeto.

“Esse computador nos coloca entre os institutos líderes do mundo para fazer computação de alta performance”, destaca a professora de Astronomia da USP Elisabete Dal Pino. O primeiro teste de cálculo feito com o equipamento já demonstrou o potencial da nova máquina. Com o computador antigo, o procedimento levava uma hora e meia. Usando apenas metade da capacidade do novo superprocessador, o teste levou um minuto e 57 segundos.

"[Com o computador] Você pode modelar [criar virtualmente um modelo baseado em teoria] uma galáxia, colisões entre galáxias, colisões entre estrelas. Pode modelar a morte ou nascimento de uma estrela. E pode comparar esses modelos com o que você consegue obter a partir de observações a partir de telescópios”, ressalta Elisabete. O supercomputador, que custou mais de R$ 1 milhão, terá 10% do tempo de seu funcionamento destinado à comunidade astrofísica do país.


Cloud Computing
Chicago cria taxa sobre computação em nuvem e Brasil estuda fazer o mesmo

A terceira maior cidade dos Estados Unidos vai taxar serviços de streaming ou armazenamento de dados a partir de setembro. Por aqui, um projeto de lei tenta incluir a ‘nuvem’ nos serviços sujeitos ao ISS.

Waze, do Google, entra no mercado de apps de carona

Se o Uber assusta aos taxistas, agora, há um novo player entrando nessa disputa: o Waze. Empresa está com um piloto em Israel.

Professores buscam financiamento para aulas de código com robôs em escolas

Projeto é inspirado no americano Hora do Código. Tentativa é angaria R$ 100 mil via crowdfunding.

Com serviços caros e ultrapassados, bancos estão fadados ao fracasso

O alerta foi feito por Chris Skinner, uma das personalidades mais influentes no setor financeiro mundial, durante o CIAB 2015, em São Paulo. "O modelo atual não funciona mais. É hora de repensar. As empresas digitais chegaram", sustentou.

BNDES conduz PPP de troca de 620 mil lâmpadas na cidade de São Paulo

Banco priorizará conteúdo local e quer estimular parcerias entre fabricantes de luminárias e empresas de semicondutores.

Utilities se unem para testar smart grid no Paraná

Para a Copel, distribuidora de energia do Estado, as redes móveis não são a melhor opção para a transmissão de dados, uma vez que há problemas de disponibilidade, de latência e queda de links.

Inovação no Brasil agoniza com 'burrocracia' na concessão de patentes

Brasil não consegue avançar na reestruturação da área e um pedido leva, em média, 11 anos para ser concedido. No mundo, esse prazo é de, no máximo, três anos. Maior parte das empresas busca, então, os Estados Unidos.

Hardware será protagonista na Internet das coisas

Diretor de Internet das Coisas da Intel Brasil, Max Leite, diz que país é prioridade, mas precisa ser mais veloz nas ações de fomento para garantir os investimentos.



  • Copyright © 2005-2015 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G