Home - Convergência Digital
RSS Assine gratuitamente as nossas newsletters Quem faz o Convergência Digital Fale conosco Anuncie aqui
Cloud Computing CD TV Carreira Blog Capital Digital



Home - Internet

Google terá de explicar política de privacidade na Câmara

:: Luiz Queiroz
:: Convergência Digital :: 14/03/2012

A Comissão de Defesa do Consuimidor da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 14/03, requerimento de autoria do deputado Paulo Pimenta PT/RS) , que convida para uma audiência pública a direção do Google e do Facebook. O objetivo central será debater a nova política de privacidade criada pelo Google e os seus impactos "à luz do Código de Defesa do Consumidor". Mas os deputados também querem discutir esse mesmo mecanismo na rede social.

A data da audiência ainda será definida pela CDC, mas a lista de convidados será a seguinte:

1) Fábio Coelho - Presidente da Empresa Google no Brasil;
2) Ophir Filgueiras Cavalcante Junior - Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil ;
3) Diretora Juliana Pereira da Silva - Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – Ministério da Justiça;
4) José Milagre - Advogado e Perito especializado em Segurança da Informação;
5) Fabiola Meira de Almeida Santos - Advogada e Mestre em Direito das Relações de Consumo.

Na sessão também foi aprovado de última hora um convite para o diretor do Facebook no Brasil, Alexandre Hohagen, compareça à audiência.

Para o deputado Paulo Pimenta, o novo termo de serviço do Google unificou a partir de primeiro de março a política de todos os 60 serviços da empresa, com o objetivo de reunir ainda mais informações sobre os usuários, mas "sem revelar claramente o real interesse da empresa".

O deputado entende que há uma "instabilidade" na relação entre consumidor e empresa e também falta de uma discussão sobre essa política, que teria sido implantada no Brasil de "forma autoritária". Pimenta alerta que pode haver conflito de competências jurídicas, já que pelos novos Termos de Serviço do Google, são proibidas ações judiciais de usuários contra a empresa, fora da sua sede na Comarca de Santa Clara, na Califórnia (EUA).

"As empresas que atuam e pretendem atuar no mercado brasileiro devem estar submetidas à legislação do país, respeitá-las e respeitar os consumidores brasileiros, e não privá-los do acesso a qualquer tipo de contestação", alegou. "Vários parlamentos do mundo inteiro já estão fazendo esse debate. Portanto, essa Casa não pode compreender esse debate como uma questão “menor”, explicou Paulo Pimenta.

A data da audiência pública ainda será definida pela mesa diretora da comissão.

Enviar por e-mail   ...   Imprimir texto
 


:: Leia também:

:: 25/07/2014 15:30
Google atendeu metade dos pedidos de “direito ao esquecimento”

:: 21/07/2014 14:55
Privacidade: Itália dá ultimato ao Google

:: 17/07/2014 16:23
Privacidade: UE convoca Google, Microsoft e Yahoo

:: 16/07/2014 16:35
Google se alia à empresa mineira por geoinformação corporativa

:: 07/07/2014 15:45
Google classifica provedores Internet por velocidade de streaming

:: 03/07/2014 15:44
Google se complica ao aplicar "direito ao esquecimento”

:: 26/06/2014 15:40
Google começa a cumprir a exigência do 'direito de ser esquecido'

:: 25/06/2014 16:35
Google impulsiona mercado de smartphones abaixo de US 100

:: 30/05/2014 14:13
Google Brasil é condenada a pagar R$ 120 mil por vídeo difamatório

:: 15/05/2014 10:24
Usuários já pressionam Google para retirada de conteúdo




Outras matérias desta seção:

ANTERIOR
Juristas querem regulamentar comércio eletrônico no Brasil

PRÓXIMA
Comércio eletrônico: sites da B2W saem do ar por 72 horas em São Paulo



Por sobrevivência, provedores precisam fugir dos serviços comuns

Sair da zona de conforto e se reinventar é imperativo para os ISPs que querem se manter no mercado, sustenta o presidente da Abranet, Eduardo Neger. E para ele só há uma alternativa: apostar na Inovação. O Marco Civil também exige novos modelos de negócios.


 ESPECIAL   GOVERNANÇA DA INTERNET
NetMundial preserva transição da ICANN e faz leve menção à neutralidade

Além de manter o prazo previsto para que as funções IANA sejam desvinculadas do governo dos EUA, a declaração final do evento global sobre a governança da Internet, realizado em São Paulo, também reforçou as críticas à vigilância. Mas cedeu à indústria do copyright.

» Comitê Gestor lança escola sobre governança da Internet
» Painel da ICANN sustenta NetMundial e "globalização" até setembro de 2015
» Governança da Internet: EUA se opõem ao modelo multilateral e conflitam com o Brasil
Clique aqui para ver o especial completo


Google atendeu metade dos pedidos de “direito ao esquecimento”
:: 25/07/2014 :: Internet

Desde maio, quando a Corte de Justiça da Europa decidiu que os europeus podem pedir aos bucasdores que removam resultados de buscas "inadequados ou irrelevantes", a empresa já recebeu mais de 90 mil notificações. Um terço foi negado sumariamente. 


Viber negocia entrar no acesso grátis das teles móveis
:: 25/07/2014 :: Internet

Gerente-Geral para o Brasil, Luiz Felipe Barros, revela que está conversando com as operadoras para incorporar o aplicativo no modelo já ofertado com o Twitter e o Facebook. O Viber tem hoje 17 milhões de usuários ativos no país e ambiciona crescer muito mais para chegar ao seu rival: o Whatsapp, do Facebook.


M-commerce: Brasil pula para 5ª posição em ranking mundial
:: 22/07/2014 :: Internet

País representou 61% do mercado latino-americano de m-commerce e com o seu potencial atraiu lojas internacionais.

» Smartphones vencem os tablets nas compras online

Na Copa das 'Selfies', O Maracanã vira a estrela maior
:: 15/07/2014 :: Internet

Nos sete jogos disputados no templo carioca foram enviadas 10,5 milhões de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB.



3G Brasil: pequenos municípios entram na rota das teles

Cidades com menos de 30 mil habitantes não estavam 100% incluídas no edital do 3G. Mas estão nas obrigações do 2,5GHz.

» 4G cresce 110% em seis meses. Modems 3G não param de cair
» Desoneração de smartphone rende 260 apps nacionais
» 3G Brasil: cobertura ainda não existe para 1861 municípios


Marco Civil: Como será daqui pra frente?
:: Por João Moura*

Cobertura em vídeo do Convergência Digital

Veja as coberturas especiais do Convergência Digital


TICs em Foco - Internet das coisas
Oportunidades e desafios

Mais popular que nunca, a internet das coisas — ou IoT, na sigla para Internet of Things, ou ainda IoE de Internet of Everything — representa tanto uma janela de oportunidade para as empresas quanto imprime desafios monstruosos devido à imensa quantidade de máquinas conectadas à internet.


Veja a primeira edição da revista digital Alianza Latinoamericana de Medios TIC Alianza Latinoamericana
de Medios TIC


A Revista Alianza é fruto de uma aliança editorial entre os veículos InversorLatam, portal Convergência Digital e Evaluamos, da Colômbia. Nosso compromisso é retratar os pontos mais importantes de Telecom e TI na América Latina. Nessa primeira edição, tratamos de um tema que está na lista de prioridade: a governança da Internet. Boa leitura!

Clique aqui para ver todas as edições




Convergência Digital no Facebook Convergência Digital no Twitter RSS do Convergência Digital Newsletters do Convergência Digital
Copyright © 2014 Convergência Digital
Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.
Este Sítio Web é acessível via IPv6!